'Emily in Paris': Leia a crítica da série original Netflix
Menu & Busca
‘Emily in Paris’: Leia a crítica da série original Netflix

‘Emily in Paris’: Leia a crítica da série original Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Emily in Paris’: Leia a crítica da série original Netflix

Emily in Paris acaba de chegar ao catálogo da Netflix e já se tornou a queridinha dos espectadores. A série é totalmente alto astral e é impossível assistir e não querer maratonar.

Diferente de algumas produções lançadas ao longo do ano, Emily in Paris tem uma história leve e divertida, sem uma narrativa cheia de suspenses ou cenas radicais. A leveza da história faz com que tenhamos a sensação de pertencimento. A série é perfeita para um final de semana e para deixar o “coração quentinho”. 

Emily in Paris
Emily in Paris. | Foto: Reprodução.

Emily in Paris: Leia a crítica

Desde o início, a série entrega uma mescla de humor leve e pequenos toques de drama, especialmente por como a narrativa se desenvolve. O que parecia ser mais um clichê, é o oposto. A protagonista surpreende em cada episódio, vive intensamente cada parte da sua nova rotina e amigos. Nós, espectadores, nos sentimos confortáveis em acompanhar as aventuras diárias de Emily.

Lily Collins consegue trazer uma personagem marcante, intensa e real. Mesmo que algumas partes do roteiro sejam clichês, Collins dá leveza à personagem, fazendo com que a Emily seja, de fato, real. 

Lily Collins
Lily Collins em Emily in Paris. | Foto: Reprodução.

Os cenários são incrivelmente perfeitos, encaixam-se às cenas, ouso dizer que merecia um Oscar de melhor fotografia. Os figurinos, por sua vez, chamam a atenção em todas, literalmente, todas as cenas. A protagonista tem looks únicos e que tornam da personagem, única também. Podemos dizer que essa série é um show para os nossos olhos, com um bom roteiro e excelente figurino e fotografia, não há como não se apaixonar.

As subtramas fluem com facilidade. Emily lida com diversas situações e histórias que não se perdem ao longo da temporada. A relação funcionária-chefe nos traz nostalgia, remetendo ao clássico O Diabo Veste Prada, o que não é ruim, uma vez que a chefe consegue se encaixar na narrativa de uma forma singular e marcante, tornando-se essencial na história da protagonista. Mindy Chen, nova melhor amiga de Emily, uma chinesa rica que prefere trabalhar de babá em Paris a disfrutar a fortuna da família, completa o grupo social da recém-chegada em Paris.

Emily in Paris netflix
Série Emily in Paris. | Foto: Reprodução.

Emily vive alguns romances ao longo da série e é impressionante a forma com queremos que dê certo com todos, em especial, com seu vizinho, o chef Gabriel.

Com o perfil @emilyinparis, a protagonista alcança milhares de seguidores em seu Instagram, que chama a atenção até mesmo da primeira-dama, Brigitte Macron, e de outras celebridades, o que remete muito à atualidade.

Para quem é apaixonado por moda, comédia romântica e marketing, concluo dizendo que essa série é perfeita!

________________________________
Por Alexandre Melo – Fala! Mack

Tags mais acessadas