Rita Lee: Cantora ganha exposição no Museu da Imagem e do Som
Menu & Busca
Rita Lee: Cantora ganha exposição no Museu da Imagem e do Som

Rita Lee: Cantora ganha exposição no Museu da Imagem e do Som

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Rita Lee: Cantora ganha exposição no Museu da Imagem e do Som

Uma exposição inaugurada em setembro, no Museu da Imagem e do Som, conta a trajetória de 50 anos da cantora Rita Lee, com figurinos originais escolhidos pela própria cantora e seu filho João Lee.

Com exibições de manuscritos originais de músicas de sucesso e trechos de cartas que Rita Lee recebeu durante sua prisão no período da Ditadura Militar, e também registros de músicas que foram censuradas com alegações de serem comunistas, por fazerem apologia às drogas e a desobediência ao Governo.

Uma área da exposição é dedicada às causas sociais que a cantora apoia e seus livros infantis que retratam as belezas na natureza e sobre a preservação da vida animal.

Figurinos marcantes e polêmicos, como o de Nossa Senhora Aparecida e suas botas prateadas que foram ela furtou em 1973, em Londres, são as peças mais icônicas de um acervo gigante e pessoal da cantora.

Exposição sobre Rita Lee no Museu da Imagem e do Som

O Museu da Imagem e do Som reuniu o que há de melhor sobre Rita Lee em suas amostra. Além de figurinos usados pela cantora, o local possui cartas, materiais de áudio e vídeo inéditos, e estátuas com a imagem da cantora. Outro detalhe é como a exposição foi exposta, separada por etapas da vida de Rita, começando com o início de sua carreira, seu período nos Mutantes, carreira solo, Ditadura Militar e muito mais. 

Rita Lee ajudou com a organização de sua exposição no Museu da Imagem e do Som.
Rita Lee ajudou com a organização de sua exposição no Museu da Imagem e do Som. | Foto: Reprodução.

Além disso, é possível conhecer curiosidades sobre Rita Lee, fatos desconhecidos sobre a cantora e aprofundar algumas histórias marcantes de sua carreira. 

Recortes de jornais sobre a cantora no período da Ditadura Militar.
Recortes de jornais sobre a cantora no período da Ditadura Militar. | Foto: Reprodução.
Estátua de Rita Lee no Museu da Imagem e do Som.
Estátua de Rita Lee no Museu da Imagem e do Som. | Foto: Reprodução.

O filho de Rita Lee, João Lee, afirma que a exposição de sobre sua mãe no Museu da Imagem e do Som, mostra um lado da cantora que poucos conhecem, ao mesmo tempo que expões o que todos já estão cansados de saber. Ele ainda convida a todos para conhecerem a exposição, “Convido você a dar uma espiada nas lembranças que minha mãe guardou dos seus 50 anos trabalhando com música por este mundo afora, quando subia no palco e dividia com o público suas peripécias, cantando e dançando. Tempos inesquecíveis, maravilhosos e divertidos.”.

Materiais de vídeo e áudio estão expostos no museu.
Materiais de vídeo e áudio estão expostos no museu. | Foto: Reprodução. 
Foto de Rita Lee em exposição.
Foto de Rita Lee em exposição. | Foto: Reprodução.
Conheça toda a amostra sobre a cantora brasileira no MIS.
Conheça toda a amostra sobre a cantora brasileira no MIS. | Foto: Reprodução. 

A trajetória de Rita Lee foi marcada por diversas polêmicas, mas também fica claro que suas contribuições para a música brasileira foram de extrema importância. A exposição é divida em 18 áreas temáticas com cenografia de Chico Spinosa e direção artística de Guilherme Samora. A exposição vai até o dia 28 de novembro.

Horário: terça-feira a domingo das 10h às 18h.

Preço: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

Gratuidade: Das 10h as 11h30 de terça-feira a sexta-feira

Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa

____________________________________________________________

Por Leticia Rodrigues – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas