Confira quais estados implantaram a quarentena obrigatória
Menu & Busca
Confira quais estados implantaram a quarentena obrigatória

Confira quais estados implantaram a quarentena obrigatória

Home > Saúde > Lifestyle > Confira quais estados implantaram a quarentena obrigatória

O lockdown – ou “tranca rua”, numa tentativa de tradução – é o isolamento social mais rígido. Quando colocada em vigor, a medida proíbe que qualquer atividade não essencial funcione e que as pessoas saiam à rua, abrindo exceção para aqueles que estejam indo comprar remédio, comida ou levando alguém ao hospital.

O crescente e desenfreado avanço da pandemia no Brasil está levando à lotação de UTIs nas redes pública e privada e a quarentena não-obrigatória parece não ser mais respeitada. Em São Paulo, o estado brasileiro com mais casos de Covid-19, a taxa de isolamento beira os 50%, quando o ideal seria, ao menos, 70%. 

O colapso público causado pelo novo coronavírus, levou, até o momento, sete estados brasileiros a implementarem o lockdown em algumas cidades. São elas: Rio de Janeiro, Pará, Tocantins, Amapá, Roraima, Paraná e Maranhão. 

Lockdown no Brasil
Lockdown é obrigatório em algumas cidades brasileiras. | Foto: Unsplash.

Lockdown no Brasil

Rio de Janeiro

Publicidade

O governador Wilson Witzel delegou o lockdown aos prefeitos. Niterói, Campo dos Goytacazes e São Gonçalo aderiram à medida, enquanto a capital realiza um ‘semi-lockdown‘, com bloqueio de entrada e circulação em alguns bairros.     

Em Niterói e São Gonçalo, inicialmente, a medida seria imposta entre os dias 11 e 15 de maio, mas foi mantida por ambas as cidades. Em Niterói, há previsão de flexibilização a partir do dia 21, mas, em São Gonçalo, é possível que a medida perdure até o dia 31 de maio.

No dia 15 de maio, o prefeito de Campo dos Goytacazes determinou a implantação de lockdown na cidade, entre os dias 18 e 24 de maio. Com um dos piores índices de isolamento social do estado, variando entre 40 e 45%, a cidade busca atingir o número de 80% após a implantação do decreto.

Publicidade

Pará

No dia 5 de maio, o governo paraense anunciou a medida mais restritiva que seria aplicada, inicialmente, até 17 de maio, em dez municípios. Nessa segunda data, houve a ampliação do decreto para outros sete municípios e, dessa vez, valendo até 24 de maio.

Entre domingo (17) e terça-feira (19), o lockdown terá caráter educativo nesses sete municípios, buscando orientar a população. Entre quarta-feira (20) e o dia 24, a multa para quem descumprir a medida pode variar de R$150 para pessoa física a R$50 mil para pessoa jurídica. 

Maranhão

O estado maranhense foi o primeiro estado brasileiro a aplicar o lockdown como medida de combate à pandemia. Entre os dias 5 e 17 de maio, a quarentena era obrigatória nas cidades da zona metropolitana de São Luís. A partir do dia 18, novas regras passaram a entrar em vigor. 

O rodízio de veículos segue suspenso, tal como a declaração de autorização de trânsito para funcionários de serviços essenciais. As regras valem até o dia 20 de maio, quando novas determinações serão editadas em decreto do governador Flavio Dino. 

Serviços como academias, salões de beleza, bares, casas noturnas, shoppings centers e cinemas seguem suspensos.   

Outros Estados

  • O governo do Amapá anunciou, na sexta-feira (15), o lockdown em todo o estado, valendo por dez dias a partir de terça-feira (19); 
  • Vigorando por uma semana a partir de sábado (16) às 18h, o lockdown no estado do Tocantins vale para 35 municípios;
  • No Paraná, Campina Grande do Sul decretou, no dia 13 de maio, lockdown em três localidades da cidade que fazem divisa com São Paulo. A cidade é a primeira do estado a aplicar a medida; 
  • Em Roraima, a cidade de Bonfim, no norte do estado está em lockdown até o dia 20 de maio. 

_________________________________________
Por Giulia Lozano Pacini – Fala! Cásper

Tags mais acessadas