Quais as cirurgias plásticas mais realizadas na quarentena?
Menu & Busca
Quais as cirurgias plásticas mais realizadas na quarentena?

Quais as cirurgias plásticas mais realizadas na quarentena?

Home > Lifestyle > Saúde > Quais as cirurgias plásticas mais realizadas na quarentena?

Devido à pandemia da Covid-19, diversos países adotaram a quarentena como medida preventiva da doença, e durante todo esse período, que descobrimos não ser apenas 40 dias, permanecemos em casa, vivendo o novo normal com home office, estudos on-line, e outros. Nesse meio tempo, muitos aproveitaram para realizar todas as atividades que estavam sem tempo para fazer, como cursos on-line, exercícios e cirurgias plásticas. Desde março, a busca por procedimentos estéticos cresceu em todo o mundo, inclusive no Brasil, e alguns estão no topo das listas dos mais desejados.

A seguir, conheça as cirurgias plásticas e procedimentos estéticos mais procurados na quarentena e quais as razões para o aumento durante esse período.

Cirurgias plásticas mais realizadas na quarentena

Rinoplastia

Desde março, início da quarentena no país, as buscas pelo termo rinoplastia cresceram no Google, a empresa relatou um aumento de 4.800% nas pesquisas por preço, tipos e características da cirurgia.

Clínicas e hospitais também relataram o aumento de internações para procedimentos pequenos e menos invasivos, como a rinoplastia, ligados à estética.

A cirurgia consiste na remodelagem da estrutura nasal, e possui duas maneiras de ser feita: a estruturada e a redutora.

rinoplastia
Rinoplastia. | Foto: Reprodução da Internet.

No mundo dos famosos, a busca pela rinoplastia durante a quarentena também cresceu, juntamente com a septoplastia, o procedimento fez sucesso com o campeão de A Fazenda 11, Lucas Viana, MC Kevinho, a ex-BBB Flayslane, Mc Mirella, Tainá Costa, entre outros.

Injetáveis

A busca por procedimentos estéticos injetáveis vem crescendo desde os anos 2000, até agora, a porcentagem desses procedimentos minimamente invasivos aumentou em 200%. Com a pandemia e o período de quarentena, muitos aproveitaram para diminuir as linhas finas com o uso de substâncias botulínicas (botox) e preenchimentos por toda a face como, por exemplo, nos lábios.

Por ser rápido e o tempo de recuperação ser mínimo, pois as injeções deixam apenas pequenas marcas pela face, muitos optaram por esses procedimentos que permitem a aparição em videochamadas sem o desconforto de curativos, além de ser facilmente disfarçados pelo uso das máscaras.

Blefaroplastia

Uma das cirurgias plásticas que mais ganhou destaque durante a quarentena foi a blefaroplastia, um procedimento estético que tem por objetivo rejuvenescer a região em torno dos olhos.

A cirurgia remove excesso de pele na região dos olhos, principalmente das pálpebras, eliminando bolsas de gordura, rugas e flacidez da região, tornando o olhar mais levantado e suave. Em diversas clínicas estéticas, a procura pelo procedimento cresceu em 50%, entre pessoas de 36 a 50 anos.

Além da blefaroplastia, o efeito foxy eyes foi muito procurado durante a pandemia, que consiste em um lifting nas sobrancelhas, entregando aos olhos um novo formato. Esse efeito lifting pode ser feito através de cirurgia (procedimento no qual as sobrancelhas são levemente puxadas), com botox ou por meio do ultraformer, pontos feitos por ultrassom que elevam os músculos em torno dos olhos.

O chamado foxy eyes se popularizou após as modelos Kendall Jenner, Bella Hadid, e a empresária Kylie Jenner terem passado pelo procedimento.

cirurgias plásticas
Blefaroplastia. | Foto: Reprodução da Internet.

Lipo LAD

Conhecida também por Lipo HD ou lipo de alta definição, esse procedimento estético é uma categoria da, popularmente conhecida, lipoaspiração. O que difere esse procedimento dos outros tipos de lipo é a priorização dos contornos corporais e a supervalorização da forma, ou seja, a Lipo LAD tem por objetivo definir seu corpo de maneira semelhante ao de exercícios físicos, valorizando os músculos corporais. Esse efeito é obtido por meio da extração de gordura localizada nas bordas dos músculos, e o resultado é uma simulação de um corpo musculoso e curvilíneo.

O procedimento estético do momento logo criou polêmica, assim como muitos outros procedimentos e cirurgias, ele possui riscos à saúde daqueles que se submetem a ele. Por isso, não é recomendado a todos que desejam, por exemplo, pessoas com IMC (Índice de Massa Corporal) maior que 30 são aconselhadas a não realizarem a Lipo LAD, e recomenda-se que aqueles que se submetem ao procedimento possuam uma rotina de treinos, para que a quantidade de gordura localizada seja a menor possível.

Esse tipo de lipoaspiração se popularizou após algumas famosas afirmarem a realização do procedimento estético. Famosas como Giovanna Chaves, Virgínia Fonseca, Ludmilla, Viih Tube, entre outras, publicaram nas mídias sociais os resultados obtidos após a Lipo LAD.

O aumento das cirurgias plásticas na pandemia

O aumento nas buscas por procedimentos estéticos e cirurgias plásticas durante a quarentena possui um motivo muito simples: ficar em casa. Devido à pandemia, todos nós estamos em nossas casas e todas as nossas atividades passaram a ser realizadas no lar, ou seja, nada de sair para trabalhar ou para estudar, estamos fazendo tudo do confronto de nossos sofás.

Por isso, muitos se sentiram confortáveis em passar pelos procedimentos estéticos, pois todo o processo de recuperação será em casa, sem a necessidade de se afastar de sua rotina ou de se sentir desconfortável com curativos e hematomas que surgem com o processo.

Outro fator que leva ao aumento das cirurgias plásticas é a alta exposição da nossa imagem, em casa estamos sempre nos olhando no espelho ou estamos constantemente em videochamadas. Esse confronto com a própria imagem pode causar estranheza e descontentamento com o que vemos, por isso muitos aproveitam esse período para melhorar o que os deixa descontentes em si mesmo.

Em todos os casos, a facilidade para a recuperação dos procedimentos é um fator decisivo, e o que mais tivemos foi tempo em casa para nos recuperamos de qualquer que seja a situação.

_____________________________
Por Luiza Nascimento Lopes – Fala! PUC

Tags mais acessadas