O Patrimônio Declarado dos candidatos a prefeitura de Sp em 2020
Menu & Busca
O Patrimônio Declarado dos candidatos à prefeitura de SP em 2020

O Patrimônio Declarado dos candidatos à prefeitura de SP em 2020

Home > Notícias > Política > O Patrimônio Declarado dos candidatos à prefeitura de SP em 2020

Confira o patrimônio declarado pelos candidatos à prefeitura de São Paulo e saiba como utilizar o Divulga Cad Contas

Patrimônio declarado dos candidatos à prefeitura de SP.

‘Divulga Cad Contas’ permite saber quantidade de bens acumulados por políticos

O Sistema de Divulgação de Candidatura e Contas Eleitorais permite que qualquer cidadão tenha acesso ao patrimônio declarado dos políticos que estão nas eleições. Ou seja, com essa ferramenta, a população pode ter acesso aos números relacionados à riqueza de cada candidato.

No entanto, o patrimônio declarado pelos políticos não contabiliza herança familiar nem bens ou dinheiro que possam estar em nomes de familiares ou conhecidos. Para ter acesso ao Divulga Cad Contas e saber quanto cada político declarou em patrimônio, clique aqui.

Entre os candidatos à prefeitura de São Paulo, quem declarou ter a maior quantidade de patrimônio foi Filipe Sabará (Partido Novo), com mais de 5 milhões de reais em bens. Já quem declarou o menor patrimônio foi Guilherme Boulos (PSOL), ex-candidato à presidência em 2018, com cerca de 15 mil reais em riquezas acumuladas.

As críticas da população sobre a quantidade de dinheiro declarado por cada candidato é variada. Enquanto alguns criticam os candidatos com maior quantidade de bens, dizendo que os mesmos não serão capazes de simpatizar com classes mais pobres, outros observam a capacidade de investir e administrar recursos como algo essencial em um governante.

Confira o Patrimônio declarado pelos candidatos à prefeitura de São Paulo em 2020:

  • Andrea Matarazzo (PSD): R$1.494.923,55
  • Antonio Carlos (PCO): R$50.000,00
  • Arthur do Val (Patriota): R$408.635,44
  • Bruno Covas (PSDB): R$104.966,68
  • Celso Russomano (Republicanos): R$1.772.944,11
  • Filipe Sabará (Novo): R$5.111.138,94
  • Guilherme Boulos (PSOL): R$15.416,00
  • Jilmar Tatto (PT): R$126.189,86
  • Joice Hasselmann (PSL): R$186.980,00
  • Levy Fidelix (PRTB): R$954.597,41
  • Márcio França (PSB): R$272.864,37
  • Marina Helou (Rede): R$2.244.000,00
  • Orlando Silva (PCdoB): R$738.360,38
  • Vera Lúcia (PSTU): R$20.000,00
Tags mais acessadas