Virtual Date: Quarentena aqueceu apps de paqueras
Menu & Busca
Virtual Date: Quarentena aqueceu apps de paqueras

Virtual Date: Quarentena aqueceu apps de paqueras

Home > Lifestyle > Virtual Date: Quarentena aqueceu apps de paqueras

Em tempos de coronavírus e quarentena, os encontros virtuais estão em alta. As recomendações dos especialistas em saúde restringiram os encontros presenciais, até mesmo os românticos devem ser evitados.

Sendo assim, o jeito é apelar para as plataformas de encontros disponíveis, é o que mostra o estudo realizado pela The Inner Circle (aplicativo seletivo de namoro); segundo o app, o isolamento social aqueceu ainda mais as plataformas de paqueras virtuais

Fala! Universidades e o Clube de Mimos lançam o Virtual Date

O Virtual Date é um programa que cria match entre pessoas e conta com o voto do público (através dos stories do Instagram) para uni-las. A ideia do programa veio após a campanha Liga de Casais, um torneio de fotos de casais de namorados, que aconteceu pelo Instagram e premiou o casal campeão com um jantar romântico. 

virtual date
Virtual Date: Quarentena aqueceu apps de paqueras.

Como funciona?

O Virtual Date acontecerá em duas fases: na primeira fase, os participantes responderão uma série de perguntas sobre seus gostos e preferências para a criação do perfil. Com base nos perfis criados, uma equipe criará os matches: serão duas opções, e o público irá votar e eleger os casais que poderão se encontrar virtualmente e concorrer a prêmios.

Na segunda fase, os casais criados participarão de um torneio, como foi no Liga de Casais: os casais mais votados pelo público avançarão de fases até chegar a um campeão.

Premiação

O casal vencedor receberá a quantia de R$1.000, um jantar concedido pelo Bullguer e ambos receberão smatphones com os respectivos contatos para a primeira chamada de vídeo. 

Cadastre-se aqui

Para participar, é muito fácil: responda a enquete do link abaixo e boa sorte!

https://docs.google.com/forms/d/1O6Mp5SJTc1hNXGyAxVfJ2r-5QbnKQPtt2n1BdcLcJwI/viewform?edit_requested=true

Tags mais acessadas