Olimpíadas: 3 skatistas classificadas para disputar o street feminino
Menu & Busca
Olimpíadas: 3 skatistas classificadas para disputar o street feminino

Olimpíadas: 3 skatistas classificadas para disputar o street feminino

Home > Notícias > Esporte > Olimpíadas: 3 skatistas classificadas para disputar o street feminino

Com as competições marcadas para maio e junho, conheça as três classificadas na modalidade street para representar o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2021

Em 2016, o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou o skate como modalidade integrante dos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, fazendo com que o Brasil aceitasse a decisão de braços abertos pois, além de ajudar a divulgar ainda mais a modalidade, o esporte será uma das grandes esperanças de medalha do país nos jogos do Japão.

Nomes como Letícia Bufoni, Pâmela Rosa e Rayssa Leal podem fazer história, tornando o skate a modalidade que trará mais medalhas ao Brasil, desbancando tradicionais esportes que são carros-chefes nas Olímpiadas, como judô e vôlei. Em 2019, o trio feminino representou o Brasil na Street League Skateboarding, em Los Angeles, fazendo com que conseguissem entrar para o ranking olímpico.

olimpíadas
Letícia Bufoni, Pâmela Rosa e Rayssa Leal representando o Brasil no Street League Skateboarding, em Los Angeles (2019). | Foto: Reprodução/G1

Skatistas classificadas para disputar o street feminino nas Olimpíadas de Tóquio 2021

Letícia Bufoni

Se você acompanha o mundo do skate, com certeza já ouviu falar sobre Letícia Bufoni. A skatista paulistana é uma das maiores atletas brasileiras de todos os tempos!

Bufoni nasceu em São Paulo, no dia 13 de abril de 1993. Passou boa parte de sua infância no bairro Vila Matilde e, aos nove anos de idade, começou a se interessar pelo esporte. Dona de cinco medalhas de ouro no Summer X Games, possui título mundial no World Skateboarding Championship, marcando seu nome na modalidade.

Letícia Bufoni
Letícia Bufoni. | Foto: Reprodução/Instagram.

Pâmela Rosa

Se o Brasil tem grandes esperanças de medalhas no skate, boa parte dela vem do talento e habilidade de Pâmela.

Pâmela Rosa nasceu em São Jose dos Campos, São Paulo, no dia 19 de julho de 1999. Em 2019, com 20 anos, tornou-se campeã mundial na modalidade street, consagrando o título de uma das maiores atletas do mundo do skateboarding.

Entre suas principais conquistas, podemos citar 6 medalhas no X Games, a principal competição de esportes radicais no mundo, sendo duas de ouro. Todos os seus títulos fazem com que ela seja uma grande aposta para defender o Brasil na primeira edição do skate nas Olímpiadas.

Pâmela Rosa
Pâmela Rosa, campeã mundial da modalidade street em 2019. | Foto: Olímpiada Todo Dia.

Rayssa Leal

Apelidada carinhosamente de “Fadinha do Skate”, Rayssa Leal saiu do Maranhão para se tornar um dos principais nomes do esporte em todo o mundo.

Aos 11 anos, ela foi vice-campeã mundial. Aos 12, foi indicada ao Prêmio Laures, conhecido como o Oscar do esporte, na categoria “Melhor Atleta de Ação”. Jhulia Rayssa Mendes Leal, conhecida em todo o mundo como Rayssa Leal, é uma skatista brasileira especialista na modalidade street

Ela nasceu em Imperatriz, no Maranhão, em 2008, e tem conquistado muitos resultados expressivos nos últimos anos. Em 2019, foi campeã brasileira e vice-campeã mundial.

Olimpíadas skate
Rayssa Leal participará das Olimpíadas de 2021. | Foto: Reprodução/Diário da Região.

_________________________
Por Caroline Devides – Fala! Universidade Metodista de São Paulo

Tags mais acessadas