Menu & Busca
Reforma da previdência: O que muda?

Reforma da previdência: O que muda?


Na última quarta feira (10) a Reforma da Previdência foi aprovada em primeiro turno pela câmara dos deputados por uma relevância de 379 votos a favor do projeto. Mas a grande pergunta é: após a aprovação da primeiro turno da reforma da previdência, o que muda?

Reforma da previdência: O que muda?
Reforma da previdência: O que muda?

Os deputados aprovaram o texto principal da PEC, rejeitando apenas um destaque. Para concluir de fato a votação os parlamentares ainda precisarão analisar as novas 14 propostas de emendas apresentadas por partidos para tentar modificar alguns pontos da PEC, para então ser levada para votação no Senado.

Polêmica com Tabata do Amaral

A deputada federal de São Paulo Tabata do Amaral, do partido PDT, foi eleita com mais de 264 450 votos. Tabata votou a favor da Reforma da Previdência, projeto o qual a maioria dos políticos de seu partido é contra.

Ciro Gomes, vice presidente do PDT, foi veemente contra a Reforma e ao voto de Tabata. A deputada sofreu ameaça de expulsão de seu partido junto com outros sete deputados que também votaram a favor da Reforma. Hoje o presidente do PDT, Carlos Lupi, confirmou a ameaça:

“Ao mesmo tempo que não adianta ter deputado que não vota junto ao partido, também não vamos dar ao deputado a opção de mudar de partido sem nenhuma punição. Tudo isso nós estamos avaliando para ter um atitude cirúrgica.” Jornal da Folha

Carlos Lupi para o Jornal da Folha

A deputada Tabata do Amaral e alguns outros deputados que votaram a favor da Reforma fazem parte do Movimento Acredito.

O Dólar caiu

Com a aprovação do texto base da reforma da previdência, o que muda é que o dólar baixou em 1,32% , chegando até R$3,73. O dólar agora já subiu novamente para R$3,79. O segundo turno de votações deve acontecer dia 12 de julho.

Reforma da Previdência: O que muda?

A idade mínima para os trabalhadores se aposentarem será 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, sendo o tempo mínimo de contribuição passará será de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens, além das regras de transição para quem já está ingresso no mercado de trabalho.

Um teto para os funcionários públicos terem limite de salário na sua aposentadoria também faz parte do projeto, o que pode ter um impacto negativo na economia, considerando que os aposentados gastam a sua renda fazendo parte da rotatividade econômica.

No entanto, vários políticos veem a Reforma da Previdência como uma ação necessária contra a falência da própria Previdência, além de enxergar nas mudanças algo positivo para a economia do país em um primeiro momento.

Veja também:

Reforma da Previdência: Proposta
A reforma é uma furada?
Manifestações contra a reforma
Previdência: Professores na luta

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas