5 dietas para emagrecer até 10kg comendo doces
Menu & Busca
5 dietas para emagrecer até 10kg comendo doces

5 dietas para emagrecer até 10kg comendo doces

Home > Lifestyle > 5 dietas para emagrecer até 10kg comendo doces

Emagrecer comendo doces é um sonho que parece impossível, mas não é. Existem muitas dietas que optam por não cortar essas guloseimas ou oferecem opções saborosas, mas saudáveis.

Saiba como emagrecer até 10kg comendo doces e outras guloseimas.
Saiba como emagrecer até 10kg comendo doces e outras guloseimas. | Foto: Freepik.

Além disso, pesquisas realizadas pela Universidade de Tel Aviv indicam que comer doces, de forma controlada, pode ajudar a emagrecer. O estudo aponta que o açúcar pode ser um grande aliado na perda de peso, principalmente no café da manhã.

Dito isso, confira 5 dietas para emagrecer até 10kg comendo os doces que você tanto ama.

Confira 5 dietas para emagrecer comendo doces e guloseimas

Emagrecer é um grande desafio, pois muitas dietas cortam deliberadamente doces e outras comidas que todos amam comer. Essa ideia de mudança alimentar, contudo, vem mudando ao longo dos anos e, atualmente, muitas dietas permitem doces e outras guloseimas.

É necessário ter em mente, contudo, que esses alimentos ricos em açúcar e gorduras devem ser consumidos em quantidades mínimas. Além disso, para que os resultados sejam perceptíveis em pouco tempo, é preciso criar uma rotina de exercícios físicos que facilitam o emagrecimento.

Lembre-se de que nada em exagero é saudável, então deixe sua dieta balanceada e os seus exercícios compatíveis com seus limites. Para auxiliar, recomenda-se consultar um especialista, como nutricionistas e personal trainers, que indicam as melhores dietas e atividades físicas.

Dieta Sirtfood

A Sirtfood, dieta criada em 2016 por dois ingleses, se popularizou após a cantora Adele perder 45kg praticando-a. A artista apareceu em suas redes sociais muito magra e, durante o Saturday Night Live, assumiu que foi essa mudança alimentar que permitiu a perda de peso.

Adele, no entanto, também realizou inúmeras atividades físicas, que potencializaram os resultados dessa mudança. O que mais chamou atenção, contudo, foi o cardápio da Dieta Sirtfood, que permite chocolates e, até mesmo, vinho. Ambos os alimentos, contudo, possuem uma porção regrada dentro das refeições.

Como realizar

Dividida em duas etapas, essa dieta introduz em seu cardápio alimentos ricos em sirtuina, uma proteína encontrada em alimentos como trigo sarraceno, cúrcuma, cebolas, salsa, rúcula, couve, maçã, limão, frutas vermelhas, soja, oleaginosas, alcaparras, azeite de oliva extravirgem, café, chocolate amargo e vinho tinto. 

Na primeira etapa, que irá durar três dias, a pessoa pode consumir 1000 calorias e os alimentos sirt devem estar dentro de seu cardápio e em todas as refeições. A segunda etapa, de quatro dias, permite o consumo de 1500 calorias e a mesma quantidade de alimentos sirt, divididos nas refeições.

Segundo os autores da dieta, nesses sete dias, a pessoa pode emagrecer comendo doces e bebendo vinho, de 3,5 a 4kg. Em seguida, é a fase de manutenção, que não possui uma quantidade específica de calorias a serem ingeridas, porém, quanto menos, melhor. Além disso, outros alimentos são introduzidos na dieta.

Cardápio

Café da manhã:

  • 1 ovo mexido ou omelete com açafrão ou cúrcuma e salsinha;
  • 1 xícara de chá verde.

Lanche da manhã:

  • 1 copo de suco verde (detox).

Almoço:

  • salada de rúcula, tomate e pepino com 1 colher de sopa de sementes de abóbora e uma posta de salmão (120g) assada com alcaparras;
  • 2 cubinhos de chocolate meio amargo 70%.

Lanche da Tarde:

  • 1 copo de suco verde (detox).

Janta:

  • 1 filé de frango grelhado no azeite (120g) mais 5 azeitonas, ou 1 filé de frango com salada de rúcula com azeite de oliva;
  • 15ml de vinho tinto.

Ceia:

  • 1 xícara de chá de erva cidreira sem açúcar ou adoçante.

Dieta dos Pontos

Uma das dietas mais simples de se fazer, a Dieta dos Pontos transforma calorias em pontuações, que lhe auxiliam a controlar o quanto está comendo por dia. O maior atrativo, contudo, não é sua facilidade, mas, sim, o cardápio sem restrições e infinito de alimentos dela.

Para ter um bom acompanhamento dos pontos ingeridos, recomenda-se anotar cada alimento que esteve presente em suas refeições, além de lanches e coisas do tipo. É possível fazer um controle mais simples, anotando em uma folha o que comeu, como também baixar aplicativos que possuem essa funcionalidade.

Mesmo que seja fácil e que permita todos os tipos de alimento, incluindo doces e guloseimas, é necessário lembrar que manter o equilíbrio é fundamental. Por isso, dê preferência a comidas mais saudáveis, ou seja, com menos sal, açúcar e processadas. Além disso, uma rotina de exercícios podem facilitar a perda de peso, permitindo emagrecer até 10kg comendo doces.

Como fazer

Existem muitas tabelas na internet que possuem a quantidade de pontos respectiva a determinadas quantidades de calorias. Saber contar, no entanto, os pontos de alimentos pode lhe auxiliar nesse processo de registrar tudo o que comeu durante o dia.

Por isso, o primeiro passo para realizar a dieta dos pontos é saber converter calorias em pontos. A primeira etapa do processo é saber qual sua Taxa Metabólica Basal (TMB), que é feita da seguinte maneira:

Mulheres:

  • 10 a 18 anos: Peso x 12,2 + 746
  • 18 a 30 anos: Peso x 14,7 + 496
  • 30 a 60 anos: Peso x 8,7 + 829
  • Acima de 60 anos: Peso x 10,5 + 596

Homens:

  • 10 a 18 anos: Peso x 17,5 + 651
  • 18 a 30 anos: Peso x 15,3 + 679
  • 30 a 60 anos: Peso x 8,7 + 879
  • Acima + de 60 anos: Peso x 13,5 + 487

Em seguida, é necessário calcular o valor do TMB com a quantidade de exercícios que realiza. O valor se diferencia para homens e mulheres sedentários e homens e mulheres ativos. Multiplique sua Taxa Metabólica pelos valores abaixo:

HomemMulherAtividade Física
1,21,2Sedentário: não pratica nenhuma atividade física
1,31,3Exercícios esporádicos pelo menos 3x por semana
1,351,4Exercícios 3x por semana, por pelo menos 30 min
1,451,5Exercícios 3x por semana, por mais de uma hora
1,501,60Exercícios diários, com duração de 1h a 3h
1,71,8Exercícios diários, com duração de mais de 3h

O terceiro e último passo é saber quantos pontos você pode consumir por dia. Para isso, pegue o valor calórico obtido na última conta e divida por 3,6. Desse resultado, elimine 300 pontos, alcançando a quantidade ideal que a pessoa irá consumir por dia. Para emagrecer, porém, é necessário manter uma rotina de exercícios e uma alimentação mais saudável.

Para descobrir os pontos de um alimento específico, faça o mesmo cálculo que para descobrir quantos pontos deve comer. Ou seja, pegue a caloria do alimento e divida por 3,6.

Cardápio

Por ser uma dieta em que todos os alimentos são consumidos, não há um cardápio específico para a Dieta dos Pontos. É preciso ter em mente, no entanto, que quanto mais alimentos saudáveis, melhor, e que doces e guloseimas devem ser consumidos em porções pequenas.

Dieta Dash

A Dieta Dash é uma ótima opção para quem gosta de comer um doce ou outro de vez em quando, mas deseja emagrecer. Essa mudança alimentar aponta que esses alimentos, contudo, devem ser evitados, mas que ainda é possível ingerir em pequenas porções de vez em quando.

O princípio da Dieta Dash é diminuir o consumo de sal, pois essa mudança alimentar foi idealizada para combater a hipertensão. Além disso, seu foco não é a perda de peso, mas, sim, uma vida mais saudável e combater e evitar a hipertensão. Se for feita de maneira correta e ingerindo uma quantidade de calorias pequenas, essa dieta pode ajudar a emagrecer até 10kg ou mais, dependendo do período em que irá realizá-la.

Como Fazer

O foco dessa dieta é a redução de até 40% ou mais do sódio consumido por dia. Ela recomenda apenas 2300 miligramas de sal, ou 5 gramas, em todo o seu cardápio. É possível ir diminuindo gradualmente a quantidade de sal dos alimentos, até que o seu paladar se adapte ao novo sabor dos alimentos.

Além do corte de sal, a Dash propõe uma alimentação mais saudável, rica em verduras e legumes, frutas, carboidratos integrais, grãos, gorduras saudáveis, carnes e queijos magros, leite magro, óleos vegetais, entre outros. Açúcar, gorduras ruins, entre outros tipos de alimentos que não são considerados saudáveis são aconselhados a saírem de sua dieta.

É possível, no entanto, mantê-los, mas em quantidades pequenas. Além disso, existem alguns doces com baixo teor de açúcar e gordura, ótimos para serem consumidos em dietas. Exemplos são:

  • Doce de banana sem açúcar;
  • Alfarroba;
  • Chocolate com mais de 70% de cacau;
  • Brigadeiro de abacate com cacau;
  • Doce de pera com damasco e canela;

Cardápio

Café da manhã

  • 2 fatias de pão integral com 1 fatia de queijo branco; 1 fatia de mamão e 1 copo de leite desnatado.

Almoço

  • Salada de rúcula, beterraba, cenoura e milho temperada com azeite; arroz integral; 1 filé de frango assado ou grelhado; 1 pedaço de chocolate 70% cacau.

Lanche da tarde

  • Iogurte desnatado com granola e banana.

Jantar

  • 2 fatias de pão integral recheado com tomate alface e patê de atum; 2 ameixas ou 1 laranja.

Ceia

  • 1 copo de leite desnatado.

Dieta Flexível

A Dieta Flexível, assim como a Dieta dos Pontos, acredita que facilitar o que você come, incentivando a contagem de calorias e uma alimentação livre, mas saudável, é o melhor jeito de perder peso. Seu lema é: Comer o que você quiser, desde que você siga alguns conceitos.

Essa mudança alimentar entrega nas mãos das pessoas a decisão do que comer. O único indicativo dado pela Dieta Flexível é que é necessário equilibrar os macro alimentos ingeridos, ou seja, uma quantidade equilibrada de carboidratos, proteínas, fibras, entre outros. Os excessos não são recomendados, pois acabam prejudicando a perda de peso.

Como Fazer

O princípio básico dessa dieta é contar a quantidade de calorias ingeridas por dia, seguindo um valor ideal que poderá ser indicado por um nutricionista. Além disso, recomenda-se um cardápio balanceado, em que todas as propriedades são consumidas, ou seja, gorduras boas, proteínas, fibras, entre outros.

Além disso, escolhas inteligentes e saudáveis são um ponto central, pois basear sua alimentação apenas em alimentos processados e gordurosos pode não ajudar a emagrecer. O excesso de açúcar nos doces, também prejudica quem deseja emagrecer até 10kg.

Por isso, é possível comer um Big Mac no almoço, desde que você consuma frutas, verduras e outros alimentos saudáveis durante o dia. Por isso, essa dieta é perfeita para quem quer emagrecer, mas comendo doces e guloseimas quando desejar.

Cardápio

Assim como a Dieta dos Pontos, a Flexível não possui um cardápio específico. Basta ingerir os alimentos de forma balanceada e em porções pequenas, garantindo que você emagreça comendo o que desejar.

Dieta Low Carb

Uma das dietas mais radicais, conhecida por cortar alimentos, também permite doces e guloseimas. Sim! A Dieta Low Carb também lhe permite comer algumas coisas deliciosas, mas devem ser feitas com os ingredientes liberados por essa mudança alimentar.

Doces, como bolos, brigadeiros, entre outros, pães, massas, podem ser feitos com as farinhas e adoçantes indicados. Os mais recomendados são a farinha de coco, farinha de amendoim, farinha de amêndoa, adoçante xilitol e frutas ricas em gorduras boas. Esses alimentos são utilizados como base para doces e massas. Na internet, é possível encontrar inúmeras receitas que satisfazem as exigências da low carb

Esses doces, contudo, não possuem um sabor semelhante às versões feitas com açúcar, leite condensado e farinha de trigo, mas são excelentes substitutos.

Como Fazer

O objetivo da Dieta Low Carb, como o próprio nome aponta, é reduzir a quase nada o consumo de carboidratos. Elas substituem essa opção por gorduras boas, fibras, proteínas, entre outros macro alimentos. Ela permite, porém, que carboidratos integrais sejam ingeridos, como o arroz integral.

Essa mudança pode ajudar uma pessoa a emagrecer mais de 10kg, porém, a Low Carb deve ser seguida de uma reeducação alimentar, assim que a pessoa parar com ela. Pois ao retornar aos velhos hábitos alimentares, o peso perdido irá retornar gradualmente.

Cardápio

Café da manhã

  • Café puro e misto quente com duas fatias de pão low carb.

Almoço

  • Carne de panela na pressão com molho de tomate, cebola e pimentão e chuchu, vagem e cenoura refogados.

Jantar

  • Salada de folhas verdes com iscas de carne, nozes e pedaços de queijo.

Seguir essas dietas permite emagrecer comendo doces, algo que é muito difícil de abandonar. É necessário lembrar, entretanto, que esses alimentos saborosos devem ser consumidos em pequenas porções e, para potencializar a perda de peso, os exercícios são fundamentais. Outro ponto é consultar, antes de qualquer alteração alimentar, um nutricionista.

________________________________________
Por Luiza Nascimento – Redação Fala!

Tags mais acessadas