Rejeição BBB: Confira as maiores rejeições na história do reality show
Menu & Busca
Rejeição BBB: Confira as maiores rejeições na história do reality show

Rejeição BBB: Confira as maiores rejeições na história do reality show

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Rejeição BBB: Confira as maiores rejeições na história do reality show

No último paredão, terça-feira (16), Nego Di foi eliminado do BBB com a maior rejeição da história. O comediante era um dos vilões da edição e fazia parte do Gabinete do Ódio do BBB21.

Nego Di, porém, não foi o primeiro a alcançar uma grande de rejeição no Big Brother Brasil. Desde a primeira edição, alguns participantes saíram do confinamento com altas porcentagens.

A seguir, confira as maiores rejeições do BBB nos 19 anos de reality show.

Conheça a rejeição dos participantes do BBB

Desde que estreou, o Big Brother Brasil conquistou telespectadores que entram de cabeça no jogo. Recordes de votos e audiência marcam as edições do programa, porém, é quando o público se une para eliminar os vilões das edições que a magia acontece.

Nesta lista, conheça os participantes que conseguiram, ao longo da história do BBB, unir todo o Brasil por sua eliminação.

10º lugar: Giulliano Ciarelli (BBB5)

O primeiro participante a bater recorde de rejeição foi Giulliano Ciarelli do Big Brother Brasil 5. O participante de Campinas passou três semana no confinamento, porém, não agradou ao público.

Giulliano foi o terceiro eliminado do BBB5 com 87% de rejeição.
Giulliano foi o terceiro eliminado do BBB5, com 87% de rejeição. | Foto: Reprodução.

Ciarella foi indicado ao paredão por Grazi Massafera, que naquela semana havia vencido a Prova do Líder. No paredão, estavam o ex-jogador de futebol e a cabelereira Tati Pink. Giulliano Ciarella foi eliminado com uma rejeição de 87%.

Além do ex-BBB5, outros participantes saíram com a mesma porcentagem ao longo das edições, como Jaqueline Khury (BBB8) e Luan (BBB15).

9º lugar: O trio dos 88% de rejeição do BBB

O nono lugar vai para um grupo de participantes que saiu com uma porcentagem de rejeição semelhante do BBB. Natália (BBB5), Laisa (BBB12) e Breno (BBB18). Todos os participantes enfrentaram problemas em suas edições e não foram bem vistos pelos telespectadores.

Da esqueda a direita: Laisa (BBB12), Breno (BBB18) e Natália (BBB5).
Da esqueda a direita: Laisa (BBB12), Breno (BBB18) e Natália (BBB5). | Foto: Reprodução.

No BBB5, Natália foi indicada ao paredão pela casa, enquanto seu oponente, Jean Wyllys, foi indicado pelo Líder. O vencedor do BBB5 era o favorito do público e a participante não teve como competir com ele.

Laia do BBB12 também não soube conquistar o público. A participante se envolveu em polêmicas ao longo das semanas que permaneceu no jogo e foi a sexta eliminada da edição. Ela foi indicada pelo vencedor da temporada, o Fael.

A trama de Breno do BBB18, porém, foi um pouco diferente das outras participantes. O ex-BBB se envolveu com Ana Clara, finalista da edição, na primeira semana de confinamento, mas não manteve a relação. O arquiteto se relacionou com uma das colegas da jovem na temporada e, conforme a estudante de jornalismo foi conquistando o público, o rapaz foi perdendo torcida. Ele foi o penúltimo participante a deixar a casa.

Todos saíram com cerca de 88% de rejeição do público.

8º lugar: Fani (BBB7)

Fani Miranda Pacheco, conhecida por seu triângulo amoroso com Diego Alemão (vencedor da edição) e Íris Stefanelli e por seu bordão “Uhu Nova Iguaçu” foi a décima eliminada do BBB7.

Fani Pacheco deixou o BBB7 em um paredão contra Diego Alemão com 89% de rejeição.
Fani Pacheco deixou o BBB7 em um paredão contra Diego Alemão com 89% de rejeição. | Foto: Reprodução.

A jovem promotora de marketing foi ao paredão junto com Alemão, o favorito do público, deixando os telespectadores sem muitas opções de voto.

Por mais que tenha construído uma trajetória forte no reality, Fani foi eliminada com 89% de rejeição.

7º lugar: Ana Paula (BBB18)

A participante Ana Paula do BBB18 foi a terceira eliminada de sua edição. A jovem não cativou o público e foi ao paredão contra Ana Clara e Ayrton (pai e filha que competiam como um único participante) e Paula, pessoas de destaque no jogo.

Ana Paula deixou a competição com aproximadamente 90% de votos.
Ana Paula deixou a competição com aproximadamente 90% de votos. | Foto: Reprodução.

Ela saiu com 89,95% dos votos (quase 90% de rejeição), enquanto a família Lima ficou com 7,19% e Paula com 2,96%.

6º lugar: Airton Rosa (BBB7)

Airton foi o primeiro eliminado de sua edição, com 56% dos votos. O participante, contudo, foi escolhido pelo público para retornar ao reality e lá ele permaneceu.

