Opinião: Atitudes de Bolsonaro ameaçam a democracia?
Menu & Busca
Opinião: Atitudes de Bolsonaro ameaçam a democracia?

Opinião: Atitudes de Bolsonaro ameaçam a democracia?

Home > Política > Notícias > Opinião: Atitudes de Bolsonaro ameaçam a democracia?

O governo Bolsonaro vem sendo atacado diversas vezes, e com razão, a muitos de seus posicionamentos e de seus discursos. Suas atitudes tendem a ter proporções grandes chegando a atingir a democracia na qual vivemos no Brasil. Mas em qual momento nós paramos e dizemos: “Não! Isso vai contra a democracia”?Antes precisamos entender o conceito, pois muitos, além de terem visões diferenciadas, não conseguem entender o porquê muitos dos feitos do presidente da república pode ser um atentado à democracia.

Charge sobre o presidente
Charge sobre o presidente. | Foto: Reprodução.

A democracia em qual dizem vivermos, atualmente, é a capacidade da população na escolha do próprio destino. De uma forma mais ampla, é um regime político em que todos participam de alguma forma, com limites nos desenvolvimentos de um país. Todos de alguma maneira participam desse regime político, como por exemplo, o óbvio, nós escolhemos através de um poder muito importante chamado voto, quem irá nos governar nos próximos quatro anos.

Sendo assim, o político eleito democraticamente irá governar o país dele da maneira que ele julgar necessário e justa para a sociedade de forma democrática, como um todo. Porém, nem sempre presidente, governadores, prefeitos e afins acham ou tomam como certo, ou única maneira certa, como bem para todos, por isso, eles não governam sozinhos.

Publicidade

No entanto, há outras formas de democracia. Democracia direta e indireta, por exemplo. Acredita-se, mesmo que poucos, que há outras formas certas de se fazer política que não seja a democracia em si. Aristóteles (384 – 322 a.C.) acreditava que há um sistema mais adequado que a democracia. No site Politize há uma trilha de conteúdos para quem quiser se aprofundar mais sobre o assunto.

Melhores Meme de Bolsonaro
Meme de Bolsonaro. | Foto: Reprodução.

Com essa breve introdução sobre democracia, podemos ter uma ideia de como Jair Bolsonaro extrapola limites e passa por cima da sociedade em diversas situações. Começando por “quem manda sou eu”. Em muitas situações, o presidente abusa de seu poder, deixando claro como se ele fosse um rei, mostrando que seu regime está, aparentemente, mais para soberania do que democracia.

Em seus discursos, é explicito que ele governa para a direita, para um lado, para um só povo, desrespeitando diferenças. E aí entramos no conceito de justiça como pede a democracia. É justo, democrático, quando se escuta um só lado? É justo, democrático, quando somos ignorantes elevando o nível alto do egocentrismo ao pensarmos que nunca estamos errados?

Publicidade

Um dos exemplos mais explícitos contra democracia é a troca relevante de ministros como eu explico nesta matéria. Nota-se também que muito se fala em democracia pelo presidente, mas pouco se entende, e pouco se faz. Rouba-se o direito de liberdade de expressão ou da liberdade de imprensa.

O abuso de poder, da falta de informação e, principalmente, do ápice da própria ignorância, arrogância e prepotência, quando se trata de dados que não comprovam a eficácia da cloroquina, por exemplo. Para quem ele está governando? Desde quando o presidente da república é formado em medicina? Desde quando ele se tornou cientista? E desde quando alguém pode ter a certeza de dados que só aparecem em sua própria imaginação?

O comportamento assustador de Jair Bolsonaro nos faz refletir e ter a certeza de temos uma democracia muito ameaçada.

________________________________
Por Bianca Rocha – Fala! FMU

Tags mais acessadas