Michele Morrone, de '365 Dni', confessa que morreria se não atuasse
Menu & Busca
Michele Morrone, de ‘365 Dni’, confessa que morreria se não atuasse

Michele Morrone, de ‘365 Dni’, confessa que morreria se não atuasse

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Michele Morrone, de ‘365 Dni’, confessa que morreria se não atuasse

Apesar de ser ator há um bom tempo, a vida de Michele Morrone não foi fácil. Por mais que sua carreira tenha um grande leque, nem sempre as portas das oportunidades se abrem. Inclusive, recentemente, o artista confessou que até chegou a pensar em desistir da profissão, por não conseguir nenhum papel.

Antes de 365 Dni, o italiano passou a trabalhar com jardinagem. Afinal, sem emprego e sem salário, tinha que fazer algo para ganhar algum dinheiro. De acordo com o ator, o período foi bem difícil. Além disso, mais do que fome e falta de dinheiro, Michele revelou que enfrentava uma depressão, após o fim de seu casamento.

No entanto, hoje, olhando para trás, o astro do erótico polonês confirma que não abandonaria a profissão por nada. Além do mais, em entrevista, ressalta que morreria se não fosse ator. Veja o que mais o galã disse e por que acredita que morreria se não exercesse a atuação.

michele morrone
Ator de 365 Dni confessa que morreria se não atuasse. | Foto: Raffaele Grosso.

Michele Morrone, de 365 Dni, confessa que morreria se não atuasse

Mesmo que Michele Morrone ame sua profissão, isso não impede que ele se frustre com ela. Entretanto, hoje em dia, o astro acredita que não poderia viver sem fazer o que ama: atuar.

Em entrevista à Rádio Eska, o artista comentou sobre o assunto e enfatizou que preferia morrer a não fazer o que ama. Apesar de ter feito outras coisas por sobrevivência, Morrone valoriza demais o cinema e não saberia viver sem ele.

Eu não quero fazer mais nada, pois a paixão [pela atuação] dentro de mim foi tão grande que eu morreria seu eu não trabalhasse com atuação ou me tornasse um artista. Porque há pessoas que precisam fazer algo. (…) Um chef que nasceu com a paixão de cozinhar e ele não começou, e não consegue viver se não estiver fazendo uma massa, por exemplo, os pratos.

O cinema sempre foi o sonho de Michele Morrone e, atualmente, ele vive à base e às custas dele. Afinal, após o sucesso de 365 Dni, o italiano consegue se sustentar e viver da maneira como lhe convém. Mas é importante ressaltar que, mesmo quando parece que nada pode dar certo, é neste momento em que a vida pode virar de ponta cabeça – no melhor sentido da palavra.

_____________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas