Por que brasileiros estão impedidos de entrar na UE? Entenda
Menu & Busca
Por que brasileiros estão impedidos de entrar na UE? Entenda

Por que brasileiros estão impedidos de entrar na UE? Entenda

Home > Lifestyle > Viagens > Por que brasileiros estão impedidos de entrar na UE? Entenda

As mudanças repentinas por razões do Covid-19 e sua principal medida de contenção, o isolamento, fizeram várias fronteiras ficarem fechadas por, aproximadamente, 3 meses. Alguns países que já passaram do pico da pandemia estão estudando uma forma de reabertura que não seja extremamente impactante a ponto de fechar todos os estabelecimentos e a circulação novamente. 

Na Europa, por exemplo, os países que fazem parte da União Europeia (UE) já iniciaram o plano de retomada, primeiro liberando passeios ao ar livre com poucas pessoas, em horários alternativos, sempre evitando aglomerações.

Em uma segunda onda, já reabriram bares, restaurantes, comércios pequenos e parques públicos. Atualmente, já reabriram as fronteiras para alguns países, porém, o Brasil não está incluso na lista de passageiros que estão permitindo a entrada. 

Por que brasileiros estão impedidos de entrar na UE
União Europeia reabre fronteiras para países, mas Brasil permanece não podendo adentrar. | Foto: Reprodução.

Por que brasileiros não podem entrar na União Europeia?

Em um comunicado oficial feito no dia 30 de junho deste ano, alguns países, como Brasil, Estados Unidos e Rússia, estão fora da lista “verde” para circulação entre as 29 nações compostas pela UE. O motivo é a falta de gestão governamental dentro destes países, o que acarreta em uma maior incidência dos casos. 

Mesmo com a restrição, haverá exceções para brasileiros, como os residentes, os que possuem dupla nacionalidade, que há algum vinculo com certos países, como por exemplo, Portugal, porém, será necessário apresentar o resultado do exame com resposta negativa ao vírus, para poder embarcar. 

Os três países possuem os maiores índices de contaminação e um elemento em comum, o governo negacionista e com certo descaso quanto a questão do isolamento.

No caso do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro já foi visto em público sem máscara, em diversas aglomerações e protestos a favor de seu governo. Além desta questão, ainda há a divergência entre o seu comando e dos governadores de diversos estados, que se contradizem e acabam prejudicando a população, que não sabe como prosseguir com a rotina diante da falta de posicionamento. 

Outros países que reconheceram a gravidade da doença e o seu modo mais controlador de não espalhar o vírus, iniciaram o lockdown (quarentena mais pesada) e conseguiram diminuir o número de casos, como é o caso da Nova Zelândia e Alemanha.

Outros países, como o Japão e a Coreia do Sul, não pararam totalmente, porém, realizaram testes em massa com quase toda a população, assim tendo um controle maior de quem estava doente e possivelmente era assintomático. 

______________________________
Por Camile Alencar – Fala! USP

Tags mais acessadas