Cinema Nacional: Relembre 5 filmes que foram campeões de bilheteria
Menu & Busca
Cinema Nacional: Relembre 5 filmes que foram campeões de bilheteria

Cinema Nacional: Relembre 5 filmes que foram campeões de bilheteria

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Cinema Nacional: Relembre 5 filmes que foram campeões de bilheteria

O cinema é considerado uma das principais artes que existem e, no Brasil, não é diferente. Desde a época das películas em preto e branco ao streaming, o gênero é um dos principais que movimentam a cultura e a economia do país. São obras dos mais variados tipos, dramas, comédias, romances, biografias e baseados em fatos reais que fizeram história e até hoje são lembrados pelo público. Além de serem sucesso por aqui, muitos alcançam patamares internacionais, concorrendo em grandes premiações do cinema mundial e até ao Oscar.

Mas sabendo que o gosto é relativo como qualquer obra, nem sempre números acompanham a qualidade. Muitos filmes são ovacionados pela crítica e até premiados, mas, popularmente, não foram grandes sucessos comerciais. A produção de filmes no Brasil também tem base em pequenos festivais, produções independentes e curta-metragens que também são bem conhecidos.

Nesta matéria, destacamos 5 de muitos títulos que foram campeões de bilheteria, confira:

Cinema Nacional: filmes campeões de bilheteria

Minha Mãe é Uma Peça

Minha Mãe é Uma Peça
Minha Mãe é Uma Peça. | Foto: Reprodução.

Adaptação da peça homônima de Paulo Gustavo, o filme conta a história de Dona Hermínia e a sua relação com seus dois filhos, Juliano e Marcelina, e contou com três edições em 2013, 2016 e 2019 – que totalizam juntos aproximadamente 25.498.924 de público.

Considerado um sucesso de público e crítica, as sequências, além da comédia, investem em um leve drama, contanto a história e a evolução dos personagens com uma representatividade tocante.

Se Eu Fosse Você

cinema brasileiro
Se Eu Fosse Você. | Foto: Reprodução.

A comédia dirigida por Daniel Filho lançada em 2006, trouxe Gloria Pires e Tony Ramos como protagonistas na pele de Helena e Cláudio, um casal que, há muitos anos, enfrenta a rotina do casamento e são atingidos por um fenômeno inexplicável, que os fazem trocar de corpos.

O roteiro se desenvolve a partir desse fato, onde eles aprendem a lidar e se conhecem melhor. Contou também com uma sequência lançada em 2009 e, juntos, os dois totalizam em quase 10 milhões de ingressos vendidos. 

Tropa de Elite

Tropa de Elite
Tropa de Elite. | Foto: Reprodução.

Lançado em 2007, o filme roteirizado e escrito por José Padilha retrata o dia a dia do grupo de policiais e Capitão Nascimento (Wagner Moura), que quer deixar a corporação e tenta encontrar um substituto para seu posto.

Em paralelo, dois amigos de infância se tornam policiais e se destacam pela honestidade e honra ao realizar suas funções, se indignando com a corrupção existente no batalhão em que atuam. Contou com a sequência sob o subtítulo O Inimigo Agora é Outro, lançada em 2010, e, juntos, tiveram aproximadamente 25 milhões em bilheteria. 

Nosso Lar

cinema
Nosso Lar. | Foto: Reprodução.

Baseado no livro homônimo de Chico Xavier, o longa conta a trajetória espiritual através da história de um médico, André Luiz (Renato Prieto), que passa por um despertar depois de sua morte.

Após passar pelo sofrimento no purgatório, André é levado para a cidade de Nosso Lar. Lá, ele tem acesso a novas lições e conhecimentos, enquanto aprende como é a vida em outra dimensão. Lançado em 2010, o filme teve média de pouco mais de 4 milhões de público.

De Pernas Pro Ar

cinema nacional
De Pernas Pro Ar. | Foto: Reprodução.

Comédia estrelada por Ingrid Guimarães na pele de Alice, que após ser abandonada pelo marido e demitida de seu emprego, fecha uma parceria com Marcela, sua vizinha e dona de uma loja de artigos eróticos. O longa, lançado em 2010, contou com mais duas sequências, exibidas em 2012 e 2019, contando os dilemas e os saltos que a vida de Alice deu. Juntos, somam 12.000.696 de ingressos vendidos.

Destacam-se também os títulos Nada a Perder e sua sequência, o filme homônimo derivado da telenovela da Record TV, Os Dez Mandamentos, que tiveram números expressivos em todo o país. Dona Flor e seus Dois Maridos e 2 Filhos de Francisco também são bons exemplos de alta bilheteria. O cinema nacional vem crescendo ao longo dos anos e cada vez investe mais em vários gêneros. 

__________________________
Por Geovanne Solamini – Fala! Universidade Cruzeiro do Sul

Tags mais acessadas