Eduardo Bolsonaro acusa o Partido Chinês de espionagem
Menu & Busca
Eduardo Bolsonaro acusa o Partido Chinês de espionagem

Eduardo Bolsonaro acusa o Partido Chinês de espionagem

Home > Notícias > Política > Eduardo Bolsonaro acusa o Partido Chinês de espionagem

Na noite desta segunda-feira (23), o deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou em suas redes sociais uma série de ataques ao Partido Comunista Chinês. O deputado afirmava na publicação que o partido espiona os usuários da rede 5G da empresa chinesa Huawei. Além disso, confirmou a adesão do Brasil à Clean Network (Rede Limpa), iniciativa articulada pelos Estados Unidos com o objetivo de banir a empresa chinesa dos serviços 5G do mundo.

A publicação foi apagada no dia 24 de novembro da conta de Eduardo, após ser considerada imprópria, por conter uma fake news.

Em sua publicação, Eduardo Bolsonaro acusa o Governo Chinês de espionagem
Em sua publicação, Eduardo Bolsonaro acusa o Governo Chinês de espionagem. | Foto: Reprodução/ Estadão Conteúdo.

Eduardo Bolsonaro acusa o Partido Chinês de espionagem e Embaixada chinesa se manifesta

A Embaixada da China se manifestou, na terça-feira, em um comunicado em sua conta em uma rede social (a mesma usada por Bolsonaro para realizar as acusações). De acordo com a publicação, Pequim afirma que as acusações realizadas pelo deputado federal são infundadas e que abala a relação Brasil e China.

Além disso, a Embaixada Chinesa em Brasilia acionou o Itamarati para reclamar da publicação e exigir um pronunciamento oficial do Governo Federal a respeito do assunto.

Comunicado oficial da Embaixada Chinesa a respeito das acusações de Bolsonaro ao Partido Comunista Chinês.

Muitos políticos, como o deputado federal André Figueiredo, se posicionaram nas redes sociais criticando o deputado Eduardo Bolsonaro.

O deputado André Figueiredo se manifesta contra as afirmações de Eduardo Bolsonaro.
Políticos de diversos partidos se manifestam contra as acusações de Bolsonaro ao Partido Comunista Chinês.
Tags mais acessadas