'Ginny & Georgia' - leia a crítica da nova série da Netflix
Menu & Busca
‘Ginny & Georgia’ – leia a crítica da nova série da Netflix

‘Ginny & Georgia’ – leia a crítica da nova série da Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Ginny & Georgia’ – leia a crítica da nova série da Netflix

A série norte-americana estrelou no dia 24 de fevereiro de 2021, sendo dirigida pela Sarah Lampert. Ginny & Georgia conta a história de Georgia Miller, uma mãe solteira de uma adolescente e uma criança, uma personagem bem complexa com um passado sombrio e com muitas cicatrizes que engravidou jovem da sua filha Virginia Miller, uma jovem de 15 anos que nunca teve uma vida fixa, sem vínculos, vivendo quase como uma nômade, sempre mudando por conta de problemas pessoais da mãe.

Junto a essas duas figuras femininas temos o pequeno Austin que fica quase esquecido ao longo do enredo, é o mais novo dentro dessa família e um grande fã de Harry Potter, desenvolvido pelas histórias que sua mãe fala sobre como o pai é um bruxo e que está ausente por conta disso.

Ginny & Georgia
Série Ginny & Georgia, da Netflix. | Foto: Reprodução.

Crítica de Ginny & Georgia

 A série ficou entre os TOP 10 mais assistidos no Brasil, um tanto polêmica, com pessoas que gostam muito e que odeiam, principalmente pela personagem Ginny, que apresenta inseguranças e muitos conflitos de identidades como adolescente em seus 16 anos, adaptando-se ao novo ambiente. Dentro do enredo, o modo como as pautas são levantadas é interessante, mesmo não me agradando como foram desenvolvidas, espero que sejam melhor desenvolvidas na próxima temporada, se houver outra. Antes de escrever sobre a série procurei um pouco mais sobre outras opiniões e quais seriam as previsões para ela. Particularmente, gostei da série, ficarei muito decepcionada se for cancelada, por conta de ter muitas coisas interessantes que podem ser abordadas.

O primeiro episódio, passa a impressão de que se trata de um clichê, sendo Georgia uma mulher fútil, negligente e narcisista, que não se importa com seus filhos. Enquanto uma adolescente performática, Ginny atuaria como a adulta da dinâmica mãe e filha, que tem uma personalidade rígida, sem uma personalidade compatível com a de uma adolescente nessa década. O que me surpreendeu foi trazer um pouco da temática racial, por Ginny ser negra. Algo que vai sendo desenvolvido ao longo dos outros episódios quando ela se define muito branca para ser negra e muito negra para ser branca, trazendo a reflexão do não lugar tanto nas lutas raciais, quanto em espaços para chamar se seu como lar. 

Em muitos momentos, fiquei incomodada com o modo como Ginnny é uma personagem volúvel e que faz as coisas por conta das suas amigas, mas tenho consciência de que na idade dela minhas amigas tinham muita influência no que eu consumia, falava e pensava. Quando queremos pertencer a algo, mudamos quem somos para nos encaixar e não se destacar de um modo negativo. É dolorido falar e pensar que muitos jovens passam por isso, por ser uma necessidade de aprovação. Algo muito presente em Ginny, com um toque de rebeldia por não confiar na sua mãe.

Mesmo que Georgia não seja a referência de mãe como as da cidade, ela se esforça para que seus filhos tenham um teto e possam viver a vida que ela nunca teve, por conta da sua péssima relação com a mãe e o padrasto. Pessoas que não forneceram um espaço propício para que ela pudesse crescer de um modo saudável. Acredito que, por conta dos seus traumas, ela sempre procura oferecer para os filhos o melhor possível e poupá-los dos problemas que ela enfrenta na sua trajetória não muito correta para alcançar o que ambiciona.

Podemos dizer que Ginny & Georgia não é um clichê adolescente, por mais que aparente. Possui muitas coisas para elaborar e discutir para o mundo, mesmo que aderindo a caminhos positivos, ela traz questionamentos necessários. Recomendo para pessoas que querem algo diferente, não é similar a O Gambito da Rainha, mas é algo que pode te fazer se identificar em alguns aspectos. Espero que tenha a segunda temporada para trazer respostas para este final que ficou em aberto.

Sinopse e trailer oficiais

Em busca de uma nova chance, Georgia leva os filhos Ginny e Austin para morar em outra cidade. Só que recomeçar do zero não é tão simples assim.

Ficha técnica de Ginny & Georgia

Título Original: Ginny & Georgia
Lançamento: 24 de fevereiro de 2021
Duração: 1 temporada (10 episódios)
Direção: Sarah Lampert
Gênero: Comédia, Drama, Romance
Classificação: 16 anos
Origem: EUA

________________________________
Por Kimie Kinsui – Fala! Mack

Tags mais acessadas