Inteligência Artificial: entenda como pode ser aplicada na educação
Menu & Busca
Inteligência Artificial: entenda como pode ser aplicada na educação

Inteligência Artificial: entenda como pode ser aplicada na educação

Home > Universidades > Inteligência Artificial: entenda como pode ser aplicada na educação

Existem muitas tecnologias com potencial de mudar o mundo. Na verdade, várias delas estão causando impactos gigantescos a todo momento, inclusive agora. Uma delas é a Inteligência Artificial na educação.

Atualmente, as principais organizações de saúde do mundo estudam a aplicação da Inteligência Artificial na educação e quais as suas implicações éticas e morais. O objetivo, claro, é desenvolver um método de educação que seja mais eficaz em transmitir conhecimentos para pessoas e ajudar no desenvolvimento das crianças.

Mas quais são as possíveis aplicações da tecnologia? De que forma a Inteligência Artificial pode mudar a educação para crianças e adultos? Vejamos a seguir!

Inteligência Artificial
Entenda como a Inteligência Artificial pode ser aplicada na educação. | Foto: Reprodução.

Inteligência Artificial na educação

O uso de chatbots

Apesar de conhecermos a Inteligência Artificial por filmes como Blade Runner ou Matrix, a verdade é que ela já está em nossas vidas com frequência, mesmo que você não perceba.

Para se ter uma ideia, atualmente IAs são usadas desde no combate ao novo coronavírus até em sistemas para recomendar o que você pode assistir a seguir em um serviço de streaming.

Isso acontece porque existem vários tipos de inteligências artificiais. Um exemplo clássico são os chatbots. Atualmente, eles são usados para uma variedade de coisas, como no atendimento ao público. Um chatbot para Facebook, por exemplo, pode ser usado para tirar dúvidas do consumidor, fazer agendamentos e até mesmo fechar vendas.

Na prática, o uso de chatbots para Facebook, WhatsApp, Instagram e outros pontos de atendimento ao consumidor reduz custos e aumenta a eficiência do setor no geral.

Afinal, apesar dos consumidores ainda preferirem falar com humanos, o apreço pelos chatbots vem subindo consideravelmente no setor de atendimento ao público.

Na educação, entretanto, o uso de chatbots têm sido usado majoritariamente por escolas ou universidades cujos alunos precisam de mentoria personalizada ou em regiões de difícil acesso. Assim, a Inteligência Artificial tem sido vista como uma versão barata e eficaz para lidar com essas demandas.

Geralmente, os chatbots são usados para atuar como auxiliares e conselheiros no processo de aprendizagem. Eles podem tirar dúvidas, explicar matérias e ajudar os estudantes a resolver problemas específicos da aprendizagem. Quando interligados, os chatbots podem compartilhar dados obtidos de vários usuários diferentes e entender qual abordagem ajuda os estudantes a avançarem mais no conteúdo.

A elaboração de planos de aprendizagem mais customizada

Um dos benefícios da Inteligência Artificial na educação é que ela é capaz de aprender ao lado dos estudantes. Na prática, isso significa que a IA tem a possibilidade de coletar dados, remover insights deles e então adaptar a sua ação com base nessas conclusões.

Isso é excelente quando é necessário elaborar planos de aprendizagem especializados para alunos com necessidades específicas. Assim, as IAs são as principais aliadas para escolas que trabalham com alunos com necessidades de aprendizado.

Além deles, as Inteligências Artificiais também podem ser usadas para ajudar todos os tipos de alunos. Afinal, uma pessoa pode ser boa em matemática, mas ter dificuldade em geografia. Enquanto isso, outra pode ser excelente em biologia, mas ter muita dificuldade em física.

Assim, as IAs podem absorver as dificuldades dos estudantes, traçar perfis em comum e entender quais são os padrões que se repetem entre cada aluno. Com base nisso, podem propor abordagens ou ações que foram usadas com sucesso no passado.

Vale considerar que esse tipo de personalização do conteúdo visto em sala de aula é impossível para um professor atualmente. A não ser que o professor tenha apenas um ou dois estudantes, ele nunca será capaz de se adaptar às dificuldades de cada aluno.

o acesso universal

Atualmente, muitos estudantes têm acesso dificultado à sala de aula. Não é raro ver histórias de alunos que precisam viajar horas até chegar na escola. Não à toa, esses alunos costumam ter dificuldade de aprendizado por causa do esforço para ir até a escola.

As Inteligências Artificiais podem ser usadas para facilitar o acesso dos alunos em qualquer lugar do mundo que tenha energia elétrica e conexão com a Internet.

Um exemplo disso são os já mencionados chatbots. Com alguns bem configurados, é possível dar aulas a distância para os alunos, de modo que eles não precisarão andar tanto para ir até a escola. 

As IAs podem facilitar o trabalho dos professores

A maior parte dos exemplos do uso da Inteligência Artificial na educação, até o momento, parece supor que as IAs vão substituir os professores humanos. No entanto, isso não é verdade.

Existem muitas aplicações das IAs para facilitar a vida desses profissionais, especialmente na elaboração de questões originais ou na avaliação dos resultados de provas e de trabalhos feitos em classe.

As Inteligências Artificiais podem corrigir dezenas de exames em poucos minutos, além de ser capaz de elaborar exemplos únicos para as provas. Por exemplo, cada aluno poderia ter uma prova específica, com o mesmo nível de dificuldade, tornando a cola impossível.

Aprendeu quais os principais usos da Inteligência Artificial na educação no momento? Na sua opinião, devemos ou não explorar as IAs para melhorar o aprendizado? Comente abaixo!

_________________________________
Por Diego Andrade – Fala! Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial

Tags mais acessadas