Menu & Busca
Resenha: A Princesa e a Plebeia – Netflix

Resenha: A Princesa e a Plebeia – Netflix

Por Barbara Vilar – Fala!Cásper

 

Foto: Reprodução/Netflix

Já entramos em clima natalino, e a Netflix não ficou fora disso.  Neste mês, foram lançados vários filmes relacionados ao natal. Um deles foi A Princesa e a Plebeia, estrelado por Vanessa Hudgens, que faz papel duplo. Este é um filme que traz à tona toda a magia natalina com muito romance, um toque de comédia e um lado super clichê.

O filme retrata duas personagens interpretadas pela própria Vanessa Hudgens. Stacy de Novo, dona de uma confeitaria em Chicago, que recebe um convite para participar de uma competição culinária de natal, junto ao seu sub chef, Kevin (Nick Sagar), e junto a sua filha, Olivia (Alexa Adeosun). Stacy, ao chegar à cidadezinha de Belgravia, acaba se esbarrando com uma garota que aparenta ser sua irmã gêmea, Margaret Delacourt, Duquesa de Montenaro. As duas, por serem tão parecidas, decidem trocar de realidade por apenas 3 dias para que a Duquesa Margaret possa sentir e viver a vida de uma “garota normal” antes de se casar com o príncipe da Belgravia, Edward (Sam Palladio).

Foto: Reprodução/Netflix

A trama se desenrola com diversas cenas cômicas onde, ao trocarem de vida, passam por alguns apuros e muitas confusões. Como quando a filha de Kevin descobre que Stacy e Margaret trocaram de lugar, pois a Duquesa decide fazer o café da manhã para Kevin e Olivia mas acaba o queimando, o que não é típico para uma cozinheira como a Stacy, ou quando o mordomo do príncipe começa a desconfiar da duquesa, e começa a persegui-la pelo castelo atrás de colher respostas das “estranhas” atitudes que a  Duquesa vem demonstrando.

No final, as duas acabam gostando tanto da vida uma da outra que decidem seguir seus corações. Todo o desenrolar do filme é baseado na magia do natal, e como as coisas podem acontecer sem ao menos você esperar por aquilo. Simplesmente por serem coisas do destino.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas