Entenda a relação que existe entre moda, comportamento e atitude
Menu & Busca
Entenda a relação que existe entre moda, comportamento e atitude

Entenda a relação que existe entre moda, comportamento e atitude

Home > Lifestyle > Entenda a relação que existe entre moda, comportamento e atitude

Moda, comportamento e atitude. Como se relacionam?

Moda é atitude e atitude é comportamento. Quando certa pessoa adquire uma nova roupa, ele não está comprando apenas a peça, está apostando também em sua representação. Por isso, fazer moda vai muito além de escolher um tecido ou corte. Esta é uma indústria que reflete em demasiado a personalidade de seu público.

moda
Fazer moda vai muito além de escolher um tecido. | Foto: Dezaina.

É exatamente por isso que a moda é a cadeia produtiva com maior velocidade de transformação, porque é baseada na atitude/comportamento de seu consumidor, que, como pessoa, está sempre em evolução diária. Visão de mundo, gostos e singularidades, são transformados na medida em que o indivíduo experimenta diferentes situações, e é dever da moda acompanhar estas transformações.

“Moda é atitude e comportamento e não apenas uma roupa. De todas as cadeias produtivas, a do vestuário é a de maior velocidade e modificação. Há mudanças a cada quinze dias ou menos que isso. É um produto que muda em tudo: no tipo de tecido, na costura, no decote, no acabamento, na cor. A moda pode ser perversa, mas também pode espelhar outras formas de pensar o mundo e testar soluções mais imediatas. ” – Marco Antônio Andreoni.

Tendências e padrões de consumo

É justamente por este motivo que conhecemos as chamadas tendências. Uma tendência de moda depende diretamente do gosto dos consumidores, afinal, são eles quem colocam, ou não, roupas em evidência. Por isso, pode-se prever que é por meio de seus gostos que elas são criadas.

Um exemplo de tendência influenciada pelo padrão de consumo é a moda sustentável, que busca otimizar a preservação do meio ambiente em todos os processos de produção, preservando assim os recursos naturais do planeta. A expressão “vestir uma causa” nunca fez tanto sentido. As pessoas estão mais engajadas na questão ambiental e deixam isso claro em seu dia a dia, nas suas redes sociais e, o mais importante, em seus padrões de consumo.

tendências de moda
Moda sustentável. | Foto: Reprodução/Afeto Escola.

PLM na indústria da moda

Quando um estilista pensa em um produto, muitas vezes aposta no conceito de visão pessoal, afinal, todo profissional quer ter roupas ousadas e diferentes, que levam um pouco de sua percepção e história. Porém, o que muitos não percebem, é que, por mais que a singularidade seja extremamente valorizada, às vezes não é o caminho mais lógico a seguir.

Isso não quer dizer que o profissional não possa colocar sua subjetividade em sua coleção de moda, mas sim que ela precisa ser equilibrada com o que o mercado exige, ou seja, com o que o consumidor busca. É exatamente por isso que hoje se fala bastante em PLM na moda, mais especificamente em fashion PLM.

PLM (Product Lifecycle Management) ou Gerenciamento do Ciclo de Vida do Produto (em tradução livre), consiste na gestão de todas as fases de um produto, desde seu desenho até saída do mercado. Já PLM fashion, conceito relativamente novo, trata-se da aplicação desta técnica na moda.

Padrões de consumo
Padrões de consumo. | Foto: Unsplash.

É por meio dela que profissionais da indústria podem acompanhar o caminho que uma roupa leva até que seja “esquecida” pelos consumidores e, com isso, conseguirem entender melhor os gostos do cliente, percebendo como ele se relaciona com certos tipos de estilos. A partir disso, o profissional da moda tem a oportunidade de entender a preferência de seu consumidor e produzir para ele.

Existem hoje algumas plataformas que facilitam esta gestão. Entre elas a U.Mode, que auxilia o estilista no processo de desenvolvimento das coleções de moda, contribuindo na organização de seus trabalhos, bem como utilizando do PLM para auxiliá-lo a entender melhor os gostos de seu público e produzir levando isso em conta.

Afinal, as pessoas estão cada vez mais conscientes de seu lugar no mundo, dos estilos, bem como das causas sociais com as quais se identificam. A relação entre moda, comportamento e atitude se evidencia a cada dia, e cabe a esta indústria se adaptar ao novo padrão para que continue a evoluir juntamente com o consumidor.

_______________________________
Por Bianca Sousa – Fala! Faculdade Paulista de Comunicação

Tags mais acessadas