Saiba como o Halloween é comemorado ao redor do mundo
Menu & Busca
Saiba como o Halloween é comemorado ao redor do mundo

Saiba como o Halloween é comemorado ao redor do mundo

Home > Entretenimento > Cultura > Saiba como o Halloween é comemorado ao redor do mundo

O dia das bruxas é uma celebração de origem anglo-saxônica e pagã, inspirada no festival de Samhain, que contempla o retorno da morte no dia 31 de outubro no hemisfério norte. Apesar da esmagadora maioria das obras com a temática do Halloween fazerem referência aos Estados Unidos, muitos outros países comemoram, de forma similar ou distinta, essa data. Conheça como as diversas culturas ao redor do mundo a celebram: 

Halloween ao redor do mundo

Estados Unidos 

Halloween eua
O Halloween dos Estados Unidos é um dos mais aclamados. | Foto: Reprodução.

Lá, a celebração é uma das mais marcantes. As casas são decoradas com abóboras caracterizadas com olhos, bocas assustadoras e uma vela por dentro para iluminá-las, teias de aranha falsas, esqueletos e, por fim, na noite do dia 31, as crianças vão de porta em porta pedir doces com a frase “trick ou treat”, em português, doçuras ou travessuras.

Há também, para os adultos, festas temáticas e atrações em parques de diversões, como a noite de horror da Universal, em Orlando. 

México 

dia dos mortos
Altar do Dia dos Mortos, México. | Foto: Reprodução.

O dia dos mortos é uma celebração de origem indígena, anterior à chegada dos espanhóis, que, atualmente, coincide com tradições católicas tal qual o dia dos finados e de todos os santos.

A festividade, considerada pela Unesco como patrimônio imaterial da humanidade, dura três dias. Nela, as pessoas enfeitam os túmulos com coroas de flores, fazem bonitos e coloridos altares, se fantasiam de caveiras e comem doces e bolos.

Há a crença de que os mortos visitam os entes queridos nos dois primeiros dias de novembro, motivo pelo qual essas são datas de tanta alegria. 

Irlanda 

festas de Halloween
Parada de Halloween em Dublin, Irlanda. | Foto: Reprodução.

O país é onde a celebração do Halloween teve origem, e mais tarde, com a emigração para os Estados Unidos, se popularizou. Religiões pagãs antigas acreditavam que, na noite do dia 31, havia uma aproximação do mundo espiritual ao mundo físico, o que as fazia celebrá-la.

Atualmente, muitas brincadeiras são realizadas na Irlanda para festejar este dia, como pendurar uma maçã a uma árvore e desafiar alguém a comê-la sem utilizar as mãos e assar pães de frutas secas, chamados de Barmbrack, e dentro deles colocar um anel ou um dedal, que representam, respectivamente, que a pessoa, ao comer o prato típico e encontrá-los, terá sorte no amor e se casará em breve ou está fadada a ser sempre solteira.

Por fim, há uma grande parada de Halloween organizada na capital, Dublin. 

Madagascar 

madagascar
Famadihana, Madagascar. | Foto: Reprodução.

Na ilha africana, o Famadihana é o que mais se assemelha ao Halloween, de modo que é uma festividade voltada para os falecidos. A cada sete anos, os mortos são desenterrados e os familiares deles dançam junto do corpo, enrolado em lençóis, e perfumam-no e enchem-no de joias.

A celebração tem como objetivo tornar alegre uma temática de bastante carga negativa, e realizar uma forma de limpeza aos falecidos, trancados em caixões por tanto tempo. 

Japão 

Halloween
Festival Obon, Japão. | Foto: Reprodução. 

No país, o Halloween é celebrado no dia 31 de outubro, as pessoas se caracterizam e vão às ruas, de modo que é uma tradição importada dos Estados Unidos. Porém, o dia dos mortos no Japão é, de fato, no meio de julho ou agosto, o que varia dependendo da região do país.

A data tem origem na tradição budista e é contemplada com flores, altares, danças e lanternas, que no terceiro dia do festival, denominado Obon, são depositadas em rios, lagos e mares para guiarem os espíritos. 

_______________________________
Por Maria Fernanda Maciel – Fala! Cásper

Tags mais acessadas