Como é possível monetizar sites sem enormes audiências?
Menu & Busca
Como é possível monetizar sites sem enormes audiências?

Como é possível monetizar sites sem enormes audiências?

Home > Notícias > Mercado > Como é possível monetizar sites sem enormes audiências?

Há quase dois bilhões de websites na internet com os mais diferentes assuntos, layouts, idiomas e objetivos. Pode ter certeza que a maioria deles busca monetizar essa página.

O desafio de ganhar dinheiro com seu conteúdo é antigo e um website é uma das melhores formas para fazer isso. Isso não quer dizer que seja fácil, especialmente se seu site não tem uma grande audiência, seja porque é um assunto de nicho ou porque ainda não alcançou o grande público.

Por isso, é interessante expor algumas formas que possibilitam o ganho de dinheiro para manter ou fazer crescer a operação. 

monetizar sites
Saiba como é possível monetizar sites sem enormes audiências. | Foto: Reprodução.

Como monetizar sites sem grandes audiências

Links de afiliados

O sistema de afiliados ainda não é tão conhecido e usado no Brasil como é no exterior, mas é um mercado em crescimento. Um ponto positivo é que ele se integra bem ao conteúdo criado pelo site, não sendo tão invasivo. Por exemplo, um site de esportes pode falar sobre apostas esportivas e apresentar uma Revisão da Pinnacle ou outras casas de apostas e falar sobre bônus e promoções destas. 

Colocando um link especial, o dono do site ganha uma porcentagem do cliente que levará para a plataforma. Esse modelo é muito usado por sites que buscam monetizar oferecendo serviços de gigantes como a Amazon, que tem um programa de afiliados sofisticado e também de casas de apostas esportivas. 

Todos saem ganhando: o site monetiza, a empresa vende e o usuário pode aproveitar uma promoção. Por isso, é importante ser claro com o leitor que aquele link é de afiliado.

Anúncios do Google

O Google Ads foi uma revolução na internet e para os donos de sites, porque tirou destes a responsabilidade de correr atrás de empresas e ter um setor comercial para negociar banners e outros materiais.

O retorno com estes anúncios não é grande se o usuário apenas vê-los, mas não clicar neles e engajar no site de destino. Por isso, é vital que a programação dos anúncios seja bem feita: é possível escolher quais setores você quer exibir nos anúncios, por exemplo. Quanto melhor a segmentação, maiores as chances de que anúncios realmente interessantes para o público apareçam.

É preciso tomar cuidado com os exageros. Todos nós já entramos em sites completamente poluídos onde ler uma notícia é quase uma tarefa impossível por causa de anúncios em todo lugar. 

Parcerias e conteúdo especializados

É possível criar conteúdo interessante e ter publicidade, mas é preciso ser criativo. Algo muito usado nas redes sociais e até em canais de televisão é o mix de material informativo e publicitário, deixando clara a parceria.

Essa possibilidade exige mais dos envolvidos. É preciso procurar empresas e iniciativas que tenham interesse e façam sentido para criar esse conteúdo especializado. E os redatores ou responsáveis pela criação terão que ser habilidosos para criar algo de valor para o leitor e que seja interessante para a marca.

A produção pode variar: desde uma série de textos, um artigo sobre um assunto do momento ou até vídeos e podcasts que serão publicados no site.

Crowdfunding e recompensas

É normal, hoje em dia, que até sites de notícias, como grandes jornais, tenham áreas de assinantes e cobrem assinaturas. Essa monetização direta é a mais justa: quem consome é quem paga e se o seu conteúdo é de qualidade, sempre terá interessados.

Mas fique atento porque a concorrência é grande e mesmo que o valor seja modesto (menos de 20 reais, por exemplo), o assinante pode sair sem aviso prévio se notar que esse dinheiro não gera um retorno tão interessante.

Crie uma assinatura bastante atrativa, com conteúdo mais personalizado, espaço para críticas e sugestões e a entrega de algo que não existe em outro lugar da internet. Se você for bem-sucedido nisso, a monetização direta – é possível usar plataformas como o Catarse – é ótima porque pode gerar um valor constante que é difícil de alcançar de outras formas.

Conclusão sobre monetizar tais sites

A busca pela audiência é uma tarefa ingrata. É evidente que ter altos números de visualizações de páginas, usuários e tempo no site é excelente, mas essa deve ser uma consequência de seu conteúdo de qualidade, não um objetivo por si próprio que pode forçar a mão na criação de conteúdo mais superficial ou até sensacionalista.

Mas se há algo interessante na internet é seu grande alcance e a possibilidade de encontrar seu público, por mais “nichado” que seja. Então, se você quiser abordar assuntos que não são populares, você pode fazer isso e, mesmo assim, monetizar seu site com estratégias interessantes.

___________________________
Por Luana Biral – Fala! Unip

Tags mais acessadas