Confira uma lista com cinco livros para quem ama clichês
Menu & Busca
Confira uma lista com cinco livros para quem ama clichês

Confira uma lista com cinco livros para quem ama clichês

Home > Entretenimento > Cultura > Confira uma lista com cinco livros para quem ama clichês

Quem nunca assistiu a um filme ou leu um livro e terminou com aquela sensação de coração quentinho? Apesar de muitas das histórias que lemos por aí serem versões diferentes do mesmo romance clichê, quando bem executadas, não falham em trazer lágrimas e suspiros ao seu fiel público. Para os leitores de plantão, selecionamos 5 recomendações de livros que carregam esse espírito clichê:

Livros para quem ama clichês

1. A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista – Jennifer E. Smith

livros de romance clichê
A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista. | Foto: Reprodução.

Adaptado para mais de 30 idiomas, A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista é um sucesso voltado para o público jovem adulto, mas capaz de encantar a todos que lhe derem uma chance.

Hadley é uma jovem de 17 anos que deve pegar um voo para o último destino que gostaria: Londres, para o casamento de seu pai. Sua má vontade faz com que perca seu voo por míseros 4 minutos, que mudam completamente a sua vida. Esperando para embarcar no voo seguinte, Hadley conhece o britânico Oliver, que não revela muitos detalhes de sua vida, mas mantém a jovem mais que entretida até o momento de sua despedida. Mas será esse “adeus” realmente definitivo?

Narrado em apenas 24 horas, o romance não é imprevisível, mas não falha em arrancar suspiros e trazer reflexões sobre a diferença que alguns minutos podem fazer na vida de alguém.

2. Minha Vida Fora de Série – Paula Pimenta

Minha Vida Fora de Série
Coleção Minha Vida Fora de Série. | Foto: Reprodução.

Após o sucesso de sua série de livros Fazendo Meu Filme, Paula Pimenta retorna ao mesmo universo de Fani e Leo com a história de seus amigos Priscila e Rodrigo, em Minha Vida Fora de Série. Dividida em “temporadas” como homenagem ao amor da protagonista por séries, cada uma tem sua dose de emoção, mas, aqui, trago a sinopse da obra onde tudo começou.

A trama segue Priscila, jovem que, no auge de seus 13 anos, se muda de São Paulo para Belo Horizonte após o divórcio dos pais, passando a viver somente com sua mãe e seus muitos animais de estimação. Tendo que se adaptar à vida na nova cidade, Priscila conhece Rodrigo, dando início a um romance que arrancou suspiros e introduziu diversos jovens ao universo literário.

Ainda esperamos pela conclusão da saga, que conta com 4 livros até então. Segundo Paula Pimenta, o quinto livro deve estrear em 2021 e, até lá, os fãs esperam ansiosamente.

3. O Jogo do Amor Ódio! – Sally Thorne

livros
Livro O Jogo do Amor Ódio!. | Foto: Reprodução.

Ambientado em um escritório, risos são garantidos nessa comédia romântica literária que é o romance de estreia da australiana Sally Thorne. Seguindo a clássica narrativa dos inimigos que se apaixonam, o livro foi colocado, pelo jornal The Washington Post, entre as 20 melhores obras românticas de 2016.

A história tem origem na competição entre os dois assistentes executivos de uma editora, bem, competição é eufemismo. Lucy e Joshua declaradamente se odeiam, mas é só quando surge a oportunidade de um deles receber uma promoção, que a guerra se torna oficial. A tensão entre eles, contudo, excede os limites do profissionalismo e lentamente ambos percebem que talvez “ódio” não seja a melhor palavra para descrever o que sentem um pelo outro.

Em 2019, foi anunciada uma adaptação para o cinema, agora em processo de pós-produção. Inicialmente, Joshua seria interpretado por Robbie Amell, mas, em novembro de 2020, foi anunciado que o papel seria de Austin Stowell. Lucy será trazida à vida por Lucy Hale, conhecida por seu papel como Aria na série Pretty Little Liars.

4. Procura-se um Marido – Carina Rissi

melhores livros
Procura-se um Marido. | Foto: Reprodução.

E em território nacional, não se pode deixar de citar Carina Rissi, autora da série de livros Perdida, que vendeu mais de 250 mil cópias. O foco da vez, contudo, está no livro Procura-se um Marido, escrito de maneira tão leve e divertida que os capítulos passam sem que o leitor perceba.

Alicia é a típica jovem inconsequente que sabe aproveitar a vida. Quando seu avô morre, ela perde sua única família em troca de um patrimônio incalculável, mas com uma única condição: para ter acesso ao dinheiro, Alicia deve estar casada. Sem nenhum pretendente à vista e nenhuma vontade de abandonar sua vida de solteira, a herdeira elabora um plano e põe um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel, sem imaginar que o candidato escolhido será justamente o único capaz de virar seu mundo de cabeça para baixo.

Apesar de o romance ser muito bem concluído em um único livro, Carina Rissi criou um universo literário com várias histórias que se contrapõem, continuando nos igualmente envolventes livros Mentira PerfeitaNo Mundo da Luna e Amor Sob Encomenda.

5. O Casamento – Nicholas Sparks

O Casamento
O Casamento. | Foto: Reprodução.

E não se pode falar em clichê sem incluir na discussão o aclamado Nicholas Sparks, autor best-seller de mais de 20 romances, 11 deles adaptados para o cinema. Uma de suas obras de maior sucesso foi O Diário de uma Paixão, que narrou a bela história de Noah e Allie ao longo de muitas décadas, trazendo risos, lágrimas e fazendo palpitar o coração de todos que tiveram contato com a obra.

E para qualquer um que tenha lido o livro ou assistido ao filme protagonizado por Ryan Gosling e Rachel McAdams, pode vir como surpresa o fato de que O Casamento é, na verdade, a sequência dessa famosa narrativa.

Escrita sobre a vida matrimonial de Jane e Wilson, filha e genro de Noah e Allie, a obra é focada nos esforços do marido para se redimir por seus erros ao longo de 30 anos de casamento. Wilson sempre teve o trabalho como prioridade e, apesar de ter certeza de seu amor pela esposa, passa a questionar se o sentimento é recíproco ao analisar no que se transformou seu relacionamento após os filhos saírem de casa. Assim, o marido arrependido conta com a ajuda do sogro para provar para Jane que, após quase 30 anos, seu amor é tão forte quanto no dia em que se casaram.

Apesar de ser conhecido pelo toque trágico em suas obras, Nicholas Sparks escreve O Casamento para despertar somente lágrimas de emoção, convidando os leitores a relembrarem, além das alegrias da paixão inicial, o desafio que é manter vivo esse amor ao longo dos altos e baixos da vida.

_____________________________
Por Bia Morrone – Fala! Cásper

Tags mais acessadas