Filmes clássicos da Disney recebem alerta de conteúdo racista
Menu & Busca
Filmes clássicos da Disney recebem alerta de conteúdo racista

Filmes clássicos da Disney recebem alerta de conteúdo racista

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Filmes clássicos da Disney recebem alerta de conteúdo racista

Recentemente, a Disney inseriu um aviso de estereótipos preconceituosos e representações racistas em alguns filmes clássicos do seu catálogo do Disney+. Com isso, as animações que receberam este aviso não estão disponíveis nos perfis infantis dentro da plataforma de streaming, sinalizando que é possível encontrar um conteúdo ofensivo para raças ou etnias, dentro do filme.

O anúncio foi feito após a Walt Disney Company começar a iniciativa Stories Matter, com o objetivo de “corrigir” alguns conteúdos da empresa para garantir a representação certa do público geral. A marca convocou um grupo de especialistas para aconselhar sobre tais materiais e refletir a inovação e criatividade do estúdio.

Esse alerta disposto nas produções audiovisuais possui o intuito de contextualizar seu material antigo com o politicamente incorreto que eles trazem, pois a maior parte de suas histórias são destinadas ao público infantil ou familiar. Portanto, para não culminar em um apagamento histórico e ao esquecimento do preconceito da época, a empresa decidiu promover um debate por meio do alerta, incentivando os responsáveis a explicar para as crianças as problematizações das obras.

racismo disney
Aviso de estereótipos preconceituosos e representações racistas. | Foto: Reprodução/Disney.

Confira alguns dos filmes que receberam este aviso!

Filmes da Disney que recebem alerta de conteúdo racista

Dumbo (1941)

disney
Dumbo. | Foto: Reprodução/Disney.

A história do famoso bebê elefante Dumbo é uma das animações mais preconceituosas do estúdio. A começar pelo grupo de corvos malandros que tentam ajudar o pequenininho a voar, eles possuem sotaques exagerados e o modo de falar imita uma pessoa negra. Aliás, o líder dos corvos leva o nome de uma lei de segregação racial dos EUA, Jim Crow.

Além disso, a cena musical de Song of the Roustabouts apresenta vários trabalhadores negros, sem rostos, trabalhando para erguer a tenda do circo. A letra cantada por eles expõe que eles são personagens analfabetos e, apesar de terem cargas horarias excessivas, são felizes.

Peter Pan (1953)

peter pan
Peter Pan. | Foto: Reprodução/Disney.

A história de Peter Pan, Wendy, seus irmãos e a Terra do Nunca conta com cenas extremamente preconceituosas e estereotipadas com os indígenas. No longa, eles são representados de maneira superficial, com penas, danças, rituais e fogueiras, além de serem interpretados como violentos e ignorantes.

Outra cena problemática no filme é com a música What made the Red man Red, onde os indígenas explicam porque eles têm pele vermelha, outro termo racista utilizado no desenho.

Aladdin (1992)

Aladdin
Aladdin. | Foto: Reprodução/Disney.

No início da animação de Aladdin, a canção A Noite da Arábia possui uma letra um pouco problemática com a cultura árabe. “Venho de um lugar/ Onde sempre se vê/ Uma caravana passar/ Vão cortar sua orelha/ Pra mostrar pra você/ Como é bárbaro nosso lar.”

Outro ponto duramente criticado no longa é que o protagonista, Aladdin, começa com a pele mais escura quando é um personagem pobre e ladrão. Com o desenrolar da trama, após começar o namoro com a princesa Jasmine, sua pele vai embranquecendo. 

Os Aristogatas (1970)

disney filmes racistas
Filme Os Aristogatas. | Foto: Reprodução/Disney.

Os Aristogatas, animação que conta como um grupo de gatos irá herdar a fortuna de sua rica dona, possui uma cena preconceituosa com a cultura asiática ao representar dois gatos siameses tocando piano com pares de Hashi. Suas vozes também zombam do sotaque do leste asiático e são extremamente caricatos.

Fantasia (1940)

filmes disney
Fantasia. | Foto: Reprodução/Disney.

A animação Fantasia expõe diversos curtas dentro de um só filme. No entanto, uma cena extremamente racista aparece quando os seres mitológicos aparecem, uma centauro fêmea negra está polindo os cascos de duas centauros fêmeas brancas.

Mogli, o Menino Lobo (1967)

clássicos da disney
Mogli, o Menino Lobo. | Foto: Reprodução/Disney.

Mais uma animação com estereótipos raciais negativos, em Mogli, o Menino Lobo, o personagem do macaco Rei Louie representa uma caricatura racista dos afro-americanos. Eles são preguiçosos, possuem poucas habilidades linguísticas e cantam no ritmo de jazz de Dixieland (Nova Orleans).

A Dama e o Vagabundo (1955)

A Dama e o Vagabundo racismo
A Dama e o Vagabundo. | Foto: Reprodução/Disney.

Mais uma representação negativa da cultura asiática por meio de dois gatos siameses. Em A Dama e o Vagabundo, os personagens Si e Am têm aspectos estereotipados e exagerados. Também, em uma cena de um canil, outros cachorros são retratados com sotaques fortes e estereótipos de outras nacionalidades, como Boris, o borzoi russo, e o chihuahua mexicano, Pedro.

_______________________________
Por Niara Viana de Brito – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas