Relações saudáveis e terapia: por que andam de mãos dadas?
Menu & Busca
Relações saudáveis e terapia: por que andam de mãos dadas?

Relações saudáveis e terapia: por que andam de mãos dadas?

Home > Lifestyle > Saúde > Relações saudáveis e terapia: por que andam de mãos dadas?

Muito se fala em terapia hoje em dia, o que é um grande avanço levando em consideração os tabus existentes envolvendo a saúde mental. Para esclarecer essas opiniões equivocadas, é necessário assinalar que a terapia não é apenas para “loucos” ou pessoas com transtornos mentais. É totalmente possível e aconselhável procurar atendimento quando há necessidade de dedicar mais atenção à saúde mental, tanto para tratar transtornos quanto para preveni-lo, ou até mesmo para melhorar relacionamentos interpessoais. 

Além disso, a terapia pode ser a garantia de relacionamentos mais saudáveis e fáceis, pois com um sistema emocional de apoio, é possível conviver bem com todas as diferenças, entre outras questões.

Compreenda como a terapia pode colaborar com relações saudáveis.
Compreenda como a terapia pode colaborar com relações saudáveis. | Foto: Freepik.

Como a terapia ajuda a manter relações saudáveis

Apesar de estar sendo mais valorizada, muitas vezes a terapia não chega a ser opção na busca por ajuda. Muitas pessoas têm dificuldade para admitir quando têm problemas, sejam eles profissionais, familiares, questões internas ou conjugais. Esse comportamento acaba causando impacto negativo na vida desses indivíduos. Isso acontece porque para se relacionar com tudo e todos, principalmente os que estão mais próximos, que estão ao seu redor, é necessário estar bem.

Seja em relações sociais, afetivas ou até mesmo de trabalho, o papel da psicologia é dar suporte para as pessoas envolvidas, realizando a mediação, caso haja conflitos. Pode-se dizer que terapia estimula o paciente a desenvolver habilidades sociais, proporcionando benefícios como: equilíbrio das diferenças individuais, melhora na comunicação, divisão das responsabilidades no relacionamento, identificação de metas e objetivos em comum, extingue inseguranças e melhora até mesmo a vida sexual, quando se trata de casais.

É necessário manter a mente sempre aberta às possibilidades, e também é essencial não ter vergonha ou preconceito, o importante é buscar ajuda e investir em sua qualidade de vida por meio da terapia.

__________________________________________________

Por Amanda Dias – Fala! Universidade Federal do Tocantins

Tags mais acessadas