Conheça iniciativas que combatem a fome no Brasil; veja como ajudar
Menu & Busca
Conheça iniciativas que combatem a fome no Brasil; veja como ajudar

Conheça iniciativas que combatem a fome no Brasil; veja como ajudar

Home > Notícias > Urbano > Conheça iniciativas que combatem a fome no Brasil; veja como ajudar

Não deve ser surpresa para nenhum brasileiro que a fome é um problema social grave que afeta muitas famílias no País. Embora tenha sido reduzida consideravelmente nos anos 2000, a fome voltou a crescer nos últimos anos.

A crise econômica empurrou cada vez mais gente para a pobreza. Desemprego e inflação no preço dos alimentos levaram mais pessoas a passar fome. A pandemia de Covid-19 piorou tudo. No final do ano passado, 19 milhões de brasileiros não tinham o que comer, de acordo com a Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan).

Neste momento, brasileiros de várias partes do País precisam contar com a solidariedade para garantir sua subsistência. Conheça, a seguir, projetos que lutam contra a fome no Brasil e veja como contribuir com eles. Se você puder, colabore fazendo uma doação!

fome
Ação da Central Única das Favelas (Cufa) de distribuição de alimentos. Iniciativas como essa se tornaram ainda mais importantes durante a pandemia. | Foto: Reprodução/Movimento Panela Cheia.

Iniciativas que combatem a fome no Brasil; veja como ajudar

Brasil sem Fome

Atual campanha da Ação da Cidadania, que junto com sua grande rede de comitês e voluntários, distribuídos nos 26 estados e no Distrito Federal, convoca, mais uma vez, a sociedade civil e o setor privado para levar alimentos aos mais atingidos pela crise da pandemia da Covid-19.

A Ação da Cidadania foi fundada pelo sociólogo Herbert de Souza, Betinho, em 1993. Na época, formou-se uma imensa rede de mobilização de alcance nacional para ajudar 32 milhões de brasileiros que estavam abaixo da linha da pobreza. Criada no auge do Movimento pela Ética na Política, a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida se transformou no movimento social mais reconhecido do Brasil. 

Para contribuir com a campanha, acesse o site da Ação da Cidadania.

Tem Gente Com Fome

A iniciativa é da Coalizão Negra Por Direitos, articulação que reúne 200 organizações, grupos e aliados do movimento negro brasileiro em todo o território nacional, em parceria com a Anistia Internacional, Oxfam Brasil, Redes da Maré, Ação Brasileira de Combate às Desigualdades, 342 Artes, Nossas – Rede de Ativismo, Instituto Ethos, Orgânico Solidário, Grupo Prerrogativas e Fundo Brasil.  

Com o lema “Se tem gente com fome, dá de comer!”, a ideia é arrecadar fundos para ações emergenciais de enfrentamento à fome, à miséria e à violência na pandemia de Covid-19. O projeto pretende beneficiar 222.895 famílias em situação de vulnerabilidade. Essas famílias foram identificadas através de mapeamento realizado em periferias, favelas, palafitas, comunidades ribeirinhas e quilombos de todas as regiões do país.

Conheça o site do projeto e faça sua doação!

Panela cheia salva

Cufa, Gerando Falcões e Frente Nacional Antirracista, com o apoio do União SP e cooperação da Unesco, uniram esforços para criar o Movimento Panela Cheia em busca de arrecadar recursos para a compra de cestas básicas para pessoas em situação de vulnerabilidade.

Essas instituições têm ampla experiência na luta contra a fome e trabalham para fazer chegar alimentos nas mesas de famílias de comunidades de todo o País.

Clique aqui para colaborar com o movimento.

Mães da Favela

Outra ação promovida pela Central Única das Favelas (Cufa) para o enfrentamento das consequências sociais e econômicas da Covid-19 é o Fundo Solidário Mães da Favela. Direcionado para mães que são chefes de família e moradoras de comunidades ou favelas de todos os estados brasileiros, o programa doa cestas básicas e cestas digitais em dinheiro no valor de R$ 100.

Para saber como doar, acesse a página do programa.

Plano de ação emergencial para as famílias do sertão nordestino

A organização não-governamental Amigos do Bem criou um plano de ação emergencial para levar alimentos para milhares de famílias nas regiões mais carentes do sertão nordestino. A instituição está ajudando pessoas que estão passando fome em povoados isolados.

A ideia do plano é levar cestas básicas, além de água, kits de higiene e manutenção dos projetos já existentes da ONG. Com uma doação mensal, é possível garantir que todos os meses uma família receba uma cesta básica.

As doações podem ser feitas pelo site do Amigos do Bem.

Apoie os povos indígenas

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) está com uma vaquinha virtual para arrecadar recursos para comprar alimentos, remédios e material de higiene para as aldeias indígenas de todo o País.

A Apib destaca que, no passado, várias culturas indígenas foram exterminadas por doenças novas trazidas à América pelos colonizadores. A pandemia de Covid-19 é mais uma ameaça aos povos indígenas e, portanto, todo apoio é necessário para garantir o isolamento e segurança desses povos.

Contribua com a iniciativa da Apib aqui.

Cozinhas Solidárias do MTST

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) possui a meta de construir 26 cozinhas solidárias nas periferias dos centros urbanos do Brasil. Essas estruturas funcionarão todos os dias distribuindo almoços grátis para as famílias das periferias.

Os recursos para implementação de 16 cozinhas em 11 estados já foram atingidos. Já há pelo menos uma cozinha solidária nos estados de Roraima, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, além de duas no Distrito Federal, quatro nas periferias de São Paulo e uma na região do ABC paulista. 

Agora o objetivo do MTST é manter as cozinhas solidárias que já existem e abrir mais dez, totalizando 26 espalhadas pelas periferias do Brasil. Participe com uma doação aqui.

_____________________________
Por Igor Magalhães – Fala! Universidades Federal do Ceará

Tags mais acessadas