Confira 5 cidades de livros para visitar e aproveitar
Menu & Busca
Confira 5 cidades de livros para visitar e aproveitar

Confira 5 cidades de livros para visitar e aproveitar

Home > Lifestyle > Viagens > Confira 5 cidades de livros para visitar e aproveitar

Durante a leitura de um livro, somos imersos em sua narrativa, suas personagens e sentimentos, seja ele baseado em fatos reais ou uma obra de ficção. O leitor é convidado a viajar por todos os seus detalhes, percepções e sentimentos, e parte essencial da construção de sua atmosfera é, sem dúvidas, o cenário em que a história ocorre. 

A seguir, confira 5 destinos reais que já foram palco de histórias de livros e valem uma viagem para além da leitura.

5 cidades de livros para visitar

Ubud, Indonésia – Comer, Rezar e Amar

Para os amantes de paisagens bucólicas, reproduzir a viagem de Elizabeth Gilbert no livro Comer, Rezar e Amar pode ser uma ótima opção. Famosa pelos grandes arrozais e templos, Ubud possui uma energia menos agitada do que as outras cidades na ilha de Bali. O destino é tido como um rico centro cultural e ótima escolha para quem deseja conhecer mais das tradições hindus, meditar e apreciar uma boa gastronomia.

Nessa visita, vale a pena conhecer o Ubud Palace, famoso por suas tradicionais apresentações diárias de dança e pela exuberante arquitetura, o  Ubud Market, onde é possível conhecer mais do artesanato balinês e experimentar temperos locais ou até mesmo alugar uma bicicleta e passear pela região dos campos de arroz, como numa das cenas da adaptação cinematográfica de Comer, Rezar e Amar.

filme Comer, Rezar e Amar
Elizabeth (Julia Roberts) no filme Comer, Rezar e Amar. | Foto: Reprodução.

Salvador, Brasil – Capitães da Areia

Na obra de Jorge Amado, o grupo de garotos liderado por Pedro Bala, conhecido como Capitães da Areia, mescla sua vivência entre um trapiche e as ruas na cidade de Salvador, Bahia. 

Carregada de história, museus, igrejas e um mar digno de boas fotos, Salvador é um destino indispensável para quem deseja conhecer mais do Brasil, e possui atividades para todos os gostos.

Fazer uma visita ao Mercado Modelo é uma ótima aposta para quem gosta de levar lembranças para casa: por lá, você encontra desde doces e castanhas até bolsas, roupas e itens do artesanato local. Além disso, não pode faltar uma caminhada pelas ruas do Pelourinho e uma pausa para fotos no histórico Elevador Lacerda. Para finalizar o dia, assistir ao sol se pôr no Farol da Barra pode finalizar sua visita com um ambiente tranquilo e uma paisagem incrível com vista para o mar.

Farol da Barra em Salvador, Bahia
Farol da Barra em Salvador, Bahia. | Foto: Autoral.

Riviera Italiana, Itália – Me Chame Pelo Seu Nome

Escrito por André Aciman, o romance entre Elio e Oliver é harmonizado com o clima quente da região da Riviera Italiana, extensa faixa costeira marcada por praias, vilarejos e boa comida.

No livro, Aciman apelida a cidade onde está a casa da família de Elio como “B.”, apenas caracterizando suas paisagens turísticas. Contudo, para os que desejam captar mais da essência desse cenário (ou simplesmente conhecer um bom destino de viagem) várias das cidades e aldeias dessa região são ótimas escolhas.

Em Manarola, uma das mais visitadas e a mais antiga do Parque Nacional Cinque Terre, a Marina di Manarola é um local ideal para aproveitar o mar, tirar fotos incríveis e relaxar sobre suas grandes rochas. Seguindo a chamada “Trilha do Amor”, em cerca de 20 minutos, é possível chegar em Riomaggiore e conhecer mais da vida local, em meio às tradicionais casinhas coloridas e à pluralidade de restaurantes na rua principal, a Via Colombo.

O passeio de barco pelas aldeias da Cinque Terre é também uma ótima aposta para conhecer um pouco de cada uma das cidadezinhas e, talvez, até mesmo ouvir algumas histórias locais contadas pelos guias, conhecendo a Riviera para além da narrativa de Me Chame Pelo Seu Nome.

Riviera Italiana
Riviera Italiana. | Foto: iStock.

Indianápolis, Estados Unidos – Por Lugares Incríveis

Dentre as inúmeras andanças de Violet Markey e Theodore Finch pelo estado de Indiana, vale o destaque para a capital, Indianápolis. Por lá, você pode visitar o Indianapolis Museum of Art, uma importante galeria de arte americana, africana, europeia, dentre outras.

Além dos passeios culturais, a cidade é amplamente reconhecida por sua cena gastronômica, principalmente pelo churrasco: um dos restaurantes mais famosos e queridos por turistas, o St Elmo Steak House, está na lista da Forbes de 10 restaurantes clássicos que valem a pena a visita, destacando-se pelas carnes vermelhas e coquetéis.

St Elmo Steak House
Publicação da St Elmo Steak House no Instagram. | Foto: Reprodução/Instagram.

Para quem desejar reproduzir os passos de Finch e Violet no livro, existem ainda duas visitas possíveis na cidade: A Indianapolis Moon Tree, árvore que nasceu de uma semente já levada à lua, e a Painted Rainbow Bridge, um colorido ponto de encontro do bairro Broad Ripple Village para manifestações, exposições populares de arte, dentre outros.

Cavendish, Canadá – Anne de Green Gables

Anne de Green Gables é o primeiro dos oito livros escritos por Lucy Maud Montgomery, que conta a história da personagem Anne Shirley-Cuthbert, narrativa que originou a série da Netflix, Anne With an E. Nessa história, Anne vive na cidade de Avonlea, numa província canadense denominada Ilha do Príncipe Eduardo.

Avonlea não existe na vida real, mas sua grande inspiração foi a região de Cavendish, ao norte da Ilha, no Canadá. Por lá, é possível desfrutar de várias praias, como a Cavendish Beach, acompanhada por um grande contorno de rochas avermelhadas e caminhar pela extensão de dunas locais.

Para os fãs da história de Anne, ainda é possível turistar e desbravar mais de sua origem em Green Gables, a fazenda em que a jovem de cabelos ruivos mora no livro e real residência de infância da autora das obras.

Museu Anne de Green Gables.
Museu Anne de Green Gables. | Foto: Reprodução.

_____________________________________________
Por Isadora Noronha Pereira – Fala! Cásper

Tags mais acessadas