Libertadores: O caminho pela frente dos brasileiros no mata-mata
Menu & Busca
Libertadores: O caminho pela frente dos brasileiros no mata-mata

Libertadores: O caminho pela frente dos brasileiros no mata-mata

Home > Notícias > Esporte > Libertadores: O caminho pela frente dos brasileiros no mata-mata

Após o fim da fase de grupos da Conmebol Libertadores da América, ocorreu, no dia 1º de junho, o sorteio dos confrontos para as oitavas de final da competição. Com a eliminação de Grêmio, na pré-libertadores, e Santos, na fase de grupos, seis equipes brasileiras permaneceram vivas para disputar as eliminatórias: Atlético-Mineiro, Flamengo, Fluminense, Internacional, Palmeiras e São Paulo.

Os confrontos definidos prometem uma competição histórica. Além de quatro disputas entre Brasil e Argentina, há a grande possibilidade de haver históricos clássicos nacionais nas próximas fases. Conheça, agora, o caminho pela frente de cada brasileiro após o sorteio e as possibilidades do chaveamento.  

O mata-mata da Libertadores

Galo x Boca  

Libertadores
Time do Atlético-Mineiro comemorando. | Foto: Reprodução.

O Atlético-Mineiro foi uma das oito equipes que tiveram melhor campanha em seus grupos, permanecendo na primeira colocação. Mesmo após empatar na primeira rodada com o Deportivo La Guaira, o galo venceu todas as outras partidas e se classificou no grupo H junto ao Cerro Porteño. Agora na fase eliminatórias, a equipe mineira terá grandes dificuldades e, para muitos, é o brasileiro com o caminho mais complicado pela frente.  

No sorteio realizado no dia primeiro, o Atlético-Mineiro foi sorteado para confrontar o gigante argentino Boca Juniors, que, por conta da má fase, permaneceu na segunda colocação do grupo C. Mesmo sendo uma das equipes mais temidas da Libertadores, os números do Boca na fase de grupos não assustam: dos 6 jogos da primeira fase, a equipe teve 3 vitórias, 2 derrotas e um empate, fazendo apenas 6 gols. As equipes realizarão a partida de ida no dia 13 de julho, na La Bombonera e, na semana seguinte, no dia 20, haverá o jogo da volta em Minas Gerais.  

Caso se classifique para as quartas de final, o Atlético poderá ter outro grande desafio pela frente. O River Plate pode ser o próximo gigante argentino a estar no caminho do galo, caso passe pelo Argentino Juniors nas oitavas de final. Por fim, ainda há duas equipes brasileiras no mesmo lado da chave do galo, que podem confrontá-lo na semifinal: Palmeiras e São Paulo.  

O que espera os paulistas na Libertadores

são paulo
Palmeiras x São Paulo, saiba onde assistir ao clássico, arbitragem e escalações. | Foto: Lance!

Ambas as equipes paulistas, São Paulo e Palmeiras, estão do mesmo lado da chave e podem definir um choque-rei histórico se passarem para a próxima fase. O atual campeão da Libertadores quase repetiu a ótima campanha de 100% de aproveitamento na fase de grupos do ano passado. Sem contar a derrota para o Defensa y Justicia, na penúltima rodada da primeira fase, o Palmeiras venceu todos os outros jogos e se classificou em primeiro no grupo A. O verdão mais uma vez deu sorte no sorteio da Conmebol e enfrentará, no dia 14 de julho, a Universidade Católica, equipe que teve a segunda pior campanha no geral. O verdão decidirá em casa a classificação. 

Enquanto isso, o São Paulo teve confronto definido contra o Racing, somando mais um Brasil e Argentina para as disputas. As equipes já se enfrentaram durante a fase de grupos e se classificaram juntas, o que pode tornar a partida mais interessante. Nas duas partidas disputadas, a equipe argentina levou vantagem: após o empate de 0x0 no jogo realizado na Argentina, com ambas equipes completas, o Racing venceu o tricolor-paulista por 1×0 no Morumbi, com as equipes reservas.  

