'Merlí': Leia a crítica da série espanhola da Netflix
Menu & Busca
‘Merlí’: Leia a crítica da série espanhola da Netflix

‘Merlí’: Leia a crítica da série espanhola da Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Merlí’: Leia a crítica da série espanhola da Netflix

Merlí é uma série espanhola da Netflix, lançada em 2015. Tem como temática base as aulas de filosofia do professor Merlí Bergeron, bem como sua vida e dos seus alunos. Cada episódio leva como título o nome de um filósofo e tem de enredo os pensamentos desse. São 3 temporadas que acompanham a vida, de uma sala específica, durante o ensino médio. 

merlí
Merlí: Leia a crítica da série espanhola da Netflix. | Foto: Reprodução.

Crítica da série Merlí

Na primeira temporada, são tradados os filósofos mais famosos e políticos, dos quais conhecemos pelo menos uma das ideias. Como Sócrates, Platão e Maquiavel. Com o decorrer do episódio, os pensamentos de cada um deles são postos em algumas experiências pelas quais os alunos passam em seus dias. Mostrando como, por mais distante que pareçam de nós, essas ideias podem ser aplicadas em nossas vidas.

O mesmo ocorre na segunda temporada, que mostra o início do último ano escolar da turma dos “peripatéticos” (nome dado a classe, pelo professor tutor, Merlí). Com a exibição dos filósofos mais sociais, é o momento no qual eles questionam sua conexão com o mundo.

Na terceira temporada, os filósofos apresentados são mais profundos, tratam de temas como a morte e a vida, autodescobrimento e evolução. Nesse momento da série, muitas reviravoltas acontecem, parece que tudo para de fazer sentido e, no fim, tudo volta a se encaixar, de uma forma que ninguém esperava.

Definitivamente, se tornou uma das minhas séries favoritas, pois, além de divertida, nos leva a uma grande jornada de conhecimento, pessoal e acadêmico. É uma ótima opção para quem está estudando para vestibulares, ou mesmo provas do ensino médio. Quando terminei de ver essa obra, tive até vontade de mudar de área, é sempre muito bom ver professores engajados com os seus alunos. 

____________________________
Por Larissa Almeida – Fala! Uniso

Tags mais acessadas