Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Especial miojo

Especial miojo

Muita gente se pergunta o porquê da supervalorização do miojo pelos jovens. Eu explico: vai sair pra balada, mas não quer se empanturrar de comida e correr o risco de passar mal antes mesmo da noite começar? Faça um miojo. Seus pais foram viajar e você é um universitário com fome – o que, automaticamente quer dizer que você nunca tem dinheiro para pagar uma pizza mequetrefe de massa fina e uma fatia de queijo? Faça um miojo. Você é o tipo de pessoa que precisa se benzer e deixar os bombeiros pré-avisados toda vez que entra na sua cozinha? Evite incêndios e faça um miojo. Seu ônibus vai passar em 15 minutos e, se você não correr, terá que esperar mais 58 dias até o próximo? Por que ainda está lendo isso aqui? Vai logo fazer um miojo, meu filho!

Pois é. O miojo está para os jovens apressadinhos e esfomeados do século XXI, assim como o vestido preto está para Coco Chanel. Foi pensando nisso que nós resolvemos fazer um especial com dicas para você incrementar suas receitas e transformar um simples pacotinho de macarrão instantâneo em uma iguaria gastronômica que deixará o chef do Fasano louco de inveja e fará a Ana Maria Braga passar debaixo da mesa 75 vezes no mesmo programa.

O segredo de uma boa receita está nos ingredientes-chave que trarão mais sabor e amor para o seu rango. Segue uma lista dos indicados a melhores coadjuvantes para sua refeição:

#1 Salsicha. Conhecida pelo seu status no hot dog e facilidade de preparo, esse alimento laranja é um dos clássicos na hora de melhorar o miojo. Além do sabor singular, é indicado para as ocasiões em que você precisa de sustança.

#2 Ovos. O melhor de tudo é que você pode escolher se quer o bichinho frito, mexido, cozido… Ou todos de uma vez. Atenção: um copo de Coca-Cola gelada cai muito bem para acompanhar esse prato – e um antiácido também.

#3 Requeijão. É sério… Essa talvez seja a coisa mais simples e, ao mesmo tempo, a que fará mais diferença no seu miojo. Sabor céu.

#4 Queijo. Apenas derreta uma fatia de seu queijo preferido e voilà.

#5 Shoyu. Nesse caso, o pacotinho de tempero nem precisa ser usado. Lembre-se de colocar menos água do que o normal. Quando o macarrão estiver quase no ponto, é a hora certa para colocar o molho.

#6 Azeitonas. Dispensa explicações de preparo.

#7 Tudo-que-você-encontrar-na-sua-geladeira-e-que-esteja-dentro-do-prazo-de-validade. Essa é a receita mais perigosa da lista, mas vale a pena tentar – principalmente em dias ruins. O máximo que pode acontecer é piorar um pouco o que já não estava bom, contudo, existem grandes chances de você se surpreender com sua capacidade criativa gastronômica.

Agora é só correr para a cozinha, experimentar a glória em forma de comida e fazer um abaixo assinado para criar um feriado comemorativo em homenagem ao inventor do alimento que já salvou a pátria muitas vezes.

Por Jéssica Rezende

0 Comentários

Tags mais acessadas