Caso seja definido o clássico paulista para as quartas de final, será a quarta vez que as equipes se enfrentam na Libertadores. Os últimos confrontos foram marcados pelas vitórias tricolores, que eliminaram o Palmeiras nas oitavas de final de 1994, 2005 e 2006. Além disso, o clássico mais recente definiu o São Paulo como campeão paulista de 2021, o que torna possível o encontro entre as equipes mais quente.  

Flamengo e Internacional perto do mesmo caminho 

Flamengo
Flamengo x Internacional no Maracanã. | Foto: Reprodução.

Após classificar em primeiro no grupo G, com 2 vitórias e 3 empates, o Flamengo enfrentará o Defensa y Justicia no dia 14 de julho. Mesmo que o rubro-negro seja considerado favorito para o confronto, há motivos para se preocupar com a equipe argentina. O atual campeão da Sul-Americana é conhecido por ser “carrasco” dos brasileiros. Em 2017, eliminou o São Paulo na sul-americana e, no ano passado, levou a melhor contra Bahia e Vasco da Gama. Além disso, foi campeão da Recopa sul-americana neste ano em cima do Palmeiras, que também sofreu com a equipe na fase de grupos.  

Já o Internacional é outra equipe que vai enfrentar o segundo colocado do seu grupo. Após se classificar em primeiro no grupo B, com 3 vitórias, 2 derrotas e 1 empate, o colorado enfrentará, no dia 15 de julho, o Olimpia. Durante a primeira fase, os dois jogos realizados pelas equipes deram melhor para o Inter. No primeiro jogo, em Porto Alegre, atropelou a equipe paraguaia por 6 x 1 e, na segunda partida, mais uma vitória do colorado por 1×0.

A equipe terá o mando de campo para definir a classificação, que, se acontecer, poderá resultar em um grande clássico nas quartas de final: Flamengo x Internacional. As equipes se enfrentaram pela última vez na competição em 2019, e foi o rubro-negro quem levou a melhor. Após a vitória por 2×0 na Maracanã, o Flamengo se classificou no Beira-Rio, no empate de 1×1.  

A batalha do Fluminense 

Libertadores 2021
Fluminense. | Foto: Reprodução.

No ano passado, o Fluminense conseguiu a classificação inédita para a Libertadores. Após mais de 7 anos sem disputar a competição, a equipe se classificou em primeiro no grupo D, com 3 vitórias, 1 derrota e 2 empates. Mesmo sendo considerado o “grupo da morte”, pela presença do River Plate e das complicadas equipes colombianas, Junior e Independiente Santa Fé, o Flu fez uma ótima primeira fase. Além de bater o gigante argentino no El Monumental por 3×1, a equipe conseguiu bons resultados fora de casa e foi o melhor do grupo.  

Com a difícil classificação conquistada, o tricolor carioca tem pela frente o caminho considerado mais fácil entre os brasileiros. A equipe enfrentará, no dia 13, o Cerro Porteño, que se classificou no grupo do Atlético-Mineiro, mesmo após a má campanha. Contra o galo, foram duas derrotas, sendo uma delas por 4×0.  

Se o Flu se classificar para a próxima fase, enfrentará o vencedor de Vélez Sarsfield x Barcelona Guayaquil. O Vélez se classificou em segundo lugar no grupo G, fazendo uma das piores campanhas da primeira fase, enquanto o Barcelona foi o primeiro colocado do grupo C, superando o Boca Juniors. Caso chegue à semifinal da Libertadores, o Fluminense ainda pode cruzar o seu caminho com uma equipe brasileira. Como está do mesmo lado da chave de Flamengo e Internacional, ainda pode haver um grande confronto com o colorado ou até mesmo um FlaxFlu histórico na Libertadores.  

____________________________
Por Murillo Bedoschi – Fala! Cásper

Tags mais acessadas