Paulo Gustavo: Relembre os maiores sucessos do ator no cinema
Menu & Busca
Paulo Gustavo: Relembre os maiores sucessos do ator no cinema

Paulo Gustavo: Relembre os maiores sucessos do ator no cinema

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Paulo Gustavo: Relembre os maiores sucessos do ator no cinema

Na última terça-feira (2), a arte brasileira experimentou uma grande perda: Paulo Gustavo morreu aos 42 anos, devido a complicações causadas pela Covid-19. O ator fez história em suas performances de comédia e seus filmes estão entre as maiores bilheterias do cinema nacional

Paulo Gustavo teve uma carreira brilhante e se destacou com suas participações tanto como protagonista quanto como coadjuvante. O artista ganhou grande apreço nacional por seu papel na trilogia Minha Mãe é uma Peça, como Dona Hermínia. 

Por isso, relembre os maiores sucessos de bilheteria de Paulo Gustavo e suas principais atuações da trajetória de humorista.

O sucesso de Paulo Gustavo no cinema

1. Os Homens São de Marte… E É Pra Lá que Eu Vou (2014) 

Exercendo o papel de ator coadjuvante, Paulo Gustavo interpreta Aníbal no enredo escrito por Mônica Martelli, que protagoniza o filme. A obra conseguiu ter uma audiência com mais de um milhão de espectadores.

Mônica Martelli e Paulo Gustavo
Mônica Martelli e Paulo Gustavo em cena do filme. | Foto: Reprodução.

2. Vai que Cola – O Filme (2015) 

Desde a estreia em 2013, a sitcom do Multishow, Vai que Cola, fez grande sucesso na TV brasileira. A participação de Paulo Gustavo não só marcou a série, como também trouxe um salto enorme para sua carreira. Devido à elevada audiência, os estúdios decidiram produzir uma adaptação em longa-metragem. Assim, em 2014, Vai que Cola – O Filme lotou as salas de cinema em todo país.

O legado do ator foi deixado ao interpretar o protagonista Valdomiro. Segundo a Agência Nacional de Cinema (Ancine), o filme ocupa a 14ª posição entre as maiores bilheterias do cinema brasileiro. 

Vai que Cola
Paulo Gustavo como Valdomiro em Vai que Cola – O Filme. | Foto: Reprodução.

3. Fala Sério, Mãe! (2017) 

No longa em que Larissa Manoela e Ingrid Guimarães estão como personagens principais, Paulo Gustavo fez uma breve participação no filme e interpretou ele mesmo. Em entrevista a Downtown Filmes, Ingrid Guimarães afirmou que chamou o artista para contribuir por ser um ídolo que as crianças e os pais gostam. Fala Sério, Mãe! encerrou sua exibição com a marca de mais de 3 milhões de brasileiros que haviam assistido.

Paulo Gustavo e Ingrid Guimarães
Paulo Gustavo, Ingrid Guimarães e Larissa Manoela em local da gravação da obra. | Foto: Reprodução. 

4. Minha Vida em Marte (2018) 

Mônica Martelli e Paulo Gustavo protagonizaram a continuação do filme Os Homens São de Marte… E É Pra Lá que Eu Vou. Lançado em 2018, Minha Vida em Marte atingiu a marca de 5 milhões de espectadores até o fim de sua exibição nos cinemas. Dirigido por Susana Garcia e Mônica Martelli, na produção, Paulo Gustavo rouba a cena em sua segunda performance como Aníbal, que auxilia a personagem para a tomada de boas decisões.

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo e Mônica Martelli em cena de Minha vida em Marte. | Foto: Reprodução.

5. Trilogia Minha Mãe é uma Peça (2013, 2016 e 2019) 

Dona Hermínia se tornou um fenômeno no Brasil. Inspirado em sua mãe, o comediante brilhou nas telas de cinema em sua atuação nos três filmes da sequência Minha Mãe é uma Peça

O primeiro filme, lançado em 2013, confirmou o enorme talento para o humor do artista, que conquistou o público. As confusões entre Dona Hermínia, seus filhos e a vizinhança ganharam o prestígio da audiência. 

Devido ao imenso sucesso, Minha Mãe é uma Peça 2, que estreou em 2016, conseguiu alcançar o número de 1 milhão de espectadores apenas no primeiro final de semana de estreia. Além disso, com o investimento de 8 milhões de reais e a arrecadação de 124 milhões, o filme se tornou a produção brasileira com maior renda na bilheteria. 

Já em 2019, o terceiro filme da sequência atingiu o topo. Minha Mãe é uma Peça 3 arrecadou R$143,9 milhões e se tornou a maior bilheteria nacional. O longa de Paulo Gustavo bateu Nada a Perder, filme que conta a história de Edir Macedo, lançado em 2018.

Minha mãe é uma peça 3
Pôster de Minha Mãe é uma Peça 3. | Foto: Reprodução. 

_________________________________ 
Por Lucas Kelly – Redação Fala!

Tags mais acessadas