Confira os maiores campeões da NFL na era Super Bowl
Menu & Busca
Confira os maiores campeões da NFL na era Super Bowl

Confira os maiores campeões da NFL na era Super Bowl

Home > Notícias > Esporte > Confira os maiores campeões da NFL na era Super Bowl

Em 55 edições de Super Bowl, 20 times diferentes já alcançaram a glória máxima do futebol norte-americano da NFL

Realizado anualmente desde a temporada de 1966, o Super Bowl é o maior evento esportivo anual do planeta, agitando não só os corações dos fãs do futebol americano, mas também a economia e o turismo dos EUA. As cifras movimentadas são expressivas, só o comercial de 30 segundos no intervalo da partida custou 5,5 milhões de dólares na última edição, em fevereiro de 2021.

Falando um pouco do histórico, o Super Bowl foi criado na época em que existiam duas grandes ligas de futebol americano na terra do Tio Sam, a National Football League (NFL) e American Football League (AFL), que nos anos 60 rivalizava com a outra liga, atraindo mais fãs e patrocinadores. Ao ver essa disputa, uma proposta de união das ligas foi proposta pela NFL no final da década. Essa fusão foi feita gradualmente, começando em 1967 com uma partida entre o campeão da AFC, o Kansas City Chiefs, e o vencedor da NFL, o Green Bay Packers. A partida foi batizada de Super Bowl, que era o nome de um brinquedo dos filhos do fundador dos Chiefs, Lamar Hunt. O resto é história.

A lista, a seguir, traz os maiores vencedores do Super Bowl, no período de 1967 a 2021. Lembrando que o nome da partida é apenas Super Bowl, e não “Final do Super Bowl”, e a disputa acontece no começo de fevereiro do ano seguinte à respectiva temporada da NFL. O Tampa Bay Buccaneers levou o título de 2020, jogando a final no dia 7/2/2021.

Campeões da NFL na era Super Bowl

Pittsburgh Steelers – 6 títulos (1974, 1975, 1978, 1979, 2005 e 2008) – um dos maiores destaques do Super Bowl

Steelers Super Bowl
Liderados por Big Ben (º7), os Steelers ganharam seus últimos dois Super Bowls. | Foto: Reprodução.

A equipe da Pensilvânia foi fundada em 1933, mas demorou a ter sucesso no esporte. As primeiras temporadas foram sem muito brilho e, inclusive, tiveram que se juntar a outras equipes para conseguir o número de jogadores suficientes durante a Segunda Guerra Mundial, já que muitos atletas foram chamados para servir nas tropas norte-americanas.

No início, a equipe chamava-se Pittsburgh Pirates, em homenagem ao time de beisebol da cidade que já havia sido campeão da World Series. O nome de Steelers veio em 1940, para homenagear a indústria local de aço. E foi com o novo nome que o time chegou às glórias nos anos 70, foram 4 títulos no período, com uma defesa extremamente sólida, ficando 22 quartos (4 partidas e meia) sem sofrer um Touchdown, em 1976. A unidade defensiva dos Steelers foi apelidada de Steel Curtain (Cortina de Aço).

Os Steelers voltariam a viver uma boa fase nos anos 2000, com mais dois títulos do Super Bowl, nas temporadas de 2005 e 2008. Foi nessa década que a equipe recrutou um dos maiores ídolos do time, o quarterback “Big” Ben Roethlisberger, líder da equipe em Touchdowns, passes completados e jardas aéreas. Ao lado do recebedor Antonio Brown e do corredor Le’veon Bell, o time foi um dos mais fortes da Conferência Americana, mas após lesões de ‘’Big’’ Ben e as saídas de Bell e Brown, a equipe vem passando por um período de reformulação.

New England Patriots – 6 títulos (2001, 2003, 2004,  2014, 2016 e 2018) – um dos maiores destaques do Super Bowl

Tom Brady
Com Tom Brady (nº12), os Patriots ganharam 6 títulos, um deles diante do Atlanta Falcons no Super Bowl LI. | Foto: Reprodução.

A franquia foi fundada na década de 60, como um dos times originais da AFL, com o nome de Boston Patriots, mas após a mudança para a cidade vizinha Foxborough, em 71, passou a usar o nome de New England Patriots. Ao lado dos Steelers, os Pats são os maiores vencedores do Super Bowl. A equipe da Nova Inglaterra é quem mais vezes chegou à grande final, com 11 aparições. Mas esse domínio nem sempre foi assim, o time passou por altos e baixos nos anos 70 e 80 e só começou a ter um desempenho melhor a partir da chegada do técnico Bill Parcells, em 93. A reformulação foi tão grande que até o logotipo e o uniforme foram trocados.

E foi com outro técnico chamado Bill, agora Bill Belichick, que os Patriots viraram a equipe mais vencedora dos últimos anos. E graças a uma lesão do quarterback titular Drew Bledsoe, em 2000, que um jovem recrutado na última rodada do draft daquele ano, teve uma oportunidade. Estamos falando do jogador mais vezes campeão do Super Bowl, líder de praticamente todos os recordes possíveis e tido por muitos como o melhor de todos os tempos, Tom Brady. A dupla Belichick e Brady levou os Patriots a 9 Super Bowls e 6 títulos. Um deles, o da temporada de 2016, em Houston, diante do Atlanta Falcons, é o jogo com a maior virada da história da final. Os Patriots reverteram uma diferença de 28 a 3 para 34 a 28 na prorrogação.

O domínio da equipe nos anos 2000 fica nítido pelos números, além dos títulos e idas ao Super Bowl, eles venceram a Divisão Oeste da AFC 17 vezes, o que os levaram 17 vezes para os playoffs. Mas essa hegemonia vem passando por um período conturbado após a saída de jogadores importantes, como Brady e o tight end, Rob Gronkowski, os Patriots passam por uma reformulação do elenco e ficaram fora da pós-temporada no ano passado.

San Francisco 49ers – 5 títulos (1981, 1984, 1988, 1989, 1994)

Super Bowl
Joe Montana liderou os 49ers nas conquistas dos 4 primeiros títulos. | Foto: Reprodução.

A equipe da Califórnia foi fundada em 1946 e recebeu o nome de 49ers em homenagem aos garimpeiros que atravessaram os EUA atrás de riquezas na Corrida do Ouro, que no ano de 1849, atraiu muitas pessoas para a região. O time viveu o ápice nos anos 80, com 4 títulos.

O grande responsável pelo sucesso da equipe californiana foi o técnico Bill Walsh que criou conceitos revolucionários, tanto em campo como na maneira de gestão. Um dos maiores jogadores da história desfilou pelos gramados da Califórnia usando a camisa 16, trata-se do quarterback Joe Montana. E ao lado de outra lenda do esporte, o recebedor Jerry RIce, os 49ers ganharam no total 4 títulos, jogando sob o esquema conhecido como West Coast Offense, inventado por Walsh, focando em passes curtos e ganho de jardas após a recepção. 

O quinto título da NFL veio em 1994, agora com o quarterback Stevie Young liderando o ataque. Após a conquista, o time vem passando por períodos de mais baixas do que altas, chegando ao Super Bowl das temporadas de 2012 e 2019, mas perdendo ambas as partidas, para o Baltimore Ravens e Kansas City Chiefs, respectivamente.

Dallas Cowboys – 5 títulos (1971, 1977, 1992, 1993 e 1995)

nfl
Apesar de estar há muitos anos sem títulos, a equipe de Dallas é uma das maiores vencedoras do Super Bowl. | Foto: Reprodução.

Fundada em 1960, a equipe teve grande sucesso dentro e fora dos gramados, sendo um dos símbolos na mudança de imagem da cidade de Dallas, que era lembrada apenas como o local do assassinato de John F. Kennedy. Mas dentro de campo o começo foi difícil, com muitas derrotas e poucas vitórias, mas a sorte começou a mudar na década de 70, com dois títulos. 

O sucesso dos Cowboys se repetiu nos anos 90, com mais três títulos em menos de cinco anos. O time tem um dos uniformes mais icônicos da liga, sendo reconhecido quase instantaneamente pelos fãs da bola oval. Sob forte calor texano, usar uniformes escuros não era uma boa pedida, então optaram por usar camisas brancas, e a tradição segue até hoje, sendo uma das poucas equipes que não alterou os mantos, e joga a temporada toda (salvo em jogos especiais) usando a mesma cor dos equipamentos.

