Quarentena: Como a insônia pode causar o envelhecimento precoce?
Menu & Busca
Quarentena: Como a insônia pode causar o envelhecimento precoce?

Quarentena: Como a insônia pode causar o envelhecimento precoce?

Home > Lifestyle > Saúde > Quarentena: Como a insônia pode causar o envelhecimento precoce?

Desde que a quarentena foi decretada inúmeros casos de ansiedade, estresse e outros problemas que afetam diretamente a saúde mental da população têm aumentado de forma devastadora. Segundo estudos, esses problemas podem consequentemente desenvolver outras diversidades, como a insônia. Mas como isso acontece?

insônia
A insônia é um dos problemas que a quarentena pode gerar. | Foto: Reprodução.

Em uma entrevista feita pela Folha de São Paulo, o Dr. Gustavo Moreira, especialista do instituto do sono, diz que “Estar recluso em casa, o medo de ter impacto na sua saúde e na de familiares, a incerteza do futuro e a insegurança econômica são fatores que podem ocasionar dificuldade de iniciar o sono, despertares noturnos frequentes e cansaço no dia seguinte”.

Com isso em mente, a quebra da rotina, o distanciamento social e o constante medo de ser infectado ou de transmitir o novo vírus para algum familiar, principalmente se ele fizer parte de algum dos grupos de risco, podem ser a resposta para a questão feita no início da matéria. São tantos acontecimentos e emoções que nem temos tempo para processar tudo.

Além da péssima qualidade de sono que a insônia proporciona, problemas como o envelhecimento precoce podem aparecer. De acordo com especialistas em dermatologia, por conta dessas mudanças repentinas na rotina, há uma aceleração no aparecimento de rugas e das famosas olheiras.

como dormir melhor
A insônia pode ocasionar o envelhecimento precoce da pele. | Foto: Reprodução.

Como combater a insônia durante a quarentena

Existem algumas formas para evitá-la, como deixar de mexer no celular ou qualquer outro aparelho eletrônico que emita luz azul, já que ela faz com que o cérebro ache que ainda está de dia, impedindo que o sono apareça.

Além dessa maneira, criar uma rotina de sono, praticar exercícios físicos, evitar cochilos durante a tarde ou evitar situações estressantes são ótimas formas para por um fim à insônia e ter um sono regulado.

E claro, caso o problema persista, o ideal é buscar ajuda com um especialista.

__________________________________
Por Eduarda Knack – Fala! UFRJ

Tags mais acessadas