Cirurgias plásticas: entenda o perigo da necrose nos procedimentos
Menu & Busca
Cirurgias plásticas: entenda o perigo da necrose nos procedimentos

Cirurgias plásticas: entenda o perigo da necrose nos procedimentos

Home > Lifestyle > Saúde > Cirurgias plásticas: entenda o perigo da necrose nos procedimentos

A realização de cirurgias plásticas é muito comum no mundo contemporâneo, seja por fins estéticos, em que alcançar o padrão idealizado pela sociedade é importante para a aceitação social, ou por questões de saúde, como o ajuste do desvio de septo.

Porém, esses procedimentos podem ser perigosos e colocar a vida do ser em risco, visto que são invasivos e requerem cuidado antes e após a operação, além de médicos especializados no assunto. 

cirurgias plásticas
Cirurgias plásticas podem causar necrose. | Foto: Reprodução.

Riscos das cirurgias plásticas

De acordo com o jornal da Universidade de São Paulo (USP), o número de cirurgias plásticas, em jovens, cresceu 140%. Além disso, mesmo durante a pandemia do Covid-19, essa média aumentou.

Isso ocorreu porque agora as pessoas estão tendo mais tempo para se olharem no espelho e perceberem aquilo que lhes incomodam em seus corpos, além de parte da população ter ganhado peso durante o isolamento. Também, as atividade e agitações que antes estavam acostumados a viver, foram reduzidos pelo novo estilo de vida remoto, causando uma sobrecarga de energia que precisa ser liberada, podendo resultar na vontade de realizar esses procedimentos, por vezes, invasivos. 

Porém, toda cirurgia possui riscos, como a de necrose, caracterizado pela morte das células devido à falta de irrigação sanguínea no local. Isso pode ser causado, por exemplo, por erros médicos, já que diversos profissionais atuam na área da saúde sem autorização para realizar tais plásticas.

Nesse contexto, normalmente os pacientes não possuem condições de arcar com os altos custos de um procedimento em uma clínica de qualidade, e optam por profissionais que cobram mais barato, porém, que não têm experiência. Há casos em que os cirurgiões são qualificados, porém, devido a uma negligência, a necrose também ocorre.

Engana-se, entretanto, quem pensa que isso está atrelado somente a procedimentos estéticos, mas pode ser causado por motivos naturais, ou qualquer outro tipo de cirurgia. Também, nem sempre a área machucada não possui cura, na verdade, atualmente, há diversos curativos que cicatrizam as feridas menos profundas completamente. 

___________________________
Por Ana Carolina Lamussi Betti – Fala! Cásper

Tags mais acessadas