Relembre as cinco melhores sequências dos estúdios Pixar
Menu & Busca
Relembre as cinco melhores sequências dos estúdios Pixar

Relembre as cinco melhores sequências dos estúdios Pixar

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Relembre as cinco melhores sequências dos estúdios Pixar

Um guia sobre as continuaçõesde clássicas longas-metragens dos estúdios Pixar

Assim como Woody esteve presente na infância de Andy, muitos filmes Pixar marcaram a história das crianças de 1995, ano do primeiro lançamento da companhia, até as de hoje. Muitas pessoas sabem que o estúdio segue uma cronologia em seus filmes, e aproveitando esse desenvolvimento dos enredos, aqui vão, para todas as pessoas que cresceram assistindo à Boo gritar “gatinho!” e ao Zezé pegar fogo, 5 das melhores sequências da Pixar

Pixar
Pixar. | Foto: Reprodução.

Melhores sequências da Pixar

1 – Toy Story

Como primeiro filme criado pela Pixar, não poderíamos começar essa lista com outro. Criado por John Lasseter, a clássica história dos brinquedos de Andy, que hoje está em seu quarto filme, começou em novembro de 1995.

Toy Story
Toy Story. | Foto: Reprodução.

Além de precursor dos longas-metragens da Pixar e início da parceria entre a companhia e a Walt Disney Pictures, Toy Story ficou conhecido como o primeiro filme dos cinemas a ser produzido inteiramente por computação gráfica. 

Nos anos 90, começam a trajetória de Andy e seus principais brinquedos, inseridos em um mundo em que todos possuem vida (longe das crianças, claro). Uma das coisas que mais encantam os fãs do enredo é que, conforme o tempo passa para nós, assim também acontece nos filmes.

Em Toy Story 1, por exemplo, Woody, o tradicional caubói, e Buzz Lightyear, um moderno brinquedo espacial, entram em rivalidade pelo posto de “boneco favorito” de Andy. No filme 2, outros brinquedos aparecem para fazer história e, entre toda a trama, observamos o crescimento de Andy. Crescimento esse que fica mais emocionante ainda no terceiro filme da sequência, em que Andy precisa desapegar de sua infância para se dedicar aos estudos. Lançado em 2019, o até então último filme da sequência mostra (sem spoilers por aqui) uma nova trajetória para todos os brinquedos. 

A história acontece em Toy Story 1 – Os RivaisToy Story 2 – em busca de WoodyToy Story 3 e Toy Story 4. Essa é uma das sequências as quais permitem que adultos de hoje mantenham vivas dentro de si, aquelas crianças de 1995.

2 – Monstros S.A

O primeiro filme veio em 2001, criado por Pete Docter, Lee Unkrich e David Silverman, e conta a história da fábrica de monstros, feita para assustarem as crianças e, com isso, gerar energia para seu mundo. Com James Sullivan e seu melhor amigo, Mike Wazowski, conhecemos o amor dos dois monstros pela famosa criança Boo, que vai ser responsável por dar uma reviravolta na história toda.

Monstros S.A
Monstros S.A. | Foto: Reprodução.

As críticas ao filme foram positivas e, por um tempo, Monsters, Inc ultrapassou Toy Story 2 como animação de maior bilheteria de todos os tempos, ficando em segundo lugar, apenas atrás de O Rei Leão, da Walt Disney Pictures.

Em 2013, buscando trazer mais da história da famosa dupla Mike e Sully, a Pixar lançou o Universidade Montros. Essa continuação, no entanto, vem antes mesmo de Monstros S.A na cronologia da trama. Isso porque trata-se do começo da trajetória dos dois monstros, quando conheceram um ao outro e ainda se preparavam para trabalhar oficialmente como assustadores de crianças na empresa.  

Comparando com Toy Story, Monstros S.A não é caracterizado por tão longa sequência, mas seus dois filmes também foram e são responsáveis por agradar adultos e crianças nas telinhas. 

3 – Procurando Nemo

Não importam as idades, quem não sofreu junto com Marlin na procura de seu filhote Nemo e não deu risada com Dory não pode estar bem. Brincadeiras à parte, esse é outro clássico da Pixar em parceria com a Disney. Além disso, estamos falando de um vencedor do Oscar de Melhor Filme de Animação, no ano de 2004.

Dirigido por Andrew Stanton e Lee Unkrich, o filme de 2003 ganhou sua sequência em 2016, pelo mesmo roteirista, Stanton. Sua continuação traz como personagem principal a famosa Dory, que com seu bom-humor e inteligência, marcou mais o primeiro filme que o próprio Nemo, como dizem muitas críticas, ganhando um segundo só para ela.

Procurando Dory vem em ordem cronológica e de lançamento como continuação de Procurando Nemo, e garantiu o quarto lugar como maior bilheteria da Pixar.

Procurando Dory Pixar
Procurando Dory. | Foto: Reprodução.

4 – Os Incríveis

Essa é outra sequência de dois filmes. O primeiro, lançado em 2004 e dirigido por Brad Bird (também autor de Ratatouille), gerou muitas expectativas e espera para o segundo, com estreia em 2018.

Os Incríveis 1 era inicialmente um projeto de Bird para ser desenvolvido com desenhos à mão. Com o apoio de Lasseter, já citado aqui pela criação de Toy Story, Bird e Pixar desenvolveram o filme com ferramentas de computação gráfica e nos apresentaram a icônica família de super-heróis, impossibilitada de usar seus poderes por decretos do governo. O final dele deixa em aberto se a família poderá ser reconhecida como heroica, além da curiosidade dos fãs sobre o futuro do bebê, que antes não tinha poderes. Antes, certo? 

O segundo filme está na décima oitava posição como maior bilheteria de todos os tempos. Ele se passa em uma continuação direta de Os Incríveis 1, logo após a Família Pêra salvar a cidade do vilão Escavador. Traz, no entanto, um enredo muito atual e importante sobre empoderamento feminino, mesclado com a história clássica de busca do prestígio dos heróis pela família protagonista, que ficou famosa em 2004. Vale muito a pena! 

animações da Pixar
Os Incríveis. | Foto: Reprodução.

5 – Carros

De produção mais recente do que todos os citados anteriormente, o primeiro filme da sequência Carros foi lançado em 2006 e dirigido por John Lasseter e Joe Ranft. A animação foi dedicada ao segundo diretor, Joe, que faleceu durante a produção em um acidente automobilístico. 

Apesar de menos aclamado pelas críticas do que os grandes clássicos anteriores, Carros chama a atenção pelos desenhos e cenários bem elaborados, baseados em carros reais. Além disso, aborda temáticas como amizade e competições dentro de um enredo de comédia, e foi o último filme produzido pela Pixar antes da companhia ser comprada pela Disney.

Após o sucesso de Relâmpago McQueen e seus amigos, o filme ganhou uma sequência com Carros 2, em 2011, que protagoniza, assim como em Dory, o coadjuvante Guincho, e 3, em 2017, que traz a necessidade de o famoso protagonista carro vermelho adaptar-se às novas tecnologias e competições com carros mais jovens que ele. É também de muito bom-humor e boas críticas.

filmes da Pixar
Carros. | Foto: Reprodução.

Por serem animações clássicas, muitas pessoas as conhecem. Mas você já assistiu todas as suas continuações? Se não, volte algumas dicas para conhecer as famosas sequências dos filmes da Pixar e, se sim, é sempre bom rever os filmes que conquistaram os nossos corações há tempos! 

___________________________
Por Juliana Kopp – Fala! UFU

Tags mais acessadas