NFL Draft: Ja’Marr Chase, WR1 que é destaque no futebol americano
Menu & Busca
NFL Draft: Ja’Marr Chase, WR1 que é destaque no futebol americano

NFL Draft: Ja’Marr Chase, WR1 que é destaque no futebol americano

Home > Notícias > Esporte > NFL Draft: Ja’Marr Chase, WR1 que é destaque no futebol americano

Conheça Ja’Marr Chase, recebedor de LSU e futuro Top 10 no NFL Draft

Ja’Marr Chase
Ja’Marr Chase, Wide Reciever de LSU. | Foto: Pro Football Network.

Em 2019, um Wide Reciever que vestia a camisa de Louisiana State University (LSU) Tigers liderou o College Football em jardas recebidas e em touchdowns anotados. Recebeu o prêmio Fred Biletnikoff, dado ao melhor WR do país no nível universitário, e ainda teve seu nome votado de maneira unânime para o All-American Team daquele ano. Este recebedor é Ja’Marr Anthony Chase, ou simplesmente Ja’Marr Chase, o melhor recebedor de sua classe de Draft, e um dos melhores prospectos no geral deste ano.

Ja’Marr Chase e sua carreira no ensino médio 

Como praticamente qualquer atleta do futebol americano, Chase iniciou sua carreira no esporte da bola oval quando ainda estava no ensino médio. Desde sua primeiras rotas corridas no campo da Archbishop Rummel High School, na cidade de Metaire, Louisiana, Ja’Marr Chase já demonstrava ser um atleta diferenciado.

Jogou todos os quatro anos de High School como Wide Reciever, e terminou a sua passagem no ensino médio com um total de 115 recepções, 2152 jardas e 30 touchdowns. Seus bons números e desempenho atraíram a atenção de grandes programas do College Football, e acabou escolhendo defender as cores da universidade de sua região. Ja’Marr Chase se comprometeu com LSU para jogar futebol americano universitário.

futebol americano
Ja’Marr Chase pela sua escola no ensino médio. | Foto: 247 Sports.

A explosão de Ja’Marr em LSU

Em seu ano de Freshman (calouro), Chase ainda não era titular absoluto da equipe dos Tigers, mas participou de 13 jogos na temporada de 2018 do College Football. Sendo titular em sete destes jogos, terminou o ano com um total de 23 recepções, 313 jardas, sendo uma média de 13,6 jardas por recepção, e apenas três touchdowns anotados. Naquele ano, Joe Burrow já era o Quarterback de LSU, mas foi, no ano seguinte, que tanto o atual QB dos Bengals na NFL e Ja’Marr Chase, estabeleceram seus nomes no topo do futebol americano universitário.

Em 2019, o recebedor havia se tornado titular e formou, ao lado de Justin Jefferson (atualmente jogador do Minnesota Vikings), uma das duplas de WRs mais mortais daquele ano no College Football. Chase liderou a primeira divisão do futebol americano universitário daquela temporada com 1780 jardas recebidas, em 84 recepções, com uma média absurda de 21,2 jardas por recepção, e 20 touchdowns, estabelecendo o recorde para a conferência SEC até aquele ano (DeVonta Smith ultrapassou esta marca em 2020).

No ano astronômico que Ja’Marr Chase teve em 2019, ele quebrou a barreira das 100 jardas em uma partida seis vezes na temporada, e ainda ultrapassou as 200 jardas aéreas três vezes, sendo uma delas, na grande final do College Football, contra Clemson, na qual anotou exatas 221 jardas recebidas.

Falando nos playoffs daquele ano, a equipe de Baton Rouge venceu Oklahoma na semifinal por incríveis 63 a 28, com um show de Joe Burrow e Justin Jefferson. Porém, na grande final contra Clemson, um jogador causou pesadelos à defesa adversária: Ja’Marr Chase.

Com a conexão Burrow e Chase, LSU dominou a equipe de Clemson, comandada por Trevor Lawrence. Ja’Marr terminou a decisão com 221 jardas aéreas, em nove recepções, e ainda anotou dois touchdowns. No duelo de Tigers (tanto LSU, quanto Clemson, possuem o apelido de ‘Tigers’), a equipe da Louisiana se saiu melhor e conquistou o título do CFP Championship, após vencer por 42 a 25.

NFL Draft
Chase contra Clemson na final do CFP Championship. | Foto: CBS Sports.

Ao fim daquele ano, Ja’Marr Chase se estabeleceu entre os melhores recebedores do futebol americano universitário e foi votado de maneira unânime para o o First Team All-American, além de receber o prêmio de melhor Wide Reciever da temporada do College Football. Em 2020, pouco tempo antes da temporada começar, anunciou que não iria participar daquele ano, para poder focar e se preparar para sua carreira como jogador profissional na NFL.

Para o Draft deste ano, Ja’Marr Chase está finalmente elegível, e sem muitas dúvidas, será o primeiro recebedor selecionado por uma das franquias da National Football League. Sendo um jogador capaz de fazer recepções contestadas, muito difícil de ser marcado e tendo em sua maior virtude, a habilidade de ganhar jardas após a recepção, Chase tem um potencial de ser um dos grandes recebedores da NFL, desde seus primeiros momentos na liga. Vale destacar que ele tem apenas 21 anos de idade.

Um lugar no Top 10 do próximo NFL Draft é praticamente garantido, mas existe a chance de sair até mesmo no Top 5. Será que irá para os Falcons na escolha 4 e fará dupla com Julio Jones? Irá para os Bengals na 5 e retomará a brilhante conexão que teve com Joe Burrow? Ou algum outro time vai entrar na briga pelo melhor Wide Reciever da classe? O fato é que Ja’Marr Chase tem tudo para ser um talento geracional na sua posição, e qualquer time que o selecione na noite do Draft, dia 29 deste mês, terá em mãos uma verdadeira joia, que só tende a evoluir ainda mais.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

____________________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas