Qual a origem da tatuagem?
Menu & Busca
Qual a origem da tatuagem?

Qual a origem da tatuagem?

Home > Notícias > Mercado > Qual a origem da tatuagem?

Tatuar é uma prática em alta nos dias atuais, mas se engana quem pensa que o ato de marcar o corpo é recente. As diferentes motivações e os estilos de tatuagem também faziam parte da vida das pessoas de antigamente.

Alguns estudiosos indicam que a origem da tatuagem venha lá dos primórdios da humanidade. O objetivo deles, ao se tatuar, era registrar sua história e preservar as memórias através de pinturas em seu corpo. 

Você vai conhecer, aqui, um pouco mais sobre o mundo das Tattoos para quem sabe tomar coragem e fazer a sua primeira tatuagem ou partir para a próxima!

origem da tatuagem
Arte das tattoos. | Foto: Unsplash.

Qual a origem da tatuagem no Brasil?

A palavra tatuagem surgiu de uma maneira um pouco curiosa, foi formada a partir de uma analogia. Um dos registros existentes sobre as tatuagens é do capitão inglês James Cook, que após sua viagem ao Taiti, trouxe para seu país um hábito do povo daquela região. Os nativos tinham como costume marcar a pele: se tratava de golpeá-la repetidas vezes com uma série de agulhas que ficavam em uma madeira. Imagine!

Os golpes sobre a madeira geravam um barulho (a onomatopeia “tatau”) que logo começou a ser chamada pelo capitão inglês de “tattow” e depois “tattoo”. Sendo assim, a palavra surge através de derivações de outras línguas que chegam ao português pelo inglês. 

Além de povos do Taiti, a prática da tatuagem foi registrada por outros grupos, como egípcios; pictos, uma civilização antiga do Norte da Europa; os próprios ingleses; chineses; indianos.

Em cada lugar, os indivíduos utilizavam os desenhos na pele para se referir a algo de sua história ou cultura. No antigo Egito, por exemplo, as mulheres tinham tatuagens que simbolizavam a fertilidade. 

A arte de se tatuar é difundida pelo mundo através das viagens dos marinheiros ingleses. No Brasil, povos das tribos indígenas tinham o costume de ter tatuagens pelo corpo, que expressavam, principalmente, as características e ritos da sua cultura. Porém, mesmo já sendo difundida entre indígenas, não foi por meio deles que as tatuagens se tornaram um hábito no Brasil. 

Em 2019, o Instituto alemão Dalia realizou uma pesquisa com pessoas de 18 países diferentes para descobrir a porcentagem de indivíduos tatuados. Com os resultados, foi estabelecido um ranking que indicou os italianos como os que mais gostam dessa arte. O Brasil não ficou muito atrás não, ficou em oitavo lugar. O estudo indicou, ainda, que 38% da população do mundo possui tatuagens. 

Se você andar na rua e reparar mais atentamente, você vai perceber que muitos possuem uma ou até mais de uma tatuagem, fora as que estão em lugares do corpo que não são visíveis. Esses números comprovam o que é possível notar ao observar as pessoas: a tatuagem é sim uma prática que cativou, e continua cativando, diariamente, muita gente. 

Múltiplos significados das tatuagens

Escolher o que tatuar pode ser uma escolha fácil para uns, mas para outros nem tanto. Algumas pessoas decidem apenas por achar bonito o desenho ou a palavra, outras preferem tatuar algo com valor afetivo. O significado de uma tatuagem é algo muito relativo e pode ser explícito ou totalmente subjetivo. 

estilos de tatuagem
Palavras também podem ser tatuagens. | Foto: Unsplash.

As tatuagens escritas, no geral, são exemplos das que possuem significado explícito. Outro exemplo são as que se referem a alguma data. Essas possuem uma particularidade, pois mesmo olhando e suspeitando que seja marco de algum dia importante para a pessoa, só se pode ter certeza se for alguém conhecido.

Já as tatuagens de desenhos mais aleatórios possuem um significado mais subjetivo e íntimo. 

Tipos de tatuagem

Independente de possuir um significado ou não, existem diversos estilos de tatuagem, que se diferenciam pelo traço, cor, maneira como são feitas, tendências e etc. Você vai conhecer alguns desses estilos e saber porque eles chamam atenção das pessoas. 

Pontilhismo

Técnica reconhecida pela precisão e cuidado nos detalhes para manter o tamanho dos pontos e conseguir formar o desenho.

Old School

Esse tipo de tatuagem leva em conta características ocidentais e tradicionais, algo mais vintage. Apresenta uma paleta de cores viva e contornos em negrito.

Geométrico

Esse estilo se diferencia por ter um ar mais sofisticado, representando equilíbrio e harmonia. Pode ser mais simples ou mais complexa, apresentando traços geométricos como principal forma de compor o desenho.

Minimalista

Minimalista não significa dizer que é pequena, mas sim que possui traços mais simples e sem muita cor. Essa técnica condiz perfeitamente com o ditado “menos é mais”. 

Tatuagem e pandemia

Para você que neste momento está pensando em fazer sua primeira tatuagem ou marcar mais uma vez sua pele com uma arte, é importante ter alguns cuidados. Durante esse período de pandemia, as precauções com a saúde devem ser redobradas!

É super indicado ter uma boa alimentação e realizar exercícios físicos para manter sua imunidade, fator que interfere diretamente na cicatrização da sua Tattoo.

Don’t Touch

Além disso, procure estúdios confiáveis, que garantam higienização do espaço e conforto e segurança a você. O estúdio Don’t Touch apresenta profissionais que são artistas super qualificados que ajudarão você a passar sua personalidade e desejo para suas tatuagens. 

O espaço é rico em arte e sensibilidade necessária para explorar as belezas das Tattoos. 

Agora que você já conhece a origem da tatuagem, como aconteceu a difusão dessa prática e quais são alguns dos principais estilos dessa arte, você já pode escolher a sua. A boa notícia é que existe tatuagem para todos os gostos.

Escolha a sua e se encante com essa arte!

____________________________
Por Maria Eduarda Vieira – Fala! UFF

Tags mais acessadas