Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Você também pode ser gay, entenda por quê

Você também pode ser gay, entenda por quê

Sim, há grandes chances de você também ser gay. Pelo menos é o que diz um estudo americano realizado por Ritch Savin, pesquisador do Centro Nacional de Informações sobre Biotecnologia.  Savin diz que a sexualidade é um espectro dinâmico, capaz de evoluir e se desdobrar de  diversas maneiras ao longo do tempo, de modo que um ser humano poderia experimentar diversas formas de sexualidade no decorrer de sua vida.

 

O estudo de Savin levou em conta a reação de alguns voluntários que foram submetidos a estímulos sexuais. Para o estímulo acontecer, a pesquisa exibiu aos voluntários dois tipos de vídeos com conteúdos pornográficos: os que apresentavam sexo entre heterossexuais e outros que continham relações homossexuais. Uma das reações aferidas pelo experimento foi a dilatação da pupila dos voluntários. A pesquisa notou que a pupila dos candidatos que se identificaram como heterossexuais dilatou-se mesmo quando expostos a vídeos de conteúdo erótico homossexual.

Ao que foi observado, as mulheres conseguem responder com mais intensidade a estímulos sexuais vindos do mesmo sexo.  A pesquisa ainda notou que as lésbicas podem apresentar comportamentos sexuais essencialmente masculinos e, por vezes, com até mais impulso do que um homem.

Essa não foi a primeira pesquisa realizada sobre o assunto. Na Universidade de Northwestern, dois outros cientistas constataram que, entre 100 homens entrevistados que se definiram como heterossexuais, a maioria assumiu sentir atração pelo sexo oposto, mas considerou a possibilidade de ter relação também com o mesmo sexo. Porém, atestam que não se dizem bissexuais por temer atritos familiares, com as companheiras, entre amigos e em sociedade.   

 

LEIA TAMBÉM:

0 Comentários

Tags mais acessadas