Grande clássico, "Psycho Killer" ganha versão eletrônica de Dubdogz
Menu & Busca
Grande clássico, “Psycho Killer” ganha versão eletrônica de Dubdogz

Grande clássico, “Psycho Killer” ganha versão eletrônica de Dubdogz

Home > Entretenimento > Música > Grande clássico, “Psycho Killer” ganha versão eletrônica de Dubdogz

O hino Psycho Killer, da banda Talking Heads, ganhou sua versão eletrônica pela dupla mineira Dubdogz. Lançada pela Spinnin Records, com os vocais do cantor e compositor americano H. Kenneth, a collab com Ten Tonne Skeleton conquistou um resultado que, com certeza, agradará ao público.

Dubdogz
Psycho Killer ganha versão eletrônica de Dubdogz. | Foto: Reprodução.

Dubdogz lança versão eletrônica de Psycho Killer

O duo de DJs e produtores, que soma mais de 5 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de 164 milhões de plays nas tracks Infinity, com Bhaskar, Techno Prank e os remixes de Alors on Danse, World Hold On e Pumped Up Kids, contam com Psycho Killer para ser mais um de seus grandes hits da música eletrônica brasileira. A música original da banda Talking Heads soma mais de 180 milhões de streams e, de fato, é uma das músicas mais famosas do mundo. 

Ten Tonne Skeleton é um projeto com foco em clássicos do Nu-Wave e Post Punk, dos irmãos Dean e Dustin Bremech, que, apesar de recente, conta com colaborações ao lado de Robin Schulz, Alle Farben e James Blunt. 

Tivemos que escrever um segundo verso porque não há nenhum na track original. Esse verso acabou sendo o único que ficou na versão final da nossa adaptação. Somos grandes fãs do Radiohead e, ao ler sua biografia, descobrimos que o nome da banda era uma música de uma banda chamada Talking Heads. Foi assim que descobrimos Psycho Killer e a colocamos em nosso radar para trabalharmos um dia.

Contam Dean e Dustin, que focam em produzir remakes de canções que marcaram a história da música.

Já a dupla mineira composta por Lucas e Marcos Schmidt, conta como foi produzir um clássico. “Ouvíamos a versão original desde pequenos dentro de casa, nossos pais tem o álbum Talking Heads: 77, o primeiro álbum da banda, na qual a Psycho Killer saiu. Ter a oportunidade de fazer uma releitura desse clássico com os caras do Ten Tonne Skeleton e com os vocais sensacionais do K. Henneth é uma realização e marco muito importante em nossa carreira”, completam os irmãos.

Ouça já o remix da histórica Psycho Killer, de Dubdogz, Ten Tonne Skeleton e K.Henneth pela Spinnin’ Records.

Tags mais acessadas