Os texanos não têm tido muitos motivos para se orgulhar da equipe de Dallas nos últimos anos. Apesar de jogadores de renome passando por lá, como o QB Tony Romo, o recebedor Dez Bryant e o tight end Jason Witten, o time não chegou ao Super Bowl no século XXI.   

Green Bay Packers – 4 títulos (1966, 1967, 1996 e 2010)

times nfl Super Bowl
Jogar contra os Packers, de Rodgers (nº12), debaixo de neve em Wisconsin, não é um dos confrontos mais fáceis para os adversários. | Foto: Reprodução.

A equipe do estado de Wisconsin foi fundada em 1919 e, antes da fusão NFL e AFL, conquistou 11 títulos. E foi o primeiro time a se sagrar campeão do Super Bowl, em 1967, ao derrotar o Kansas City Chiefs. O nome do troféu homenageia um dos treinadores dos Packers, Vince Lombardi, que na década de 60 montou um elenco extremamente forte e bem-sucedido. Outro detalhe é que diferente dos outros integrantes da liga, Green Bay não possui um dono, eles são uma Sociedade Anônima, com quase 360 mil acionistas. Isso vem de 1922, quando os fundadores precisavam de dinheiro e resolveram vender ações. 

Após a aposentadoria de Lombardi com o segundo Super Bowl, o da temporada de 67, os Cabeças de Queijo passaram por dificuldades nas décadas de 70 e 80, até a chegada do QB Brett Favre. O jogador que está no Hall da Fama na NFL, levou os Packers a mais um título da NFL, em 1996. Muitas equipes da liga sofrem para conseguir um bom jogador, trocando ano após ano, mas em Wisconsin isso não acontece. A equipe de Green Bay teve em sequência dois dos melhores quarterbacks de todos os tempos, Aaron Rodgers foi recrutado em 2005 e, após a saída de Favre, assumiu a titularidade. 

Com Rodgers no comando do ataque, o time ganhou mais um título, em 2010, e é um dos times mais fortes da liga, sendo muito difícil derrotá-los quando jogam em seus domínios, o Lambeau Field. O estádio recebeu o nome de Frozen Tundra por causa das baixíssimas temperaturas que atingem a região no inverno, não são poucos os jogos debaixo de forte frio e neve. Inclusive, o jogo mais frio da história foi disputado por lá, em 1967. Na ocasião os Packers ganharam o título da NFL com temperatura de -26ºC e sensação térmica de -46ºC.

New York Giants – 4 títulos (1986, 1990, 2007 e 2011)

Giants
Eli Manning (nº10) liderou os Giants nos últimos dois títulos da franquia, contra os Patriots. | Foto: Reprodução.

Com sede em New Jersey, os Giants são uma das mais antigas do futebol americano. A fundação foi em 1925 e participou de 19 finais da NFL pré-Super Bowl, com 4 títulos. A equipe teve participação em momentos-chave para a história do esporte, a primeira foi um amistoso contra a Universidade de Notre Dame, em 1930. Na época, o futebol universitário dominava a preferência dos fãs, mas com a vitória de New York por sonoros 22 a 0, o esporte profissional, passa a ser visto com outros olhos. 

Outra participação dos Giants foi em 1958 na final da NFL, frente ao Baltimore Colts (atual Indianapolis Colts). A partida é um marco na história do esporte, as duas equipes vinham de campanhas boas e fizeram um jogo de alto nível para mais de 45 milhões de telespectadores, com resultado de 23 a 17 para os Colts. Após essa final, o futebol americano cresceu, passando a ser o esporte favorito dos norte-americanos e também fez com que 8 empresários criassem a AFL.

Mas na era Super Bowl, o time demorou a ter resultados, chegando aos primeiros títulos somente nos anos de 1986 e 1990, com um time que tinha grandes nomes, como o linebacker Lawrence Taylor. Após quase 20 anos, os Giants conquistaram mais dois troféus, nas temporadas de 2007 e 2011. Liderados por Eli Manning, o time de NY derrotou duas vezes o New England Patriots, de Tom Brady, e na primeira disputa dos times, os Pats estavam invictos até a final. Depois do quarto título, a franquia sofreu com altos e baixos e não voltou à grande final do futebol americano. 

________________________________
Por Raul Galetti – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas