Escócia: conheça cinco lendas famosas do país europeu
Menu & Busca
Escócia: conheça cinco lendas famosas do país europeu

Escócia: conheça cinco lendas famosas do país europeu

Home > Entretenimento > Cultura > Escócia: conheça cinco lendas famosas do país europeu

A Escócia é um país que faz parte do Reino Unido e, assim como toda a Europa, ela tem uma longa história desde as cidades da Idade Média. As lendas escocesas retratam monstros marinhos e outras criaturas ligadas à água, isso porque o país se localiza na ilha da Grã-Bretanha.

A Escócia é conhecida pelo Monstro do Lago Ness e promove o turismo em busca do mostro. O interesse pela mitologia e pela sistematização do folclore escocês ganhou impulso no último quarto do século XIX. Alguns autores escreveram sobre as principais lendas da Escócia e você lê cinco delas abaixo.

Escócia
Escócia: conheça cinco lendas famosas do país europeu. | Foto: Reprodução.

Lendas da Escócia

1. O Caçador e o Sereiano – Elizabeth W. Grierson (1910)

Havia um homem que caçava focas no extremo norte da Escócia. Este homem se vangloriava de ser o melhor caçador de focas da região. Ele caçava sempre as maiores focas porque valiam o dobro de dinheiro. O povo local dizia que não se atrevia a caçar focas naquela região, porque as focas maiores, chamadas de Roane, eram sereias e sereianos que subiam à terra para respirar ar puro, disfarçados de foca.

O homem não ligava para essas superstições, até que um dia feriu uma Roane que fugiu para o mar. Naquela noite, um senhor com um belo cavalo bateu em sua porta lhe oferecendo muito dinheiro por algumas peles de foca. O homem assentiu dizendo que, no dia seguinte, estariam todas ali, mas o cavaleiro exigiu que fosse naquela noite.

Assim, o caçador disse que as focas só saíam de dia naquela parte da baia. O cavaleiro ofereceu ajuda ao caçador para encontrar muitas focas. Os dois, então, partiram na madrugada e chegaram a um desfiladeiro, foi ali que o homem percebeu que não havia nenhuma foca no local. O cavaleiro o empurrou ao mar e o caçador caiu e se transformou em uma foca.

O cavaleiro, que pulou na água logo atrás do caçador, também se transformou em uma foca. Os dois nadaram até um reino nos mares onde havia várias Roanes. O caçador tinha ferido o rei e agora precisava curá-lo ou seria uma foca para sempre. O caçador a curou e implorou que fosse transformado em homem. As Roanes aceitaram desde que ele nunca mais voltasse a caçar focas novamente. O homem pensou que se fosse homem novamente sempre poderia arrumar outra ocupação, então ele se tornou homem ao subir à superfície.

2. Monstro de Loch Ness – São Columbano (565)

São Columbano, um poeta irlandês narra em sua biografia as primeiras aparições do assustador Monstro do Lago Ness. A descrição é a de um monstro com formas répteis ou marinhas que vive no maior lago da Escócia, de 37 km de extensão e de nome Loch Ness.

Em 1933, Hugh Gray, um empregado da British Aluminium Company, fez uma foto do suposto monstro do Lago Ness. A fotografia está indistinta e mostra apenas um objeto emergindo das águas, o que não foi suficiente para comprovar a existência do monstro. Em 1934, o jornal Daily Mail publicou a fotografia tirada pelo tenente coronel Robert Kenneth Wilson. Na foto, é possível ver a cabeça e o pescoço de uma estranha criatura saindo da água para a superfície.

Até 1930, a polícia Escocesa acreditava no Monstro do Lago Ness, tendo escrito cartas sobre o assunto ao Parlamento escocês. Hoje, o monstro é um dos principais pontos turísticos do país.

3. Kelpie – Robert Burns (1786)

A aparição mais emblemática na literatura do monstro lendário chamado de Kelpie foi dada pelo poeta Robert Burns, em seu poema Address to the Devil, que associa o Kelpie a Satanás. O Kelpie é descrito como um cavalo preto que pode se transformar em humano e que habita extensões de água perigosas. O pintor James Draper concluiu um quadro representando esta lenda. Quando está na sua forma de cavalo, com um cabresto estampado com uma cruz, o monstro pode ser capturado e colocado inclusive para trabalhar.

Outro conto popular, sem autor definido, chamado de Laird of Morphie and the Water Kelpie, descreve como um bravo guerreiro capturou um Kelpie e, por conta da captura, acabou levando sua família à extinção. Segundo as lendas, também é possível matar um Kelpie com balas de prata ou espetando ferros em seu coração.

4. Bean-nighe – Alexander Carmichael (Escócia, 1992)

O livro de Alexander Carmichael reúne lendas, ditados e poemas gaélicos. Uma das lendas incluídas no livro é da Banshee, ou como é conhecida na Escócia como Bean-nighe. Em tradução literal, a palavra significa “lavadeira”. Conhecidas como anjos da morte, estas mulheres permanecem na beira do rio e lavam as roupas daqueles que estão prestes a morrer. Enquanto fazem o trabalho, elas choram.

As Bean-nighe geralmente se mostram para aqueles que a vida irá se encerrar em breve ou em locais próximos de grandes tragédias. Conforme as lendas, elas já foram encontradas na Ilha de Skye e, se forem capturadas, concedem três desejos após dizer a hora de sua morte.

5. Cailleach Bheur – Donald Alexander Mackenzie (Século XX)

Cailleach, batizada pelo jornalista e antropólogo Donald Alexander Mackenzie de Beira, gosta de passar um tempo na ilha de Skye. Segundo a lenda, a deusa do inverno, das tempestades, da morte e da criação, certo dia ficará cansada de pastorear cervos, então ela deitará no chão. Ben Cruachan (a montanha da Escócia) dormirá por cima dela. O resultado será uma inundação dos vales situados sob a montanha, formando primeiro os rios e depois os lago.

De acordo com os estudiosos da deusa Caileach Bheur, aquela que se conhece hoje vem de outra deusa antiga na região. A divindade pré-celta foi trazida pelos povos colonizadores da Grã-Bretanha, vindos do leste Europeu, possivelmente da Índia. Caillech significa mulher velha, bruxa. Ela também aparece em algumas lendas como uma mulher velha que pede ao herói que durma com ela, se o herói concordar, ela se transformará em uma linda donzela.

____________________________
Por Jessica Grossi – Fala! UEPG

Tags mais acessadas