'Free Fire': Como as skins do jogo marcaram a SPFW e a moda
Menu & Busca
‘Free Fire’: Como as skins do jogo marcaram a SPFW e a moda

‘Free Fire’: Como as skins do jogo marcaram a SPFW e a moda

Home > Lifestyle > ‘Free Fire’: Como as skins do jogo marcaram a SPFW e a moda

Do mundo dos games ao universo da moda e não somente de modo virtual, roupas inspiradas em skins de Free Fire, um dos jogos mais populares do mundo e que faz sucesso com o público, puderam ser vistas na edição N52 da São Paulo Fashion Week. As roupas foram um dos grandes destaques da semana e impactam, sem sombra de dúvidas, a forma como pensamos a moda. Saiba mais sobre, a seguir.

Skins de Free Fire serão look de desfile no SPFW.
Skins de Free Fire serão look de desfile no SPFW. | Foto: Divulgação/Garena.

A coleção que foi mostrada na quarta-feira (17), é uma parceria da Garena, desenvolvedora do popular battle royale, a SPFW e o Santander Brasil, que contou com 20 skins que foram selecionadas e assinadas pelo estilista Daniel Ueda

Todos os looks foram minuciosamente escolhidos para representar personagens como Sakura, Hip Hop, Kit Angelical, Hypado, Sombra Roxa, Rolezeiro, Gola Alta, TRAP Zika e Brabo, TRAP Chavosa e Chavoso, Coração Urbano, Mano MilGrau, Calça Angelical, Gatitude, Loucura Rebelde e Espírito Púrpura. 

É importante lembrar que essa foi a primeira vez que a indústria de videogames e a da moda se uniram e apresentaram uma coleção em uma semana de moda internacional.

O meu maior desafio aqui foi tirar o projeto do universo dos games e levar para o da moda. Precisei me inteirar muito do mundo gamer, e para mim está sendo maravilhoso, pois é mais uma porta que se abre, com muita força e energia. Esse processo de criação foi desafiador e incrível ao mesmo tempo.

afirmou Ueda em entrevista dada ao G1

Confira, a seguir, o vídeo do desfile, que contou com a presença da modelo Isabeli Fontana, que abriu a passarela, e também dos gamers Weedzão (Baze), MOB e GS (LOUD) como modelos.

_________________________________________________________

Por Beatriz Seguchi – Fala! São Judas

Tags mais acessadas