Bandas latinas e a representação para a cultura
Menu & Busca
Bandas latinas e a representação para a cultura

Bandas latinas e a representação para a cultura

Home > Entretenimento > Música > Bandas latinas e a representação para a cultura

A imensa maioria dos países latinos foram colonizados de modo violento e irresponsável, o que gerou sequelas sociais e econômicas até os dias atuais. Devido a isso, historicamente falando, a cultura latina sempre foi desprezada frente a uma sociedade majoritariamente eurocêntrica. Ou seja, que valoriza as culturas e comportamentos advindos dos colonos europeus. Atualmente, esse cenário vem mudando através da música, já que muitos cantores e bandas latinas têm virado febre internacional. 

Dessa forma, a cultura latina sempre teve pouca representatividade no cenário mundial. Isso porque a representatividade é parte importante não só para a construção da identidade do indivíduo, mas também para a exposição de pautas relevantes para esse povo. Na democracia, por exemplo, a representatividade de todos os gêneros, raças, credos e orientações sexuais é fundamental para a manutenção da igualdade, já que todas essas pautas seriam abrangidas. Portanto, fica claro entender como a falta de representatividade no cenário mundial invisibiliza e silencia as pautas latinas. 

Bandas latinas e sua consequência para a cultura

A consequência disso é que nas raras vezes em que somos representados é o ponto de vista do colonizador que prevalece. É fácil perceber um estereótipo latino quando assistimos a alguns filmes de Hollywood. Ou é a pobreza e a criminalidade, aliando a figura latina à pouca escolaridade e perspectiva de vida, ou é a representação do latino com um ser sensual e temperamental. 

A partir das décadas de 1980 e 1990 alguns ritmos e artistas latinos começaram a ter mais visibilidade. Como Julio Iglesias, Ricky Martin, Shakira e outros. Hoje em dia, o reggaeton contagiou o mundo, sendo um dos ritmos mais tocados e que mais cresceram dentro da indústria fonográfica em 2020, além de ter lançado diversos artistas na carreira internacional. Esse sucesso se deve principalmente às plataformas de streaming de música. Com fácil acesso a diferentes gêneros musicais, os ritmos latinos foram ganhando forma dentro os aplicativos. 

Isso gerou uma maior representatividade da cultura latina no mundo e contribuiu para a quebra de alguns estereótipos. Artistas como Anitta, o grupo V5 (em que cada uma das integrantes pertence a um país da América Latina), Maluma, J Balvin vêm chamando a atenção para seus países de origem, sua cultural e consequentemente para as questões sociais e econômicas que acontecem.  

Bandas latinas
Grupo V5. | Foto: Reprodução.

É claro que apenas isso não é suficiente para mostrar a realidade latina e aumentar sua representatividade. Mas o cenário vem mudando e a previsão é de que a música se expanda ainda mais com essas bandas latinas! 

__________________________
Por Bárbara Moraes – Fala! UFPE

Tags mais acessadas