NFL: Cai o último invicto, zebra dos Giants e massacre dos Patriots
Menu & Busca
NFL: Cai o último invicto, zebra dos Giants e massacre dos Patriots

NFL: Cai o último invicto, zebra dos Giants e massacre dos Patriots

Home > Notícias > Esporte > NFL: Cai o último invicto, zebra dos Giants e massacre dos Patriots

Após mais jogos adiados por conta da Covid-19, mais uma rodada da NFL se encerrou no meio da semana. Depois de doze semanas, caiu o último invicto da liga, pois, após tropeçar contra o bom time de Washington em casa, o Pittsburgh Steelers conheceu a sua primeira derrota em um jogo irreconhecível de seu jovem e promissor ataque, os quais tiveram 7 drops ao longo do confronto.

Em Los Angeles, uma sonora goleada de New England pra cima dos Chargers. Um histórico 45 a 0 fora de casa dos comandados de Bill Bellichick contra os Chargers do muito criticado Head Coach, Anthony Lynn… o verdadeiro “nó tático”.

NFL
Alex Smith contra os Steelers, na semana 13 da NFL. | Foto: USA Today.

Já em Seattle, uma das grandes zebras da temporada até aqui, em que o New York Giants, com Colt Mccoy de QB por uma lesão de Daniel Jones, foi até a casa dos Seahawks, de Russell Wilson e companhia, e saiu com uma grande vitória em um dia iluminado de seus Running Backs.

Em uma chamada defensiva inexplicável, restando apenas 7 segundos no relógio e 60 jardas para o seu adversário percorrer, os Jets mostraram que vencer este ano não é de seu interesse, e cederam um TD para os Raiders em uma das jogadas mais bizarras da história da liga. Confira os melhor jogos da semana!

Semana 13 da NFL

Cleveland Browns 41 x 35 Tennessee Titans

No Nissan Stadium em Tennessee, os Titans receberam o Cleveland Browns, em um duelo de duas equipes 8–3 e que buscam a classificação para a pós-temporada. Após uma grande contra os Colts, seu rival de divisão, os Titans demonstravam que poderiam estar engrenando novamente, mas nem de longe foi o que se viu em campo.

Com um verdadeiro show de Baker Mayfield (provavelmente seu melhor jogo na temporada), Cleveland começou com tudo e, mesmo jogando fora de casa, anotou um sonoro 38 a 7 no primeiro tempo, para praticamente decidir a partida.

No segundo tempo, o time da casa se recuperou, mas já era tarde demais. Nem as 182 jardas de Corey Davis no duelo foram capazes de levar Tennessee a uma vitória. Nos últimos dois minutos, os Titans anotaram um TD com Jeremy McNichols e, logo na sequência, forçaram um fumble e conseguiram retornar até a linha de 10 jardas, permitindo que Ryan Tannehill conectasse mais um Touchdown com Cameron Batson, mas que não foi o bastante.

Placar final em 41 a 35 e os Browns subiram para 9–3, estando mais vivos do que nunca na briga pelos playoffs, enquanto os Titans caíram para 8–4, mas ainda lideram a AFC Sul.

NFL partidas
Browns contra os Titans. | Foto: Browns Wire.

Las Vegas Raiders 31 x 28 New York Jets

No MetLife Stadium em Nova Jersey, os Jets enfrentaram o Las Vegas Raiders, em uma partida que teoricamente era para ser uma vitória simples para o time de Vegas. New York não faz muita questão de vencer jogos este ano, visando garantir a primeira escolha do próximo Draft, para selecionar a provavelmente estrela do futuro, o Quarterback de Clemson, Trevor Lawrence. Porém, atletas não perdem de propósito, e os Jets fizeram um jogo duríssimo contra a forte, porém inconsistente, equipe dos Raiders.

No primeiro tempo, com um verdadeiro espetáculo do Tigh End de Vegas, Darren Waller (200 jardas na partida e dois TDs, ambos no primeiro tempo), os Raiders foram para o vestiário com uma vantagem de 17 a 13, em que os dois TDs de New York foram anotados pelo veterano WR, Jamieson Crowder.

No terceiro período, Derek Carr correu para a endzone, abrindo 11 pontos de vantagem, mas, no último período, com duas boas campanhas conduzidas por Sam Darnold, o New York Jets, a equipe que não ganhou nenhum jogo na temporada, estava vencendo por 28 a 24 restando 7 segundos para o fim da partida.

Acredite se quiser, os Jets perderam esse jogo. O coordenador defensivo, Gregg Williams, mesmo sabendo que a única jogada de Las Vegas seria um passe longo em direção à endzone, chamou uma Blitz com 7 jogadores e nenhum Safety no fundo do campo, deixando um dos recebedores mais rápidos da NFL mano a mano contra o Cornerback.

Carr lançou uma bola em profundidade e evidentemente, Henry Ruggs bateu o marcador na corrida e virou a partida com o cronômetro zerado. Gregg Williams foi demitido, mas os Jets mantiveram seu sonho de pegar o “Sunshine” no próximo Draft, em uma das chamadas mais esquisitas, para dizer o mínimo, dos últimos anos da NFL.

futebol americano
O TD de Henry Ruggs em partida da NFL. | Foto: The New York Times.

New York Giants 17 x 12 Seattle Seahawks 

No agora chamado de Lumen Field, em Seattle, os Seahawks enfrentaram o New York Giants, que já não contavam com Saquon Barkley desde o começo da temporada, e para essa partida não tinham seu QB titular, o jovem Daniel Jones. Parecia que seria uma vitória tranquila para Russell Wilson, DK Metcalf, Chris Carson e companhia, porém, Nova York não deixou que isso acontecesse.

Em um jogo de pontuação baixíssima, Seattle foi para o intervalo vencendo por um incomum 5 a 0, ao anotar um Field Goal e um Safety após um punt bloqueado que saiu pelo fundo da endzone. No segundo tempo, o jogo mudou de figura e, em um desempenho fantástico dos RB dos Giants, Alfred Morris com dois TDs e Wayne Gallman Jr passando das 135 jardas terrestres, os visitantes abriram um 17 a 5 restando menos de 10 minutos para o fim do jogo.

Os Seahawks diminuíram ao pontuarem com um TD de Chris Carson, mas não foi o suficiente. Em uma grande atuação da defesa dos Giants e de seu ataque terrestre, a equipe de Nova York se mantém na briga pelo título da NFC Leste, enquanto Seattle cai para um recorde de 8–4, e vê o Los Angeles Rams assumir a ponta da NFC Oeste.

Giants
Giants contra os Seahawks. | Foto: Big Blue View.

Washington Football Team 23 x 17 Pittsburgh Steelers 

No Heinz Field, em Pittsburgh, os Steelers entraram em campo para defender mais uma vez a sua invencibilidade e carimbar a vaga nos playoffs. Porém, Washington não estava afim de permitir que isso acontecesse. No primeiro tempo, a defesa de Pittsburgh voltou a ser impiedosa e impediu praticamente qualquer avanço de Alex Smith e seu ataque em campo, porém, o jovem ataque dos Steelers cometeram muitos erros, principalmente com drops, e foram para o intervalo vencendo por 14 a 3, mas que poderia ter sido mais se não cometessem tantos erros.

Porém, o segundo tempo foi todo dos visitantes, enquanto os erros do time mandante apenas aumentaram ao longo da partida. No último quarto, Washington virou para 23 a 17 com TDs de Peyton Barber e Logan Thomas, e restava para os Steelers anotar um Touchdown na última campanha.

Ben Roethlisberger, no primeiro passe da campanha, teve um passe desviado na linha de scrimmage, que caiu no colo do defensor de Washington, dando números finais à partida. A primeira derrota de Pittsburgh, que vê os Browns se aproximarem na divisão, e agora possuem o mesmo recorde que o Kansas City Chiefs na briga pelo Seed 1 da AFC, enquanto Washington ganha uma força enorme na briga pelo título da NFC Leste.

Outros jogos da rodada da NFL

  • Saints 21 x 16 Falcons
  • Lions 34 x 30 Bears
  • Bengals 7 x 19 Dolphins
  • Jaguars 24 x 27 Vikings
  • Colts 26 x 20 Texans
  • Rams 38 x 28 Cardinals
  • Eagles 16 x 30 Packers
  • Patriots 45 x 0 Chargers
  • SNF – Broncos 16 x 22 Chiefs
  • MNF – Bills 34 x 24 49ers
  • TNF – Cowboys 17 x 34 Ravens

*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

_______________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC

Tags mais acessadas