Funarte proíbe rock em edital de apoio a bandas de música
Menu & Busca
Funarte proíbe rock em edital de apoio a bandas de música

Funarte proíbe rock em edital de apoio a bandas de música

Home > Entretenimento > Música > Funarte proíbe rock em edital de apoio a bandas de música

O edital do Prêmio de Apoio a Bandas de Música 2020 proposto pela Funarte foi divulgado nesta quarta-feira, 22, e chamou atenção por proibir a inscrição de bandas de rock.

Funarte proíbe rock em edital de apoio a bandas de música

WOODSTOCK, 50 ANOS DE PAZ E MÚSICA

Funarte proíbe rock em edital

Apesar do Prêmio de Apoio a Bandas de Música 2020 ser voltado para instrumentos de metais, por isso restringe fanfarras, big bands e outras espécies de grupos que sejam compostos por outros instrumentos que não sejam metais, o rock foi a único ritmo musical proibido pela Funarte.

Não poderão participar do processo seletivo “fanfarras” ou “bandas marciais” ligadas ou não a instituições do ensino regular público ou privado, “bandas de pífanos”, “bandas de rock”, “big-bands”, bem como conjuntos musicais assemelhados, conjuntos musicais de instituições religiosas, bandas militares e bandas de instituições de segurança pública.

É possível acessar o edital clicando aqui

5 BANDAS QUE VALEM A PENA CONHECER

Rock alimenta satanismo, de acordo com Presidente da Funarte

A ação chamou atenção por conta de uma polêmica envolvendo o diretor da Funarte, Dante Montovani, que havia postado um vídeo em seu canal antes de assumir o cargo, alegando que o rock é um estilo musical satanista que alimenta a industria do aborto.

O rock ativa a droga que ativa o sexo que ativa a indústria do aborto. A indústria do aborto por sua vez alimenta uma coisa muito mais pesada que é o satanismo. O próprio John Lennon disse que fez um pacto com o diabo

CINCO DOCUMENTÁRIOS INCRÍVEIS SOBRE MÚSICA E ARTISTAS

Dante Mantovani foi nomeado presidente da Funarte pelo até então Secretário da Cultura, Roberto Alvim, que foi demitido de seu cargo após publicar vídeo de estética nazista e plagiar parte de um discurso de Goebbels.

0 Comentários

Tags mais acessadas