Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Um Pouco da Cervejada Pré-JUCA da Cásper Líbero!

Um Pouco da Cervejada Pré-JUCA da Cásper Líbero!

No ultimo sábado (14/05) rolou a Cervejada Pré-JUCA da Cásper Libero,  na Quadra da Peruche, com o Line Up da Bateria e dos DJ’s (Dj Gui Romero, Dj Zeller, Dj Natália Lara e Dj Guda&Guda) animando essa festa.

Faltando apenas 11 dias para o JUCA, a cervejada foi um aquecimento aos casperianos da baguncinha que vem por aí. A galera estava bem animada, e aproveitaram bastante com muita breja, beijos e música boa!

FOTO 1

A bateria entrou às 16hrs e foi incrível! Todos na quadra entraram numa energia doida… A multidão vermelho e branco seguiu cantando e dançando com todo o amor casperiano. O que não faltou foi animação e banho de cerveja.

Bruno Michel, que há 3 anos toca Tamborim na Bateria Cásper Líbero, contou que os ensaios acontecem todos os sábados das 14hrs às 17hrs e durante a semana também rola 2 ou 3 ensaios de todos que tocam Tamborim. No JUCA, a rotina é pesada e chegam a tocar em  4 ou 5 jogos por dia.

A Aguante, torcida da Cásper, durante toda a cervejada também esteve lá erguendo as bandeiras e animando junto com a galera. Conversamos com o Alexandre Burghi, 3º ano de Publicidade e Propaganda e Aguantino. Ele nos contou mais sobre como começou essa paixão.

FALA!: Há quanto tempo você está na Aguante, e por quê decidiu entrar?

Alexandre: Eu tô há um ano e pouquinho já na Aguante, e eu decidi entrar porque desde a minha cidade (São José dos Campos) eu já tava em torcida organizada, e eu sempre tive essa paixão pela Cásper, então eu decidi entrar.

FALA!: Qual a importância da Aguante no JUCA?

Alexandre: Eu acho que a Aguante faz totalmente a diferença na hora do jogo. A Aguante já ganhou  jogos junto com os times. Time que estava perdendo, a Aguante começou a cantar e mexeu totalmente com o emocional e o time começou a ganhar. É isso!

E o também Aguantino, Leandro Mezzarano, completou:

“É diferente, cada jogo é um jogo pra mim. Eu não sei explicar, mas imagine que a Cásper é uma faculdade pequena, tem 2.000 mil alunos só. Então quando você torce, você tá torcendo pra um amigo seu. Torcer é minha vida. Eu não vejo meus pais, minha família… Eu só vivo a Cásper, então dou minha vida a cada jogo. Estou vivendo a minha melhor fase.”

FOTO 2(1)

FOTO 3(1)

FOTO 4(1)

FOTO 5

FOTO 6

Victor Canovas, do futebol de Campo, está se preparando para seu último JUCA como atleta casperiano. Ele, que também foi nos dois últimos anos, conta que é uma emoção diferente. Tem uma responsabilidade a cada jogo. Porém, diz que tá na pegada pra ganhar e levar essa competição.

“A galera curte futebol de campo e sabe que a gente se entrega para jogar. Queremos que todos também estejam lá presentes esse ano.’’

Gostaríamos de desejar aos atletas, BOA SORTE ! E a todos um maravilhoso JUCA, no campo ou na quadra. Dentro ou fora dele. Que comece a contagem regressiva até dia 25! #JáéJuca

 

 

Por: Camila Del Valle, Pamela Ramalho e Renan Gasparino – Fala!Cásper

0 Comentários

Tags mais acessadas