Airton foi eliminado por Diego Alemão e saiu do BBB7 com 91% de rejeição.
Airton foi eliminado por Diego Alemão e saiu do BBB7 com 91% de rejeição. | Foto: Reprodução.

O participante, porém, não agradou muito os telespectadores após seu retorno e foi eliminado com 91% de rejeição contra Diego Alemão. É certo que o vencedor da temporada era o favorito do público, porém, ele já havia voltado de outros paredões nos quais seus oponentes saíram com uma porcentagem menor.

Airton Ofenbock Rosa foi o décimo segundo eliminado do BBB7 (temporada que conquistou dois recordes de rejeição).

5º lugar: O trio dos 92% de rejeição do BBB

Mais uma vez, participantes do BBB5, BBB12 e BBB18 juntos em um nível de rejeição. Os participantes das respectivas edições, Rogério, Rafa e Nayara saíram do programa com 92% dos votos.

Da esquerda a direita: Rogério (BBB5), Rafa (BBB12) e Nayara (BBB18).
Da esquerda a direita: Rogério (BBB5), Rafa (BBB12) e Nayara (BBB18). | Foto: Reprodução.

Rogério, o vilão de sua temporada, foi o quarto eliminado do BBB5 e, na época, conquistou o recorde de rejeição da história do programa. Nesta mesma edição, outra pessoa conseguiu superar a rejeição do médico. O participante foi ao paredão contra Sammy Yukio, um dos finalistas da temporada.

No BBB12, Rafa foi o indicado do Líder e enfrentou no paredão Yuri. O participante não estava agradando o público e saiu com uma das maiores porcentagens de rejeição do BBB.

Nayara, do BBB18, por sua vez, fazia parte do Gabinete do Ódio de sua edição. Comandado por Patrícia, a vilã da temporada, o grupo era mal visto pelo público.

A participante era a fofoqueira do BBB18 e passava informações de um grupo para o outro, desfavorecendo o jogo dos favoritos. Ela foi ao paredão contra Gleici (a campeã da edição) e Mahamoud.

4º lugar: Felipe Cobra (BBB7)

Felipe Cobra foi o quinto eliminado do BBB7 e ficou conhecido por suas polêmicas no BBB. Em um paredão contra Alberto Cowboy, que também não era bem visto pelo público, o skatista foi eliminado com 93% de rejeição.

Felipe Cobra foi eliminado com 93% dos votos, uma das maiores rejeições do BBB. | Foto: Reprodução.

Ele foi o participante com a maior rejeição da temporada. No paredão em que foi eliminado, Alberto saiu com 85% dos votos, uma grande rejeição também.

3º lugar: Patrícia Leite (BBB18)

Patrícia Camila Leite Lima foi a sétima eliminada do BBB18. A funcionária pública era a maior vilã de sua edição e foi eliminada com uma das maiores rejeições do BBB.

Patrícia Leite foi eliminada com 94% de rejeição, uma das maiores do BBB.
Patrícia Leite foi eliminada com 94% de rejeição, uma das maiores do BBB. | Foto: Reprodução.

A participante tramou contra Gleici, a campeã do reality naquele ano, e a mandou ao paredão. A jovem, porém, caiu em uma eliminação falsa e retornou ao confinamento alguns dias depois.

Patrícia foi indicada pela jovem, que se vingou do jogo da participante. Ela deixou a casa com 94,26% dos votos. Na época, a rejeição de Patrícia era a segunda maior da história do BBB.

2º lugar: Aline Santos (BBB5)

Aline Cristina Tertuliano dos Santos era, até então, a maior rejeição da história do BBB. A jovem, na época com 19 anos, entrou no lugar de Marielza, participante que sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Aline é a segunda maior rejeição do BBB.
Aline é a segunda maior rejeição do BBB. | Foto: Reprodução.

Santos “causou” muito dentro do programa, pois era conhecida por passar informações de um grupo para o outro dentro do reality. Ao enfrentar Grazi Massafera, uma das finalistas do BBB5, ela saiu com a maior rejeição de todas.

O recorde perdurou até a edição de 2021. Atualmente, Aline é a segunda maior rejeição do BBB.

1º lugar: O recorde de rejeição do BBB vai para… Nego Di (BBB21)

Durante a edição do BBB21, o maior recorde de rejeição do BBB foi alcançado. Nego Di, participante polêmico e integrante do Gabinete do Ódio da temporada foi eliminado com 98,76% de rejeição.

O número é surpreendente e muitos telespectadores comentaram a saída do participante. O recorde, porém, é percentual, como todos os outros. Seu paredão não é teve o maior número de votos (esse recorde pertence à disputa entre Manu Gavassi, Prior e Mari Gonzales do BBB20) e nem o participante com mais votos.

Nego Di é a maior rejeição do BBB. | Foto: Reprodução.

Nego Di foi ao paredão contra Fiuk e Sarah, que receberam uma porcentagem muito pequena de rejeição. A participante que estava emparedada é, atualmente, a que menos foi rejeitada na história do BBB.

O BBB21 promete mais recordes de rejeição, pois outros participantes são cotados pelo público para saírem do programa.

O comediante ultrapassou a porcentagem de Aline Santos, que ficou como a mais rejeitada durante muitos anos.

_______________________________________________
Por Luiza Nascimento – Redação Fala!

Tags mais acessadas