'O Assassino de Valhalla': Por que assistir à série da Netflix
Menu & Busca
‘O Assassino de Valhalla’: Por que assistir à série da Netflix

‘O Assassino de Valhalla’: Por que assistir à série da Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘O Assassino de Valhalla’: Por que assistir à série da Netflix

A nova série islandesa, O Assassino de Valhalla, tem despertado um grande interesse por parte dos espectadores da Netflix.

Seja por ser mais um seriado de suspense ou pelo seu conteúdo, atrativo aos amantes de programas investigativos, tem tido uma audiência cada vez mais notória na plataforma.

Sendo assim, separamos algumas razões para assistir ao novo sucesso da plataforma de streaming.

assistir a o assassino de valhalla na netflix
O Assassino de Valhalla, série da Netflix. | Foto: Reprodução.

6 motivos para assistir à série O Assassino de Valhalla

6° Cativa o espectador

O seriado cativa seu espectador a cada momento. Se não é por um suspense enorme, é por alguma revelação surpreendente.

Nesse sentido, o programa impulsiona o público a desvendar cada mistério e deixa aquele gostinho de “quero mais” ao final de cada episódio.

5° É sintético

Apesar de que a história é cheia de laços e nós intermináveis, a série aborda algumas situações de maneira bastante sucinta.

Dessa forma, descarta diversas tramas paralelas dos próprios personagens a fim de não transformar o seriado em uma grande enrolação. Portanto, não espere que a série fique um capítulo todo abordando um assunto que não será importante para o enredo principal.

4º Digno de uma maratona

Assim como é conciso em seus capítulos, O Assassino de Valhalla é uma série bem curtinha, contendo apenas 8 episódios – que duram, em média, 45 minutos cada.

Diante disso, em meio à quarentena sugerida para conter o novo coronavírus, a trama islandesa é uma ótima pedida para se livrar do tédio muito frequente.

3° É uma obra diferenciada

Se engana quem pensa que apenas a língua falada é o diferencial deste novo sucesso da plataforma de streaming. Mais do que isso, retrata muito da cultura da Islândia.

Não somente através da atuação da polícia local diante da série de assassinatos, mas também sobre as relações pessoais entre a sociedade. Mostrando que a frieza faz parte tanto do cenário, quanto da convivência.

No entanto, isso não é, de maneira alguma, uma característica ruim. Mas sim, uma expressão nítida da cultura nórdica e suas diferenças com a cultura ocidental, principalmente a brasileira.

2° Sai do padrão hollywoodiano

Se você procura batalhas sangrentas intermináveis, trilha sonora heroica ou tiros para tudo quanto é lado, essa produção não é indicada.

A série tende a ser mais monótona e o foco é mais a palavra. Pequenos detalhes também se destacam na história e a atenção em cada episódio é obrigatória para desvendar os grandes mistérios.

1° Apresenta um final surpreendente

Assim como grandes fenômenos atuais da Netflix, como O Poço e A Casa, O Assassino de Valhalla choca os espectadores, principalmente com seu final.

Os últimos minutos do episódio final surpreendem os fãs, já que estes não sabem como termina exatamente a trama. Laços em aberto podem abrir espaço para uma nova temporada.

Ainda não se sabe se O Assassino de Valhalla terá uma segunda temporada, mas, enquanto não há uma confirmação da plataforma, resta-nos desfrutar da primeira parte.

Confira o trailer do novo sucesso da Netflix:

______________________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas