Conheça 5 curiosidades sobre a Universidade Federal de Pernambuco
Menu & Busca
Conheça 5 curiosidades sobre a Universidade Federal de Pernambuco

Conheça 5 curiosidades sobre a Universidade Federal de Pernambuco

Home > Universidades > Conheça 5 curiosidades sobre a Universidade Federal de Pernambuco

A Universidade Federal de Pernambuco foi fundada em 11 de agosto de 1946, sob o nome de Universidade do Recife. A criação da nova universidade se deu pela junção de várias instituições de ensino superior pernambucanas já existentes: a Faculdade de Direito do Recife, a Escola de Engenharia de Pernambuco, a Escola de Farmácia, a Escola de Odontologia, a Escola de Medicina do Recife, a Escola de Belas Artes de Pernambuco e a Escola de Filosofia do Recife. O maior articulador da criação da UFPE foi o professor Joaquim Amazonas, que acabou se tornando o primeiro reitor da instituição.

Universidade Federal de Pernambuco
Brasão da Universidade Federal de Pernambuco. | Foto: Reprodução.

A UFPE entrou para o grupo de instituições federais em 1967. A instituição, hoje, conta com 40.383 alunos, 2.504 docentes e 3.843 servidores técnico-administrativos. Em 2006, começou seu plano de interiorização, construindo o campus Caruaru (135 km de Recife) e, mais tarde, o de Vitória de Santo Antão (49 km de Recife). E, hoje, vamos falar sobre algumas curiosidades sobre a instituição de ensino superior de maior prestígio de Pernambuco:

Curiosidades sobre a Universidade Federal de Pernambuco

A melhor do Norte e Nordeste

campus Recife Universidade Federal de Pernambuco
Visão aérea do campus Recife. | Foto: Reprodução.

A excelência acadêmica da instituição pernambucana costuma ser avaliada por diversos rankings nacionais e internacionais. Ainda este ano (2020), o Times Higher Education (THE) classificou a UFPE como 14º melhor universidade brasileira entre as 52 instituições nacionais avaliadas no ranking global de universidades 2021

Também este ano, o Academic Ranking of World Universities, também conhecido como Ranking de Shanghai, posicionou a UFPE como a melhor universidade do Norte e Nordeste brasileiro na sua edição 2020.

Alunos notáveis

Alceu Valença
Alceu Valença, o cantor estudou direito na UFPE. | Foto: Reprodução.

Uma série de pessoas conhecidas e notáveis em vários campos de atuação tiveram sua formação na instituição. Entre essas pessoas, podemos citar: Paulo Freire, o educador e filósofo cursou direito, Irandhir Santos, o ator estudou artes cênicas, e Alceu Valença, cantor e ícone da música pernambucana que estudou direito.

Grande parte da classe política de Pernambuco também estudou na UFPE, Paulo Câmara (atual governador), Eduardo Campos (ex-governador), Humberto Costa (senador), Bruno Araújo (deputado federal) e Luciana Santos (atual vice-governadora) foram alguns dos que se graduaram na instituição.

A UFPE e o STF

Universidade Federal de Pernambuco
Fachada do prédio da Faculdade de Direito do Recife pertencente a UFPE. | Foto: Reprodução.

A Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco, localizada no campus Recife, é a segunda faculdade de direito nacional que mais formou ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), ficando atrás apenas da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Um professor especial

Ariano Suassuna
Ariano Suassuna, o escritor foi professor na UFPE durante anos. | Foto: Reprodução.

O romancista, dramaturgo e poeta paraibano, Ariano Suassuna, se graduou em direito em Pernambuco, na UFPE. Porém, logo abandonou a advocacia e decidiu, em 1956, se tornar professor na instituição onde se formou, onde, durante anos, ele foi o responsável por lecionar a cadeira de Estética (uma das mais concorridas na época em que ele era o professor). Mais tarde, ele foi nomeado pelo reitor Murilo Guimarães para o cargo de diretor do Departamento de Extensão Cultural da UFPE.

A UFPE e o combate da COVID-19

Desde de o final de maio, a UFPE e a prefeitura da cidade do Recife firmaram um acordo para realizar a ampliação do número diário de testes de detecção de coronavírus. Mas essa não foi a única ação realizada pela universidade, por exemplo, o hospital universitário (HC – Hospital das Clínicas) já fazia parte do plano de contingenciamento do Recife, bem como de todo o estado de Pernambuco. Além de realizar pesquisas de sequenciamento genético do novo coronavírus.

_______________________________
Por Jefferson Ricardo – Fala! UFPE

Tags mais acessadas