Opinião: É preciso usar artigos falsos para entrar na moda de luxo?
Menu & Busca
Opinião: É preciso usar artigos falsos para entrar na moda de luxo?

Opinião: É preciso usar artigos falsos para entrar na moda de luxo?

Home > Notícias > Mercado > Opinião: É preciso usar artigos falsos para entrar na moda de luxo?

Atualmente, o Brasil é um dos maiores mercados consumidores de produtos falsificados do mundo. Porém, fica entre os dez maiores mercados de luxo do planeta, gerando uma contradição em relação ao produto de moda de luxo e o da pirataria, que, às vezes, chega nas mãos dos consumidores antes de estar nas prateleiras das lojas que vendem os produtos legítimos, pois estes obedecem uma rigorosa lógica de distribuição em pontos de venda.

A pirataria na moda de luxo é preocupante.
A pirataria na moda de luxo é preocupante. | Foto: Unsplash/montagem.

O glamour da moda de luxo

O consumo do mercado de luxo é um sonho para muita gente, ostentar e mostrar que tem algum item de determinada marca faz com que muitas pessoas se sintam melhores.

Então, para suprir a necessidade de consumidores menos abastados que tentam se encaixar no mundo da moda de luxo de forma errada, surgiu a pirataria. Bolsas, sapatos, relógios e roupas quase idênticas às originais e com certificado falso de autenticação. Mas será que vale a pena investir na pirataria?

Vale a pena investir na pirataria?

Não vale a pena! É certo que o design de artigos de luxo é tentador, mas para que tentar ser quem você não é? A necessidade de ostentar e exibir bens materiais é a mais clara demonstração de pobreza de espírito, é uma falsa felicidade de vida vazia.

A maneira mais correta de se encaixar no mundo da moda de luxo é prezando pela qualidade. Existem muitos estilistas, até mesmo brasileiros, que fazem roupas de ótima qualidade no preço de uma bolsa falsa de luxo e, às vezes, até mais barato. Não são tão famosos para a massa como Chanel ou Prada, porém seus modelos não deixam de ser roupas de luxo.

Mas, se mesmo assim você quiser uma marca famosa, opte por brechós, que muitas vezes vendem produtos mais baratos. Essa é uma opção melhor do que decidir por uma falsificação.

Saiba que por mais parecida que seja uma réplica, outras pessoas e principalmente você mesma saberão que o artigo é falsificado. Portanto, acaba que usá-lo resulta em um visual feio, deselegante e imaturo. A falsificação na moda de luxo não é interessante. Às vezes, a lojinha do Instagram da sua amiga tem uma roupa com um bom corte, costura, tecido e caimento que vale mais do que investir na pirataria.

__________________________________________

Por Letícia Ferreira Soares Azevedo – Fala! Uninove

Tags mais acessadas