Monoteísmo: saiba como surgiu a doutrina religiosa
Menu & Busca
Monoteísmo: saiba como surgiu a doutrina religiosa

Monoteísmo: saiba como surgiu a doutrina religiosa

Home > Entretenimento > Cultura > Monoteísmo: saiba como surgiu a doutrina religiosa

“Doutrina religiosa que defende a existência de uma única divindade”, é a definição de monoteísmo, segundo o dicionário Oxford

As principais religiões monoteístas do mundo são: o judaísmo, o cristianismo e o islamismo, que por sua vez surgiram da mesma base filosófica, a Bíblia. Apesar de muitos historiadores defenderem Abraão e as religiões abraâmicas tenham originado o monoteísmo, outros afirmam que o conceito surgiu com o zoroastrismo, fundado pelo profeta Zoroastro, na Pérsia antiga.

As religiões são consideradas como instintivas, vide sua existência em quase todas as culturas pelo mundo. Entretanto, o monoteísmo não pode se encaixar neste modelo instintivo, uma vez que este modelo nunca foi criado de forma independente por uma sociedade após a sua primeira aparição, como o politeísmo.

monoteísmo
O monoteísmo defende a existência de uma única divindade. | Foto: Reprodução.

Origem do monoteísmo

Antes mesmo do abraamismo, o faraó egípcio Aquénaton tentou implementar o culto de um único deus, Aten (Deus do Sol), em seu reinado. A princípio, tolerava a crença em outras divindades, mas a partir de seu quinto ano no poder, em 1384 a.C, tentou apagar qualquer vestígio de referências a outros deuses. Ainda assim, o monoteísmo se mostrou muito impopular, então, com a morte de Aquénaton, a prática politeísta tradicional foi aos poucos restaurada.

Não se sabe ao certo se o zoroteismo surgiu antes ou depois da prática monoteísta egípcia, visto que, mesmo com resquícios de ter existido no segundo milênio antes de Cristo, seus primeiros registros históricos são de 500 a.C., pelo escritor e historiador romano Homero, e foram reprimidos em 7 d.C. após a conquista islâmica na Pérsia.

Com isso, podemos notar que o monoteísmo só se popularizou de fato com as religiões abraâmicas, e hoje em dia são as que concentram maior número de adeptos. 

Segundo a história de Abraão, ele nasceu em Ur, na Caldeia, onde o culto a várias divindades era predominante. Todavia, ele acreditava na existência de apenas um Deus, que o chamou para conduzir seu povo até a terra prometida. 

Existem diferentes correntes do monoteísmo. O substancial, que acredita em vários deuses que resultam de uma substância única; o trinitarismo, que possui a concepção da trindade de pai, filho e espírito santo; o monismo, que crê em um deus pessoal; o deísmo, no qual Deus não intervém no mundo e só foi responsável pela criação da natureza; o panteísmo, que vê Deus como o universo; e o paneteísmo, no qual Deus é um todo que contém o universo, mas não é igual a ele.

______________________________
Por Melissa Marques – Fala! Mack

Tags mais acessadas