Saiba mais sobre as principais obras de Oscar Niemeyer
Menu & Busca
Saiba mais sobre as principais obras de Oscar Niemeyer

Saiba mais sobre as principais obras de Oscar Niemeyer

Home > Notícias > Urbano > Saiba mais sobre as principais obras de Oscar Niemeyer

Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho, mais conhecido mundialmente como Oscar Niemeyer, nasceu em 1907, no Rio de Janeiro, e viveu até 2012. Suas obras são visíveis em cidades como São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Paris e Nova York, o que faz dele um ícone da arquitetura moderna mundial, não apenas no Brasil.

Talvez você não relacione a obra ao autor de forma natural, mas certamente já deve ter presenciado ou visto nos cinemas ou novelas alguma de suas criações.

Como exemplo, posso citar aqui o Memorial da América Latina (São Paulo), o Palácio da Alvorada (Brasília), a sede da ONU (Nova York) e o Complexo da Pampulha (Belo Horizonte), todas estas obras de arte tornaram-se grandes cartões-postais de cada região e impressionam pelos traçados finos e curvas feitas de concreto armado.

Em 1988, Niemeyer foi condecorado com o prêmio Pritzker, considerado o Nobel da arquitetura.

Oscar Niemeyer
Oscar Niemeyer. | Foto: Reprodução.

Niemeyer e a história de Brasília

Ainda na década de 1940, quando Juscelino Kubistchek foi eleito o prefeito de Belo Horizonte, Oscar Niemeyer foi contratado para um bairro inteiro de lazer na cidade. Quem passa pela Pampulha pode observar os traçados do arquiteto nas diversas obras construídas ali.

Ponte JK, Brasília
Ponte JK. | Foto: Reprodução.

Anos mais tarde, quando o concurso para elaboração do Projeto Piloto de Brasília, aquela que seria a nova capital federal, em que Lúcio Costa, ex-patrão de Niemeyer, foi escolhido para desenvolver o plano urbano da cidade, Juscelino Kubistchek convocou o arquiteto carioca para desenhar os prédios governamentais.

Das mãos de Oscar Niemeyer nasceram:

  • Catetinho
  • Palácio da Alvorada
  • Congresso Nacional
  • Teatro Nacional
  • Supremo Tribunal Federal
  • Palácio do Planalto
  • Praça dos Três Poderes
  • Catedral de Brasília
  • Ministério da Justiça
  • Palácio do Itamaraty
  • Aeroporto de Brasília
  • Memorial Juscelino Kubistchek
itamaraty
Palácio do Itamaraty. | Foto: Reprodução.

É muito normal dizer que a história escrita do arquiteto passa pela capital federal, mas não é apenas em Brasília que encontramos obras de destaque.

Veja aqui o especial Brasília 60 anos

Principais obras de Oscar Niemeyer

Agora vou falar um pouco sobre os detalhes de algumas de suas maiores criações.

Casa das Canoas – Rio de Janeiro – 1952

Casa das Canoas
Casa das Canoas. | Foto: Reprodução.

Sabe aquela história de que em casa de ferreiro o espeto é de pau? Pois é, ela não se aplica ao arquiteto. O desenho idealizado para sua casa aproveitou todo o desnivelamento do terreno para dar características próprias ao imóvel.

Edifício Copan – São Paulo – 1951

No centro da capital paulista, um arranha-céu curvado chama a atenção de turistas que por ali passam. Com mais de 100 metros de altura divididos entre 32 andares e mais de mil apartamentos, a onda formada pelo Copan se destaca entre os prédios da região.

Sede das Nações Unidas – Nova York – 1947

Um grupo formado por vários arquitetos de todo o mundo foi o responsável por desenhar aquele que seria o centro das principais decisões do nosso planeta pelos anos seguintes. Grande fã de Le Corbusier, Niemeyer teve suas colaborações aprovadas com louvor por toda a equipe.

Universidade de Constantine – Constantine (Argélia) – 1969

Os trabalhos do mestre cruzaram os mares e chegaram até o interior da Argélia para elaborar o projeto da construção de uma universidade. De acordo com Niemeyer, esta é uma de suas mais belas criações.

Ao chegar ao país do norte-africano, o fotógrafo britânico Jason Oddy assim descreveu esta obra: “eram como esculturas que pareciam levar o concreto até seus limites físicos e poéticos.”

A criação modernista contrasta com uma região que se libertava de um período de guerras e começava, aos poucos, o progresso.

Congresso Nacional – Brasília – 1960

Duas torres ao centro e duas semiesferas, uma virada para cima, representando a Câmara dos Deputados, e a outra virada para baixo, representando o Senado Federal.

Imagem característica dos livros didáticos e também dos noticiários diários, o edifício é um dos milhares de cartões-postais deixados por Oscar Niemeyer nas ruas da capital federal, sendo endereço obrigatório de quem visita a cidade.

Lista de lugares que você precisa conhecer no Brasil

__________________________________
Por Mayk Souza – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas