Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Jornalista Britto Jr é acusado de machismo e homofobia

Jornalista Britto Jr é acusado de machismo e homofobia

O jornalista Britto Jr comentou ontem (23), em seu Twitter, sobre a vida amorosa de Luana Piovani, dizendo que a atriz precisava de um homem de verdade em sua vida. Britto ainda acrescentou que “com tantos caras virando maricas” essa conquista seria difícil. Pelos seus tweets, os internautas o acusaram de machismo e de homofobia.

Machismo e Homofobia
Machismo e Homofobia

O comentário causou polêmica e repercussão negativa no Twitter. Britto por sua vez resolveu rebater as falas dos internautas. Em um dos casos, alguém chegou a dizer ” No dia em que você for ameaçado de ser expulso de casa ou tiver receio de andar de mãos dadas com quem você ama, aí a gente conversa.”.

CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA
PRIDE – O QUE ROLOU NA PARADA LGBT 2019

Isso que você relata é um trauma causado pelo preconceito. Algo que eu jamais faria com ninguém.

Tweetou o Jornalista em resposta

Além disso, o jornalista publicou uma serie de tweets defendendo sua opinião. O apresentador chegou a dizer que os héteros haviam virado minoria e que as pessoas do movimento LGBTQ+ teriam preconceito contra quem é heterossexual dizendo “Nenhum homem pode ser condenado por gostar de mulher.”

Apesar da repercussão negativa, o jornalista disse ser um mal entendido. A revolta dos internautas e a acusação de machismo e homofobia teria se dado por conta da fala “precisa de um homem de verdade” e a expressão “maricas”, compreendido como de teor pejorativo.

Foi só eu dar uma força pra Luana Piovani que surgiram várias pessoas preconceituosas invertendo tudo e me chamando de machista…

A polêmica ainda se estendeu pela afirmação do jornalista da existência de um suposto preconceito contra os heterossexuais:

COMERCIAL DO BANCO DO BRASIL QUE EXALTA A DIVERSIDADE É VETADO POR JAIR BOLSONARO
MACHISMO E ASSÉDIO NAS FACULDADES
ALUNAS DA PUC PROMOVEM DEBATE SOBRE O MACHISMO NO MEIO ACADÊMICO
DESEMPREGO: AS MULHERES E OS NEM NEM

0 Comentários

Tags mais acessadas